sexta-feira, 29 de setembro de 2017

SANTA SUSANA DE ROMA, VIRGEM E MÁRTIR - 11 DE AGOSTO













Susana de Roma, virgem mártir cristã do século III, é festejada no dia 11 de agosto juntamente com São Tibúrcio.

De acordo com as Atas sobre a sua vida, Susana e sua família eram parentes do futuro imperador Diocleciano. Ela, o pai, Gabino e seu tio, Caio, eram cristãos e os homens eram sacerdotes e a casa onde moravam era utilizada como uma igreja clandestina. Já os outros dois tios de Suzana, Máximo e Cláudio, eram pagãos. Em 283, Caio foi eleito bispo de Roma e passou a ser conhecido como papa Caio.

Quando ascendeu ao trono em 284, Diocleciano estabeleceu a tetrarquia e passou a reinar no oriente enquanto que Maximiano reinava no ocidente. Ambos nomearam césares como sucessores e co-imperadores juniores: Maximiano indicou Constâncio Cloro (o pai de Constantino, o Grande) e Diocleciano, Galério. 

Em 293, para garantir sua sucessão, Diocleciano desejava casar seu jovem sucessor rapidamente (ou, segundo outra fonte, seria com Maximiano), mas sua filha, Valéria, já estava casada e a única jovem solteira da família seria Susana, sua prima. O anúncio do casamento traria a desgraça para ela e a família.

Segundo um relato do século VI, Susana recusou-se a casar, encorajada pelo pai e pelo tio a manter seu voto de virgindade. Cláudio e Máximo tentaram convencê-la, mas acabaram convertidos ao cristianismo. O próprio Magêncio (ou Maximiano) também não conseguiu dissuadi-la, o que levantou suspeitas de que todos da família seriam cristãos. 





Depois de ter sido defendida pela esposa de Diocleciano, a imperatriz Prisca, que seria secretamente cristã, o cônsul Macedônio ordenou que Susana realizasse um sacrifício ao deus romano Júpiter para provar sua fé. 
Quando ela se recusou, ficou evidente que ela era de fato cristã, mas neste ponto os relatos divergem. 









Segundo uma fonte, o próprio Macedônio ordenou que ela fosse morta. Já em outra, Susana teria sido libertada por ser da família do imperador Diocleciano.

Quando o imperador, que estava na fronteira oriental, soube da recusa e do motivo, ficou furioso e ordenou a execução de Susana. Ela foi decapitada e seu pai, Gabino, foi morto de fome na prisão. Máximo, Cláudio, a esposa deste, Prepedigna, e os filhos do casal, Alexandre e Cúzia, foram todos mortos.





O Martírio de Santa Susana de Roma




O único sobrevivente foi o papa Caio, que se escondeu nas catacumbas. De acordo com sua Ata, ela teria sido decapitada em 295, enquanto que no relato do século VI, a data seria 293.

No ano de 330, uma basílica foi construída sobre a casa de Susana e dedicada primeiro a São Caio, em homenagem ao papa tio dela. No século VI, o papa Gregório, o Grande, rededicou-a em sua homenagem e ela é conhecida desde então como Sancta Susanna ad duas domos.



Chiesa di Santa Susanna alle Terme di Diocleziano.jpg


A Igreja foi erguida na casa de Santa Susanna, onde ela foi martirizada. No século 4 foi marcada com a designação ad duas domos (nas duas casas). Esta primeira basílica de três arcos foi quase certamente construída sob o pontificado do papa Leão III (795-816).

De acordo com a tradição, a estrutura tornou-se uma igreja em torno de 330, sob o imperador Constantino I , quando as basílicas de numerosas igrejas domésticas passaram a ser adaptadas para uso litúrgico



Interior da Igreja de Santa Susana



Sua entrada no Martirológio Romano (dia 11 de agosto) a retrata da seguinte forma:

Em Roma, comemoração de Santa Susana, em cujo nome, que foi mencionado entre os mártires nas listas antigas, a basílica da igreja titular de Caio nas Termas de Diocleciano foi dedicada a Deus no século VI.
  — Martirológio Romano.

A festa de Santa Susana que estava inclusa no Calendário Romano de Santos como sendo de observância obrigatória nos santuários de rito romano foi removida em 1969 por causa da natureza lendária das Actas de seu martírio.







