quarta-feira, 6 de setembro de 2017

SANTA REGINA - PROTETORA CONTRA FEBRE E PEDRAS NOS RINS - 07 DE SETEMBRO








Em 252 uma jovem gaulesa com dezesseis chamada Regina (Rainha), convertida ao cristianismo , estava cuidando de suas ovelhas ao pé do Mont Auxois , lugar onde agora se presume estar o Oppidum de Alesia.  

O governador romano da Gália, Olibrius (ou Olimbrius) 1, torturou-a,  mas ela resistiu e se recusou até mesmo ao casamento para não abjurar sua fé.






Regina ou Reine, seu nome no idioma natal, viveu no século III, em Alise, antiga Gália, França. Seu nascimento foi marcado por uma tragédia familiar, especialmente para ela, porque sua mãe morreu durante o parto. Por essa razão a criança precisou de uma ama de leite, no caso uma cristã. Foi ela que a inspirou nos caminhos da verdadeira fé e da virtude.

Na adolescência, a própria Regina pediu para ser batizada no cristianismo, embora o ambiente em sua casa fosse pagão.

A cada dia, tornava-se mais piedosa e tinha a convicção de que queria ser esposa de Cristo. Nunca aceitava o cortejo dos rapazes que queriam desposá-la, tanto por sua beleza física como por suas virtudes e atitudes, que sempre eram exemplares. Ela simplesmente se afastava de todos, preferindo passar a maior parte do seu tempo reclusa em seu quarto, em oração e penitência.






Entretanto o real martírio de Regina começou muito cedo, e em sua própria casa. O seu pai, um servidor do Império Romano chamado Olíbrio, passou a insistir para que ela aprendesse a reverenciar os deuses. Até que um dia recebeu a denuncia de que Regina era uma cristã. No início não acreditou, mas decidiu que iria averiguar bem o assunto.

Quando Olíbrio percebeu que era verdade, denunciou a própria filha ao imperador Décio, que seduziu-a com promessas vantajosas caso renegasse Cristo. Ao perceber que nada conseguiria com a bela jovem, muito menos demovê-la de sua fé, ele friamente a mandou para o suplício. Regina sofreu todos os tipos de torturas e foi decapitada.

 Por volta do século seguinte, seu culto desenvolveu e é atestado a partir do Século V  de seu  martírio, tornndo-se mais tarde objeto de um monte de lendas.





O encontro das relíquias de Santa Regina


Seu corpo foi transferido para fora da cidade de Alesia, onde uma Basílica foi construída sobre o seu túmulo, que atraiu grande número de fiéis que pediam por sua intercessão na cura e proteção.

O culto a santa Regina difundiu-se por todo o mundo cristão, sendo que suas relíquias foram várias vezes transladadas para várias igrejas.  Logo em seguida surgiu a construção de um mosteiro e, ao longo do tempo, grande número de casas. Foi assim que nasceu a charmosa vila Sainte-Reine, isto é, Santa Rainha, na França.

Entre os seus milagres foram reltados a cura de uma criança chamada Hériboldus de uma febre, a cura de um homem, Réome, curado pela aplicação de um pedaço de madeira de seu túmulo sagrado e a cura de um religioso com a doença da pedra e parcialmente cego.






O culto de Santa Regina foi garantido pela descoberta em 1909 do "serviço eucarística" Alesia. A descoberta consiste de um conjunto que compreende um prato (patena) e três copos supostamente usados na celebração da Eucaristia. 
O prato tem uma gravura de peixe (o ichtus como Autun ), e o "Regina". Todos datados do século IV, sendo não mais questionada a existência da jovem mártir .

A aldeia, Alise-Sainte-Reine , que se desenvolveu ao pé do Mont Auxois a elevou para sua patrona e todos os anos, os habitantes organizam uma peça teatral (um mistério) em sua memória e honra. 






Esta tradição é atestada a partir de 866 e continua até hoje. Seria o mistério mais antigo continuamente comemorado na França. 


Esta festa secular ocorre, tradicionalmente, em todo o mundo cristão, no dia 7 de setembro.





 Os santos chegaram ao reino com a palma do martírio
e receberam da mão de Deus uma coroa de glória
 (T. P. Aleluia)

Pela intercessão de vossa Mártir, Santa Regina,
atendei benignamente, Senhor, a nossa súplica
(faz-se o pedido)
 e fortalecei-nos no testemunho da vossa verdade.
 Por Nosso Senhor.
Amém!





Muitos tormentos sofreram os Santos, para alcançarem
a palma do martírio (T. P. Aleluia)

ORAÇÃO
Senhor nosso Deus, que nos dais constância na fé e força
na fraqueza, concedei-nos, pelo exemplo e pela intercessão de Santa Regina,
 a graça que vos pedimos ( faz-se o pedido pessoal)
e  de participar na morte e ressurreição
de vosso Filho, para podermos também gozar convosco,
 na companhia de todos os Mártires, 
a plena alegria do vosso reino.
Por Nosso Senhor.
Amém!




Ant. 3 Os mártires morreram por Cristo, mas agora vivem
eternamente (T. P. Aleluia).

Cântico 1 Pedro 2, 21-24 21 

Cristo sofreu por nós, *
 deixando-nos o exemplo, †
 para que sigamos os seus passos. 22 Ele não cometeu pecado algum *
 e na sua boca não se encontrou mentira. 23 Insultado, não pagava com injúrias; †
maltratado, não respondia com ameaças. *
 Mas entregava-Se Àquele que julga com justiça. 24 Suportou os nossos pecados no seu Corpo, *
 sobre o madeiro da Cruz,
a fim de que, mortos para o pecado, †
vivamos para a justiça. *
 Pelas suas chagas fomos curados.

Ant. Os mártires morreram por Cristo, mas agora vivem
eternamente (T. P. Aleluia).




Ap 3, 10-12:
Porque guardaste a minha palavra com firmeza, também
Eu te guardarei na hora da provação que está para sobrevir ao
mundo inteiro, para provar os habitantes da terra. Eu venho
em breve: conserva com firmeza o que tens, para que ninguém
arrebate a tua coroa.
Farei do vencedor uma coluna no templo do meu Deus e
jamais sairá dele; escreverei sobre ele o nome do meu Deus e o
nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do
Céu, de junto do meu Deus, e também o meu nome novo.



Os mártires de Cristo, no meio dos tormentos,
contemplavam o reino da glória e diziam: «Ajudai-nos, Senhor»
(T. P. Aleluia).



 



1 Jo 5, 3-5
O amor de Deus consiste em guardar os seus mandamentos.
E os seus mandamentos não são pesados, porque todo aquele
que nasceu de Deus vence o mundo. E esta é a vitória que vence
o mundo: a nossa fé. Quem é o vencedor do mundo, senão
aquele que acredita que Jesus é o Filho de Deus?











Senhor, que hoje nos alegrais com a festa anual de Santa Regina, concedei-nos a ajuda dos seus méritos, Vós que nos iluminastes
com o exemplo da sua fortaleza. 
Por Nosso Senhor.
Amém!









Fontes:


Nenhum comentário:

Postar um comentário