 Ant. Alegrai-vos, ó Virgens de Cristo, exultai, esposas do
Cordeiro (T. P. Aleluia).


Leitura breve 1 Cor 7, 32.34:

"Quem não é casado preocupa-se com os interesses do Senhor,
procura agradar ao Senhor. A mulher solteira e a virgem
preocupam-se com os interesses do Senhor, para serem santas
de corpo e de espírito."





Oração
Senhor, cujo poder triunfa na fraqueza humana, concedei
àqueles que celebram a vitória de Santa Susana, o dom da fortaleza
com que ela venceu os tormentos do martírio.
 Por Nosso Senhor.
Amém!






Oração 
Deus de infinita santidade, 
que prometestes habitar nos corações puros, 
ouvi as súplicas dos vossos fiéis,
 por intercessão da virgem Santa Susana, 
e ajudai-nos com a vossa graça viver de tal
modo que mereçamos ser vossa morada.
 Por Nosso Senhor
Amém!




Leitura breve
1 Pedro 5, 10-11

"O Deus de toda a graça, que vos chamou para a sua glória
eterna em Cristo Jesus, depois de terdes sofrido um pouco, vos
aperfeiçoará, vos tornará inabaláveis e vos fortificará. A Ele o
poder e a glória por toda a eternidade. Amén."




fontes:
https://it.wikipedia.org/wiki/Susanna_di_Roma
http://biscobreak.altervista.org/2016/08/santa-susanna-di-roma/
http://panoramicearth.blogspot.com.br/2006/09/
https://en.wikipedia.org/wiki/Saint_Susanna
http://cobaltviolet.blogspot.com.br/2013/02/santa-suzanna-and-santa-maria-della.html



quinta-feira, 28 de setembro de 2017

ORAÇÃO - Maria Valei-me












ORAÇÃO DE MARIA VALEI-ME

Maria, valei-me
Aos vossos devotos,
Vinde, socorrei-nos!
Vosso amor se empenha,
Ó Virgem da Penha,
Penha donde emana
A Fonte vital!

Salve, Mãe de Deus!
Rainha Suprema
Sobre os Anjos seus!
Sois Mãe de concórdia,
De misericórdia;
Vida e doçura,
Esperança sois!

Ó Mãe do Senhor,
Excelsa Maria!
Ó Trono de amor,
Salve! Ouvi os brados
Que nós, degredados,
Da triste Eva filhos
Vimos suspirar!

Gemendo de dor,
Chorando de mágoa,
Pedindo a Deus favor:
Neste vale triste,
Onde a pena existe,
De lágrimas cheias,
De miséria e ais.

Ouvi, eia pois,
Nossa Advogada!
Mostrai quanto sois
Olhos piedosos,
Misericordiosos!
A nós, desgradados,
Terna Mãe, volvei!

Depois de acabar
O cruel desterro,
Dignai-vos mostrar
Jesus infinito,
Que é Fruto bendito
Desse feliz ventre,
Ó Mãe de Jesus!


Ó Clemente, ouvi!
Ó Pia, valei-nos!
Ó Doce, acudi!
Ó Virgem Maria,
Que a Deus, que nos cria
Criastes nos peitos,
Por todos rogai!


Para que por vós
As promessas suas
Mereçamos nós.
Assim suplicamos,
Porque nos vejamos
Nessa Eterna Glória

Para sempre. Amém.

Humildes oferecemos,
A vós Virgem Senhora,
E ao vosso Bento Filho!
Do céu e da terra,
Rainha da glória,
Louvores vos damos,

Aceitai Senhora!












domingo, 24 de setembro de 2017

O SIGNIFICADO DOS ANIMAIS NO CRISTIANISMO


A POMBA

A pomba representa o Espírito Santo, que é a Terceira Pessoa da Santíssima Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo). Simboliza paz, pureza, simplicidade, harmonia, esperança e felicidade reencontrada. É frequentemente representada carregando um ramo de oliveira.

Image result for DOVE AND SAINTS



A origem do uso cristão da imagem da pomba branca como símbolo da paz e esperança, provém da passagem bíblica do Antigo Testamento em que uma pomba branca foi solta por Noé após o dilúvio, encarregando-a de encontrar terra firme. A pomba branca, após a sua viagem, retorna trazendo um ramo de oliveira, como uma mensagem a Noé avisando-lhe de que o dilúvio havia baixado e que havia terra e esperança para o homem. A pomba é também uma mensageira de boas notícias.

A pomba branca é também comumente para representar a alma de um Santo numa iconografia. Na iconografia cristã, a pomba é representada saindo do corpo de São Policarpo depois de sua morte, simbolizando a sublimação da vida, da existência corpórea à existência espiritual. Muitos testemunhos afirmam que quando Santa Joana Darc  morreu na fogueira um soldado avistou sua alma subindo para o céu  em forma de pomba.


O LEÃO


Image result for ST MARK AND LION


Com alguma frequência os cristãos mencionam a figura “Leão de Judá”, que é a representação do próprio Jesus. “E disse-me um dos anciãos: Não chores; eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos.” (Apocalipse 5-5 ).
No cristianismo, o leão simbolizava o evangelista São Marcos e o padre São Jerônimo, que na iconografia cristã aparece ao lado de um leão.
A relação amistosa entre São Jerônimo e o leão demostra, sobretudo, a força da fé cristã e teria origem a partir do fato de o padre ter removido um espinho da pata do felino fazendo com que o animal se tornasse seu companheiro de vida ao renunciar sua natureza feroz.

O PELICANO

Representa a Eucaristia.
Pelicano eucarístico é um símbolo católico que apresenta relação direta com a refeição por excelência, a Eucaristia, uma vez que Cristo deu seu próprio sangue para alimentar o povo. Assim, o pelicano, ave grande que vive em regiões aquáticas, apresenta relações diretas com o sacrifício de Jesus afinal, segundo a Lenda do Pelicano Eucarístico, na falta de peixes para alimentar seus filhotes, o pelicano bica o próprio peito oferecendo sua carne e sangue para os filhos.



Image result for pelican catholic symbol







Do mesmo modo que o pelicano, Cristo se sacrificou, dando-nos alimento através do Seu amor auto sacrificial. São Tomás de Aquino (1225-1274) faz referência ao símbolo do pelicano em seu hino "Adoro te devote", além de também citar o animal em outros textos: “O pelicano bom a nos inundar com vosso sangue, sangue no qual uma só gota pode salvar o mundo inteiro”.


O PAVÃO



Image result for pavo real CHRISTIANS RESURRECTION
Os primeiros critãos adotaram o pavão como símbolo da ressurreição e representaram-no diversas vezes bebendo do cálice eucarístico.Uma curiosidade, é que todo ano, durante o Inverno, as penas do pavão caem para que nasçam outras novas, recuperando seu esplendor durante a primavera. Por este motivo, a ave se tornou símbolo de renovação e mudanças favoráveis, bem como da imortalidade e do renascimento. 



A FÊNIX

Image result for FENIX CHRIST RESURRECTION

Na arte cristã, a fênix renascida tornou-se um símbolo popular da ressurreição de Cristo.
A fênix, fênice ou fénix  (em grego clássico: ϕοῖνιξ) é um pássaro da mitologia grega que, quando morria, entrava em auto-combustão e, passado algum tempo, renascia das próprias cinzas. São Clemente relatou esta história no primeiro século em sua primeira carta aos Coríntios. O fênix foi usado para simbolizar primeiro a ressurreição de um modo em geral, e depois gradualmente veio a significar a Ressurreição de Cristo. Outra característica da fênix é sua força que a faz transportar em voo cargas muito pesadas, havendo lendas nas quais chega a carregar elefantes. Podendo se transformar em uma ave de fogo.
Dizia-se que as cinzas da Fênxi tinham o poder de ressuscitar um morto



O CORDEIRO - AGNUS DEI (CORDEIRO DE DEUS)


Agnus Dei: É uma expressão latina que significa “Cordeiro de Deus”, cujo desenho aparece em diversas formas. Quando aparece de pé firmando uma bandeira, representa o Cristo ressuscitado que triunfou sobre a morte. 



Image result for AGNUS DEI


Parado de pé com uma cruz e sangrando de um corte de um lado, representa o sofrimento e a morte de nosso Senhor. Sentado sobre um livro com sete selos, representa o julgamento final, quando Cristo retornará em glória. Este é um símbolo rico em significados. João Batista proclamou a Jesus como o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (Jo 1.29). No Apocalipse, Jesus é mencionado como Cordeiro (Ap. 5:11). Quando Abraão, por ordem de Deus, foi sacrificar seu filho Isaque, Deus providenciou um carneiro como substituto de Isaque. Este carneiro serviu como um tipo de Cristo (Gen. 22.1-19).





A ÁGUIA

Águia: A águia tem um rico e histórico símbolo. Fala-se que, periodicamente a águia renova suas plumagens e sua beleza, voando em direção ao sol e depois mergulhando num lago ou numa fonte de água. Com base nisso, a águia tornou-se um símbolo da ressurreição. O fato dela voar para o alto, também tronou-se um símbolo da ascensão de Cristo. As águias também representam os cristãos que foram batizados, morreram e ressuscitaram em Cristo. 



Related image


Ela é também um símbolo do evangelista São João pois ele deu testemunho de ter subido em vida ao céu e ter visto a natureza divina de Jesus. (Os símbolos para os quatro evangelistas são derivados da visão de Ezequiel dos quatro seres viventes: rostos de águia, de Leão, de homem e de boi.) Ez. 1.10; Is. 40:31




O BOI OU TOURO

 O boi é um símbolo de força, serviço e paciência. Na arte renascentista ele foi usado para representar a nação de Israel. O boi alado é um símbolo de São Lucas pelo fato de Lucas relatar em detalhes a morte sacrificial de Cristo. Visto que o boi era um animal usado para o sacrifício, o sacrifício de Cristo está relacionado ao do boi. Mt. 11.28-30

Related image




sexta-feira, 22 de setembro de 2017

PECADOS DA IGREJA E DOS BRASILEIROS QUE DESTROEM O PAÍS E A FÉ

3 - A Luxúria

A luxúria (do latim luxuriae) é o desejo passional e egoísta por todo o prazer sensual e material. Também pode ser entendido em seu sentido original: “deixar-se dominar pelas paixões”. Esse talvez seja o pecado que mais destruiu o povo brasileiro e à Igreja no Brasil.
 O povo brasileiro em nome de satisfazer  seu  apego aos prazeres carnais deu vazão à corrupção de costumes; a família se desestruturou e não por conta do casamento gay, como dizem alguns moralistas. A desordem na família heterossexual nada tem a ver com a luta pelos direitos dos LGBTs. Essa desordem está na legislação, quando banalizou o casamento e equiparou os direitos da amante com os direitos da casada. Essa desordem está na banalização do namoro, do sexo, e do casamento como algo que "se não der certo se divorcia". Os relacionamentos descartáveis levaram à desestruturação familiar, mães solteiras adolescentes que não sabem educar seus filhos, etc. A sexualidade extrema, lascívia e sensualidade está presente em muitas músicas pornofônicas de muitos MCs, Bregas, funks, etc. Lembrando que isso não significa que esses estilos de música são ruins ou demoníacos, referimo-nos aqui à letra e não a um determinado estilo ou cantor em particular. 

 Na Igreja, os pecados de pedofilia e os diversos escândalos sexuais levaram muitos católicos a desacreditar de sua fé. Não é difícil conhecermos padres, bispos ou freiras, que levam uma vida desregrada. Não é difícil sabermos de mosteiros e conventos que ao invés de serem referência na vida de oração, se tornaram sinônimo de prostituição.  Os pecados da luxúria se alinham com o da Gula e o da Avareza marcando a cultura  e a Igreja brasileira de uma forma abominável. 


4 - A Ira

A Ira é o intenso e descontrolado sentimento de raiva, ódio, rancor que pode ou não gerar sentimento de vingança. Esse sentimento tem ganhado adeptos no Brasil. As pessoas querem ter armas para solucionar seus problemas, desejam a morte de um criminoso pobre sem pensar nas condições humanas do outro. Cresce a representatividade por políticos  no estilo  "que mata bandido". Um dos problemas é que esse estilo só irá matar bandido pobre e os ricos continuarão como sempre : mentindo, enganando e desviando verbas. 
A ira torna a pessoa furiosa e descontrolada com o desejo de destruir aquilo que provocou sua ira, que é algo que provoca a pessoa. A ira não atenta apenas contra os outros, mas pode voltar-se contra aquele que deixa o ódio plantar sementes em seu coração. Seguindo esta linha de raciocínio, o castigo e a execução do causador pertencem a Deus. 


Image result for judiciário brasileiro charge


Esse pecado parece que tende a crescer, pois a sensação de injustiça é clara. O Judiciário, o Legislativo e o Executivo não têm mostrado eficiência em serem imparciais, e tratarem a todos com justiça e igualdade e equilíbrio e racionalidade pelo bem de todos. Mas esses poderes sempre ficam do lado de quem tem dinheiro ou influência. Independente de estarem certos ou errados. 



Image result for manipulação da mídia charge





A Ira também tem sido um pecado muito veiculado pelas redes sociais, mentiras, calúnias, notícias falsas, tudo para estimular ira, distorcer fatos, manipular o povo e criar fanáticos que se deixam levar pelos impulsos do ódio.

terça-feira, 19 de setembro de 2017

SETE PECADOS DA IGREJA E DOS BRASILEIROS QUE AFUNDAM O PAÍS E A FÉ


1 - A Gula

Gula é o desejo insaciável, além do necessário, em geral por comida, bebida. O povo brasileiro não tem tempo para ir à Missa, mas vira a noite do sábado para o domingo e do domingo para a segunda em boates, bares, shows e festas.

Esse pecado também está relacionado ao egoísmo humano: querer ter sempre mais e mais, não se contentando com o que já tem, uma forma de cobiça, o que leva o povo brasileiro a ser corrupto.



Image result for ostentação charge




Na música, a cultura da ostentação , que idolatra o rico e despreza o pobre é um reflexo desse egoísmo. Na Igreja Catolica do Brasil, vimos o esquecimento com os trabalhos sociais. A Igreja se tornou uma Igreja" mais do louvor e da oração", do que "da caridade com os mais pobres". 

2 - A Avareza

É o apego excessivo e descontrolado pelos bens materiais e pelo dinheiro, priorizando-os e deixando Deus em segundo plano. É  o pecado que mais foi cometido nos útlimos anos pela Igreja e pelos brasileiros . A Teologia da prosperidade protestante ganhou espaço dentro e fora da Igreja Católica. Ser cristão deixou de ser sinônimo de ser caridoso, humilde e pobre. As pessoas vão à Igreja não com medo do inferno, mas para terem dinheiro, emprego, luxo, prosperidade,etc.


Image result for brasil pecados

E em nome do dinheiro, muitos ricos clase média, empresários e políticos preferiram e preferem tirar direitos dos trabalhadores e pobres, para sobrar mais dinheiro para viajarem para o exterior. Não pensam na desigualdade social, nem nos milhares de pobres que voltarão para a marginalidade, nem que o aumento da violência tem relação com esse tipo de política.
Na concepção cristã, a avareza é considerada um dos sete pecados capitais, pois o avarento prefere os bens materiais ao convívio com Deus. 


Related image



O povo brasileiro cometeu demais esse pecado, pois na medida em que muitos deixavam as classes mais pobres, abandonavam também tradições e costumes piedosos, como rezar, devoções, etc., principalmente ser humilde, reconhecer-se como pobre e ajudar o próximo. 


Image result for padres dinheiro


Com relação à Igreja,  não é ou era difícil conhecermos padres e bispos que só pensam nos ricos e não trabalham nas favelas , com os pobres. Isso fez com que em bairros de periferia o número de protestantes se elevasse. Poucos padres e bispos trabalham com amor junto com os pobres, em bairros , paróquias, cidades ou dioceses pobres. Muitos querem só paróquais de destaque, evitando visitar o povo mais pobre ou desempenhar algum trabalho social com eles. Há conventos cheios de frades que servem para nada. Celebram uma Missa num domingo e só. Inúteis comendo do pão da Igreja.   Neste sentido, o pecado da avareza conduz à idolatria, que significa tratar algo, que não é Deus, como se fosse deus, algo que muitos cristãos têm feito.






Apesar de todos os pecados, nunca perdi minha fé, pois sempre digo a mim mesmo: "dos doze apóstolos , um foi traidor de Cristo por dinheiro, um o negou publicamente, outros fugiram com medo da morte, falta de fé e vergonha,  e só um ficou junto Dele e de Sua Mãe Santíssima aos pés da Cruz". 

Ou seja, escândalo e pecados existem na Igreja desde sua origem, só se assusta quem não sabe disso.

Continuarei na próxima postagem falando dos outros pecados.


sábado, 16 de setembro de 2017

POR QUE O CATÓLICO DEVOTO É PERSEGUIDO E RIDICULARIZADO? PROFECIA!



O DEVOTO SERÁ PERSEGUIDO:

A Bíblia  nos previne que todo devoto será perseguido pelo mundo:

"Pois todos os que quiserem viver piedosamente, em Jesus Cristo, terão de sofrer a perseguição."
 (II Timóteo 3, 12)



Image result for intolerancia religiosa

Um adolescente de 13 anos derrubou as imagens de Nossa Senhora da Conceição e do Sagrado Coração de Jesus, que ficavam nos altares laterais da igreja-mãe da Diocese de Duque de Caxias.


Em nosso tempo, todo devoto e expressão devocional são perseguidos e ridiculrizados pelas pessoas, pois a escritura já profetizava que o adversário, no fim dos tempos, se levantaria contra tudo o que é divino e sagrado:

"Ora, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com ele, que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto.
Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição,
O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus.
(II Tessalonicenses 2,1-4)


Os devotos fiéis da Igreja são perseguidos principalmente por causa de sua devoção para com Nossa Senhora, a Mãe do Senhor. Algo que também foi profetizado na Bíblia é que o Demônio faria guerra contra os filhos da Virgem Maria, a Mulher que "deu à Luz um filho homem que há de reger todas as nações com vara de ferro " Apocalipse 12, 5: 

"E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente ( a Igreja Católica, filhos devotos da Mãe de Jesus), os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo."
 Apocalipse 12,17

São Paulo também nos adverte para que não nos deixemos abalar por essas perseguições, mas permaneçamos firmes na fé:



"Perseguições e aflições tais quais me aconteceram em Antioquia, em Icônio, e em Listra; quantas perseguições sofri, e o Senhor de todas me livrou;
E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições.
Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados.
Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido,"
2 Timóteo 3,11-14

A ORAÇÃO DO DEVOTO SERÁ OUVIDA:

A Bíblia deixa-nos crer que aqueles que vivem em devoção serão ouvidos em suas preces:

"Pelo nome de Davi, vosso servo, não rejeiteis a face daquele que vos é consagrado." 
(Salmos 131, 10)

"Senhor Deus, não repilais a prece daquele que vos é consagrado, em memória dos favores que concedestes a vosso servo Davi."
 (II Crônicas 6, 42)

"Roga, pois, a Deus por nós, porque és uma mulher santa e piedosa."
(Judite 8, 29)

"E tu, Salomão, meu filho, conhece o Deus de teu pai e serve-o com um coração leal e com alma devotada, pois ele sonda todos os corações e penetra todos os desígnios do espírito. Se o procuras, ele deixar-se-á encontrar por ti; mas se o abandonas, rejeitar-te-á para sempre."
 (I Crônicas 28, 9)


Image result for CATHOLIC PRAYING AND PAGANS

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

FAÇA UM GARRAFA PARA ÁGUA BENTA E PROTEJA-SE

A água benta é um sacramental, ou seja, um sinal instituído pela Igreja, que recebeu autoridade do Senhor para tal ministério (Mt 16,18-19; 18,17-18).
 Ela é o sacramental mais usado pela Igreja, pois nos lembra o Batismo, nossa purificação:

... o batismo de agora, que vos salva também a vós, não pela purificação das impurezas do corpo, mas pela que consiste em pedir a Deus uma consciência boa, pela ressurreição de Jesus Cristo. 
(I São Pedro 3, 21)





A água benta é usada tanto para abençoar, como para purificar-se dos pecados, lembrando-nos a água lustral do Antigo Testamento (Números 19, 9-22)

A água benta afugenta o demônio, pois é uma água plena da força do Espírito Santo, uma água viva, que nos lembra o Batismo (Jo 4,14; Heb 10,22), e nos recorda a cruz, morte  ressurreição do Senhor e a destruição do poder do pecado e do demônio (Rom 6,3-4; Col 2,15) . 







Por isso, não pode faltar no altar de nossa casa uma garrafa ou recipiente com água benta para as orações diárias. Existem belas opções em lojas católicas on line e físicas para essas garrafas, mas podemos fazer uma sem gastar dinheiro apenas reciclando algum frasco.

Abaixo temos algumas fotos para inspirar uma bela decoração para esse recipiente sagrado: