domingo, 27 de dezembro de 2015

ORAÇÃO À SAGRADA FAMÍLIA, JESUS, MARIA E JOSÉ


Jesus, Maria e José, entrego a vocês meu ser, minha família, meus amigos, meu trabalho, meu cotidiano, meus pensamentos, minha vontade. Reinem através de mim. Como foi santificado por Jesus a vida familiar de vocês, José e Maria, que seja santificado o meu dia a dia, meu acordar, os afazeres do lar, minhas refeições.
São José orai por mim para que não me falte disposição para o trabalho, dedicação, empenho. Que eu consiga colocar em ordem minha casa, o telhado que precisa de reforma, os móveis que ainda faltam comprar, ajeitar o banheiro, pintar. Interceda por mim, São José, para que eu pinte e arrume esta casa. Esteja ao meu lado como um pai que cuida de tudo, assiim como te dedicaste em cuidar do Menino Jesus. Coloque em meu caminho pessoas boas que me ajudem em todas as tarefas.
Minha Senhora, Santa Mãe Maria, inspire-me forças e desejo de manter minha casa arrumada, organizada, limpa, bem cuidada. Ensine-me, Mãe, a ser uma pessoa dedicada ao lar também, todos que entrarem nesta residência recebam e sintam a graça de Deus, a presença da Paz,  Alegria, Felicidade. Aqui, possa haver cura, descanso, regeneração, vitalidade. Todos que aqui chegarem, saiam refeitos e plenificados.
Jesus, meu Menino Amado, meu único Senhor, Vida e Felicidade de minha alma, esteja comigo sempre, sustentai-me nos momentos de fraqueza, abraçai-me para que nunca fique triste ou desanimado, tomai-me pelas mãos para que viva a vida brincando contigo numa eterna e santa infância, responsável e suave, alegre, mas não dispersa. Que eu esteja contente em ser um brinquedo em tuas mãos, como dizia Santa Terezinha. Mesmo que eu seja jogado de um lado para o outro, mas que não me falte a compreensão e o contentamento de ser teu, Jesus Menino, para ver tua face na outra vida.´



Jesus, Maria e José, eu sou e quero ser vosso. Jesus, Maria e José, olhem por minha irmã para que cresça no amor a Deus. Maria e José, orem por minha Mãe e meu cunhado para que encontrem Jesus, Nosso Senhor em sua Igreja. Jesus tomai de conta e protegei minha sobrinha e meu sobrinho, livrando-os de todo mal, de toda má influência, de más companhias e amizades. Coloque na vida deles bons amigos, realização profissional, pessoal, familiar, religiosa, amorosa e saúde.
Aumentai a fé de minha outra irmã e convertei e iluminai meu irmão e os seus.
Jesus, Maria e José, dai muitos anos de vida e saúde corporal para minha mãe e irmã afim de que ela possa crescer espiritualmente ainda por muito tempo.
Jesus, Maria e José uni minha família.
Jesus, Maria e José, minha família vossa é.
Amém.
Amém.
Amém

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

OFÍCIO DO DIVINO MENINO JESUS NO NATAL



Ó Meu Jesus Divino Redentor, 
amo-vos de todo o meu coração porque sois infinitamente bom e amável.

Ó Emanuel,
nosso rei e legislador,
esperança e salvador das nações,
Vinde salvarnos,
Senhor nosso Deus.




 1º HINO
Honra seja ao Verbo
nascido do Pai
já antes dos séculos
Prícipe da Paz

Que  por todo homem,
para nos salvar
desceu dos céus:
vindo se encarnar

Pelo Santo Espírito
no seio de Maria
O Verbo se fez carne
Nossa Alegria

Cristo és a imagem
Do Deus invisível (Colossenses 1:12-15)
Aquele que habita
na luz inacessível

A imortalidade
só ele detem
a Ele o poder
sempiterno Amém

Deus verdadeiro
de Deus verdadeiro
No teu nascimento
Trema o mundo inteiro

Amor a vós, Jesus,
nascido de Maria
com vosso Pai e o Espírito
louvores cada dia.



ORAÇÃO
Divino Menino Jesus, nascei em meu coração e reinai na minha vontade.




2º HINO
Honra seja ao Verbo
a raiz de Jessé
por quem tudo foi feito
O Autor da nossa fé

De condição divina
não se apegou
a ser igual ao Pai
Mas se esvaziou

de sua santa glória
assumindo a condição
de homem, escravo
Fazendo-se irmão

Em tudo igual aos homens
Menos no pecado
Desce ao nosso mundo
para elevá-lo

Deus enviou seu Filho
para quem nele crê
não morra, ressuscite
vivendo com saber

Saúdam vossa vinda
o céu, a terra, o mar,
e todo ser que vive
entoa o seu cantar.

Amor a vós, Jesus,
nascido de Maria
com vosso Pai e o Espírito
louvores cada dia.




ORAÇÃO
Divino Menino Jesus, nascei em meu coração e reinai na minha vontade.




3º HINO
Honra seja ao Verbo
por Deus enviado
que na plenitude
dos tempos é gerado

Nascido de  mulher  (Gal 4, 4-5)
para resgatar
os que eram escravos
do pecado libertar

Sobre os que andavam
nas sombras da morte
resplandeceu a Luz
Mudando nossa sorte

para todo o povo
Imensa alegria
nos foi dado um filho
Menino de Maria

Grande é seu império
e a paz reinará
De Davi o trono
Ele firmará

Os reis da Arábia
e de Sabá
lhe trarão presentes
para ofertar

Achando com a Mãe
o Santo  Menino
piedosos adoraram
o infante divino

Amor a vós, Jesus,
nascido de Maria
com vosso Pai e o Espírito
louvores cada dia.



ORAÇÃO
Divino Menino Jesus, nascei em meu coração e reinai na minha vontade.






4º HINO
Honra seja ao Verbo
Conselheiro admirável
Pai da Eternidade
Senhor imutável

Não temais eu trago
a Boa notícia
para todo o povo
será alegria

na Cidade de Davi
Nasceu o Salvador
o Menino em faixas
é o Cristo Senhor

Assim disse o Anjo
Aos Pobres Pastores
que foram apressados
rendendo louvores

Vamos a Belém
ver o Rei nascido
Defensor dos pobres
Humildes e oprimidos  (Salmo 71(72))

E acharam o Menino
com José e Maria
numa manjedoura
como o anjo dizia

Ele vem do Alto
como o orvalho
De justiça e Paz
é o seu reinado

Amor a vós, Jesus,
nascido de Maria
com vosso Pai e o Espírito
louvores cada dia.




ORAÇÃO
Divino Menino Jesus, nascei em meu coração e reinai na minha vontade.





Jesus, que dissestes: 
"Pedi e recebereis, procurai e achareis", 
por intermédio de Maria, vossa sagrada Mãe, 
eu bato, procuro e vos rogo que minha prece seja atendida 
(menciona-se o pedido). 

Jesus que dissestes: 
"Tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome Ele atenderá",
por intermédio de Maria vossa sagrada Mãe, 
eu humildemente rogo ao vosso Pai, 
em vosso nome, que minha oração seja ouvida 
(menciona-se o pedido). 

Jesus que dissestes: 
"O céu e a terra passarão, mas a minha palavra não passará",
por intermédio de Maria, vossa sagrada Mãe, 
eu confio que minha oração seja ouvida
(menciona-se o pedido). 

(Rezar 3 Ave Marias e 1 Salve Rainha) 

Antífona de entrada:

Um menino nasceu para nós: um filho nos fai dado! O poder repousa nos seus ombros. Ele será chamado “mensageiro do conselho de Deus” (Is 9,6).

Oração do dia

Ó Deus, que admiravelmente criastes o ser humano e mais admiravelmente restabelecestes a sua dignidade, dai-nos participar da divindade do vosso Filho, que se dignou a assumir a nossa humanidade. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.



domingo, 13 de dezembro de 2015

ORAÇÃO DAS 14 OBRAS DE MISERICÓRDIA






Ó Deus sem ti nada podemos fazer,
 concede-me a graça de fazer todas as coisas com amor
(1 Coríntios 16:14), 
pois o amor cobre a multidão de pecados 
(1 Pedro 4:8),
 é sofredor, é benigno, não é invejoso, não trata com falsidade, não se ensoberbece 
(1 Coríntios 13:4).

Dai-me, Senhor, o auxílio da vossa graça 
para mostrar a minh fé pelas minhas obras, 
pois a fé sem obras é morta 
(Tiago 2:8-26).

Por teu amor 
e por te reconhecer no outro, 
que eu 
1 - dê de comer a quem tem fome, 
2- de beber a quem tem sede, 
3- vista os nus, 
4- socorra os desabrigados,
5,6 - visite enfermos e os presos
(Mateus 25,34-40)
7 - sepulte os defuntos 
(Ezequiel 39:14;Tobias 12,12)
para, no último dia, 
ser encontrado digno de ouvir o teu chamado: 
"Vinde bendito de meu Pai".

Vinde, Espírito Santo,
 renovar a minha mente 
(Efésios 4:23) 
para que eu procure com zelo os dons espirituais 
(1 Coríntios 14:12) 
a fim de:

1 - aconselhar conforme a sã doutrina
(Tito 1:9);
2 - ensinar aos que não sabem 
(Esdras 7:25), 
para que aprendam, e sejam consolados
(1 Coríntios 14:31);
3- repreender e corrigir os que erram,
 para que sejam sãos na fé
(Tito 1:13);
4- consolar os aflitos 
(2 Coríntios 1:4), 
para que não sejam devorados pela tristeza 
(2 Coríntios 2:7);
5- perdoar de coração as ofensas dos irmãos e irmãs, 
como Cristo nos perdoou
(Colossenses 3:13; Mateus 18:34,35), 
para que não sejamos vencidos por Satanás 
(2 Coríntios 2:10);
6- suportar as fraquezas dos fracos,
 com humildade e mansidão,
 não buscando agradar a si mesmo 
(Efésios 4:2; Romanos 15:1);

7- fazer  orações por todos os homens e mulheres
(1 Timóteo 2:1), 
pelos vivos ou mortos, 
pois todos pertencemos ao Senhor 
(Romanos 14:8). 
E é um belo e santo modo de agir rezar pelos defuntos,
 fruto de nossa fé na ressurreição 
(II Macabeus 12, 42-46).
Dai-me a graça, Senhor, 
de praticar as 14 obras de misericórdia
 corporais e espirituais, 
de ser misericordioso, 
para encontrar também misericórdia 
(Mateus 5:7).
Amém


File:Pieter Brueghel - Obras de Misericórdia.jpg





quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

AS 7 OBRAS DE MISERICÓRDIA ESPIRITUAIS NA BÍBLIA


Segui o amor, e procurai com zelo os dons espirituais
mas principalmente o de profetizar. 
1 Coríntios 14:1

Assim também vós, como desejais dons espirituais,
 procurai abundar neles, para edificação da igreja.
1 Coríntios 14:12


Mas o fruto do Espírito é
amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. 
Gálatas 5:22

E vos renoveis no espírito da vossa mente; 
Efésios 4:23


As sete obras de misericórdia espirituais


Assim como as obras de misericórdia corporais são direcionadas para aliviar o sofrimento corporal, o objetivo mais importante das obras espirituais é aliviar o sofrimento espiritual. 
São tradicionalmente enumeradas da seguinte forma:

1. Dar bons conselhos
2. Ensinar os ignorantes
3. Corrigir os que erram
4. Consolar os tristes
5. Perdoar as injúrias
6. Suportar com paciência as fraquezas do nosso próximo
7. Rezar a Deus por vivos e defuntos.





1 - Dar bons conselhos


Portanto, ó rei, aceita o meu conselho, e põe fim aos teus pecados, praticando a justiça, e às tuas iniqüidades, usando de misericórdia com os pobres, pois, talvez se prolongue a tua tranqüilidade.

Daniel 4:27


A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração.
 Colossenses 3:16

Retendo firme a fiel palavra, que é conforme a doutrina, para que seja poderoso, tanto para admoestar com a sã doutrina, como para convencer os contradizentes. 
Tito 1:9

Eu próprio, meus irmãos, certo estou, a respeito de vós, que vós mesmos estais cheios de bondade, cheios de todo o conhecimento, podendo admoestar-vos uns aos outros. 
Romanos 15:14

Portanto, vigiai, lembrando-vos de que durante três anos, não cessei, noite e dia, de admoestar com lágrimas a cada um de vós. 
Atos 20:31

Fala disto, e exorta e repreende com toda a autoridade. Ninguém te despreze.

Tito 2:15









2 - instruir os ignorantes


E tu, Esdras, conforme a sabedoria do teu Deus, que possues, nomeia magistrados e juízes, que julguem a todo o povo que está dalém do rio, a todos os que sabem as leis do teu Deus; e ao que não as sabe, lhe ensinarás.
Esdras 7:25


Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo,
Judas 1:20

E Jesus, saindo, viu uma grande multidão, e teve compaixão deles, porque eram como ovelhas que não têm pastor; e começou a ensinar-lhes muitas coisas. 
Marcos 6:34

“A palavra de Cristo permaneça em vós com toda sua riqueza, de sorte que com toda sabedoria possais instruir e exortar-vos mutuamente.” 
(Col 3, 16a)

E ao servo do Senhor não convém contender, mas sim, ser manso para com todos, apto para ensinar, sofredor;
2 Timóteo 2:24

Fala disto, e exorta e repreende com toda a autoridade. Ninguém te despreze.
Tito 2:15

Segui o amor, e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar.
Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios.
Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação.
1 Coríntios 14:1-3


Todavia eu antes quero falar na igreja cinco palavras na minha própria inteligência, para que possa também instruir os outros, do que dez mil palavras em língua desconhecida.
1 Coríntios 14:19

Porque todos podereis profetizar, uns depois dos outros; para que todos aprendam, e todos sejam consolados.
1 Coríntios 14:31


A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração.
Colossenses 3:16


Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;

 2 Timóteo 3:16







3 - advertir os pecadores

O que repreende o homem gozará depois mais amizade do que aquele que lisonjeia com a língua.

Provérbios 28:23


Fala disto, e exorta e repreende com toda a autoridade. Ninguém te despreze. Tito 2:15


Aos que pecarem, repreende-os na presença de todos, para que também os outros tenham temor.

 1 Timóteo 5:20

Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. 
2 Timóteo 4:2

Este testemunho é verdadeiro. Portanto, repreende-os severamente, para que sejam sãos na fé. Tito 1:13


Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão; Mateus 18:15


Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;
 2 Timóteo 3:16






4 - confortar os aflitos

Que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus.
2 Coríntios 1:4

Porque todos podereis profetizar, uns depois dos outros; para que todos aprendam, e todos sejam consolados. 1 Coríntios 14:31


De maneira que pelo contrário deveis antes perdoar-lhe e consolá-lo, para que o tal não seja de modo algum devorado de demasiada tristeza. 
2 Coríntios 2:7

Porque todos podereis profetizar, uns depois dos outros; para que todos aprendam, e todos sejam consolados. 1 Coríntios 14:31 Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras. 
1 Tessalonicenses 4:18

O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;
A apregoar o ano aceitável do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os tristes;
Isaías 61:1,2



E a nossa esperança acerca de vós é firme, sabendo que, como sois participantes das aflições, assim o sereis também da consolação. 2 Coríntios 1:7




5 - perdoar as ofensas de bom grado


E, indignado, o seu senhor o entregou aos atormentadores, até que pagasse tudo o que lhe devia.
Assim vos fará, também, meu Pai celestial, se do coração não perdoardes, cada um a seu irmão, as suas ofensas.
Mateus 18:34,35

E, quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas.
Mas, se vós não perdoardes, também vosso Pai, que está nos céus, vos não perdoará as vossas ofensas.
Marcos 11:25,26

Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também. 
Colossenses 3:13


De maneira que pelo contrário deveis antes perdoar-lhe e consolá-lo, para que o tal não seja de modo algum devorado de demasiada tristeza. 2 Coríntios 2:7


Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; soltai, e soltar-vos-ão. Lucas 6:37


Mas, se vós não perdoardes, também vosso Pai, que está nos céus, vos não perdoará as vossas ofensas.
Marcos 11:26

Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo. 
Efésios 4:32

E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;

Mateus 6:12

Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; Mateus 6:14

Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas.
Mateus 6:15

E a quem perdoardes alguma coisa, também eu; porque, o que eu também perdoei, se é que tenho perdoado, por amor de vós o fiz na presença de Cristo; para que não sejamos vencidos por Satanás; 

2 Coríntios 2:10





6 - suportar os erros pacientemente


Mas nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos. Romanos 15:1

Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor, Efésios 4:2


Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também. Colossenses 3:13



Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
1 Coríntios 13:7


Mas, se somos atribulados, é para vossa consolação e salvação; ou, se somos consolados, para vossa consolação é, a qual se opera suportando com paciência as mesmas aflições que nós também padecemos;
2 Coríntios 1:6





7 - Rezar pelos  vivos e  mortos



Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos, 
Efésios 6:18


Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; 1 Timóteo 2:1

E já está próximo o fim de todas as coisas; portanto sede sóbrios e vigiai em oração. 1 Pedro 4:7

Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. Tiago 5:16

Fazendo sempre com alegria oração por vós em todas as minhas súplicas, Filipenses 1:4

 e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; Mateus 5:44


Abençoai aos que vos perseguem, abençoai, e não amaldiçoeis. Romanos 12:14


Bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam. Lucas 6:28

Orai pela paz de Jerusalém; prosperarão aqueles que te amam. Salmos 122:6



Doutra maneira, que farão os que se batizam pelos mortos, se absolutamente os mortos não ressuscitam? Por que se batizam eles então pelos mortos? 1 Coríntios 15:29

Pois que muito desejamos também ser-lhe agradáveis, quer presentes (vivos), quer ausentes (mortos). 2 Coríntios 5:9

Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor. Romanos 14:8



42. e puseram-se em oração, para implorar-lhe o perdão completo do pecado cometido. O nobre Judas falou à multidão, exortando-a a evitar qualquer transgressão, ao ver diante dos olhos o mal que havia sucedido aos que foram mortos por causa dos pecados.
43. Em seguida, fez uma coleta, enviando a Jerusalém cerca de dez mil dracmas, para que se oferecesse um sacrifício pelos pecados: belo e santo modo de agir, decorrente de sua crença na ressurreição,
44. porque, se ele não julgasse que os mortos ressuscitariam, teria sido vão e supérfluo rezar por eles.
45. Mas, se ele acreditava que uma bela recompensa aguarda os que morrem piedosamente,
46. era esse um bom e religioso pensamento; eis por que ele pediu um sacrifício expiatório para que os mortos fossem livres de suas faltas.
II Macabeus 12, 42-46













terça-feira, 8 de dezembro de 2015

AS 7 OBRAS DE MISERICÓRDIA CORPORAIS NA BÍBLIA


"Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma.
Mas dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras.
Tu crês que há um só Deus; fazes bem. Também os demônios o crêem, e estremecem.
Mas, ó homem vão, queres tu saber que a fé sem as obras é morta? (...)
Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta."
Tiago 2:8-26

Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; 
porque o amor cobrirá a multidão de pecados.
 1 Pedro 4:8

Dai o que tendes em esmola,
e tudo ficará puro para vós.
 (Lc 11,41)




As sete obras de misericórdia corporais


As obras de misericórdia corporais são aquelas que tendem às necessidades corporais do outro. Em Mateus 25:34-40, no Ovelhas e Bodes, seis obras específicas são enumeradas, embora esta não seja uma lista precisa. A última obra de misericórdia, sepultar os mortos, vem do Livro de Tobias .







1 - alimentar os famintos

Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
Porque tive fome, e destes-me de comer;
Mateus 25:34,35

Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe pão para comer; e se tiver sede, dá-lhe água para beber; Provérbios 25:21

Mas ele lhes disse: Dai-lhes vós de comer. E eles disseram: Não temos senão cinco pães e dois peixes, salvo se nós próprios formos comprar comida para todo este povo.
Lucas 9:13


E, respondendo ele, disse-lhes: Quem tiver duas túnicas, reparta com o que não tem, e quem tiver alimentos, faça da mesma maneira.
Lucas 3:11

Porventura não é também que repartas o teu pão com o faminto, e recolhas em casa os pobres abandonados; e, quando vires o nu, o cubras, e não te escondas da tua carne?
Isaías 58:7

Não oprimindo a ninguém, tornando ao devedor o seu penhor, não roubando, dando o seu pão ao faminto, e cobrindo ao nu com roupa, Ezequiel 18:7









2- dar de beber aos quem tem sede

Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber;
Mateus 25:34,35


Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe pão para comer; e se tiver sede, dá-lhe água para beber; Provérbios 25:21

E qualquer que tiver dado só que seja um copo de água fria a um destes pequenos, em nome de discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá o seu galardão.
Mateus 10:42






3- vestir os despidos

 E, respondendo ele, disse-lhes: Quem tiver duas túnicas, reparta com o que não tem, e quem tiver alimentos, faça da mesma maneira.
Lucas 3,11

E, se o irmão ou a irmã estiverem nus, e tiverem falta de mantimento quotidiano,
E algum de vós lhes disser: Ide em paz, aquentai-vos, e fartai-vos; e nào lhes derdes as coisas necessárias para o corpo, que proveito virá daí?
Tiago 2:15,16

Não oprimindo a ninguém, tornando ao devedor o seu penhor, não roubando, dando o seu pão ao faminto, e cobrindo ao nu com roupa, Ezequiel 18:7

Porventura não é também que repartas o teu pão com o faminto, e recolhas em casa os pobres abandonados; e, quando vires o nu, o cubras, e não te escondas da tua carne?
Isaías 58:7

Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;
Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.
Mateus 25:34-36







4- abrigar os sem abrigo


Porventura não é também que repartas o teu pão com o faminto, e recolhas em casa os pobres abandonados; e, quando vires o nu, o cubras, e não te escondas da tua carne?
Isaías 58:7

Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;
Mateus 25:34,35

Não vos esqueçais da hospitalidade, porque por ela alguns, não o sabendo, hospedaram anjos. Hebreus 13:2


Pela fé Raabe, a meretriz, não pereceu com os incrédulos, acolhendo em paz os espias.
 Hebreus 11:31







5- visitar os doentes


Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;
Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.
Mateus 25:34-36


Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber?
E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos?
E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te?
E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.
Mateus 25:37-40

Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor; Tiago 5:14

E aconteceu estar de cama enfermo de febre e disenteria o pai de Públio, que Paulo foi ver, e, havendo orado, pôs as mãos sobre ele, e o curou. Atos 28:8


E, saindo eles, pregavam que se arrependessem.
E expulsavam muitos demônios, e ungiam muitos enfermos com óleo, e os curavam.
Marcos 6:12,13




6- visitar os cativos


Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;
Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.
Mateus 25:34-36

Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber?
E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos?
E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te?
E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.
Mateus 25:37-40


Eu, o Senhor, te chamei em justiça, e te tomarei pela mão, e te guardarei, e te darei por aliança do povo, e para luz dos gentios.
Para abrir os olhos dos cegos, para tirar da prisão os presos, e do cárcere os que jazem em trevas.

Isaías 42:6,7

E mandou ao centurião que o guardasse em prisão, tratando-o com brandura, e que a ninguém dos seus proibisse servi-lo ou vir ter com ele. Atos 24:23






7- sepultar os mortos



E separarão homens que incessantemente percorrerão a terra, para que eles, juntamente com os que passam, sepultem os que tiverem ficado sobre a face da terra, para a purificarem; durante sete meses farão esta busca. Ezequiel 39:14

20. Alimentava os famintos, vestia os nus, e, com uma solicitude toda particular, sepultava os defuntos e os que tinham sido mortos.
21. Quando o rei Senaquerib, fugindo da Judéia ao castigo com que Deus o ferira por suas blasfêmias, mandou assassinar, na sua ira, um grande número de israelitas, Tobit sepultou os seus cadáveres.
22. Denunciaram-no ao rei, que o mandou matar e confiscou todos os seus bens.
Tobias 1,20-22

Quando tu oravas com lágrimas e enterravas os mortos, quando deixavas a tua refeição e ias ocultar os mortos em tua casa durante o dia, para sepultá-los quando viesse a noite, eu apresentava as tuas orações ao Senhor.
Tobias 12,12

E uns homens piedosos foram enterrar Estêvão, e fizeram sobre ele grande pranto. Atos 8:2


Meu pai me fez jurar, dizendo: Eis que eu morro; em meu sepulcro, que cavei para mim na terra de Canaã, ali me sepultarás. Agora, pois, te peço, que eu suba, para que sepulte a meu pai; então voltarei. Gênesis 50:5

Mas que eu jaza com os meus pais; por isso me levarás do Egito e me enterrarás na sepultura deles. E ele disse: Farei conforme a tua palavra. Gênesis 47:30

E, levantando-se os moços, cobriram o morto e, transportando-o para fora, o sepultaram. Atos 5:6

E logo caiu aos seus pés, e expirou. E, entrando os moços, acharam-na morta, e a sepultaram junto de seu marido. Atos 5:10









A pintura Sete Obras de Misericórdia, do pintor italiano Caravaggio, seria originalmente retratada em sete pinturas, mas Caravaggio optou por reunir as sete obras de misericórdia em uma única cena.

No canto direito da pintura, uma mulher amamenta um homem aparentemente preso. Esse é um retrato de uma antiga passagem da história romana, onde um prisioneiro foi condenado a morrer de fome e sua filha o amamenta para livrá-lo do sofrimento.

Os anjos no canto superior da obra inspiram a humanidade a praticar a misericórdia.

A obra tem como dimensões 2m x 3.75m, feitas com óleo sobre tela. A pintura está exposta na Igreja de Pio Monte Della Misericórdia, na Itália.


Sete Obras de Misericórdia, de Caravaggio




AS SETE OBRAS DE MISERICÓRDIA:


1. Dar de comer a quem tem fome
2. Dar de beber a quem tem sede
3. Vestir os nus
4. Visitar os prisioneiros
5. Dar pousada aos peregrinos
6. Visitar e atender os doentes
7. Enterrar os mortos







O CATECISMO DA IGREJA AFIRMA:


§2447 As obras de misericórdia são as ações caritativas pelas quais socorremos o próximo em suas necessidades corporais e espirituais. Instruir, aconselhar, consolar, confortar são obras de misericórdia espiritual, como também perdoar e suportar com paciência.

 As obras de misericórdia corporal consistem sobretudo em dar de comer a quem tem fome, dar de beber a quem tem sede, dar moradia aos desabrigados, vestir os maltrapilhos, visitar os doentes e prisioneiros, sepultar os mortos. Dentre esses gestos de misericórdia, a esmola dada aos pobres é um dos principais testemunhos da caridade fraterna. E também uma prática de justiça que agrada a Deus.

Quem tiver duas túnicas, reparta-as com aquele que não tem, quem tiver o que comer, faça o mesmo (Lc 3,11). Dai o que tendes em esmola, e tudo ficará puro para vós (Lc 11,41). Se um irmão ou uma irmã não tiverem o que vestir e lhes faltar o necessário para a subsistência de cada dia, e alguém dentre vós lhes disser "Ide paz, aquecei-vos e saciai-vos, e não lhes der o necessário para manutenção, que proveito haverá nisso? (Tg 2, 15-16).





ORAÇÕES PARA O ADVENTO E NATAL - (Hino Akathistos) - HINO ORTODOXO EM LOUVOR DA MÃE DE JESUS


Hino Akathistos (que literalmente significa «estando de pé», porque se canta nesta posição) é o hino mariano mais famoso do Oriente cristão e, possivelmente, de toda a Igreja.
O Hino Akathistos é comum a todos os cristãos de rito bizantino, ortodoxos e católicos. Constitui pois, uma antiga e solene ponte para a plena comunhão entre a Igreja do Oriente e do Ocidente.



TROPÁRIO
A ti, Maria, como ao general invencível,
meus cantos de vitória!
A ti, que me livraste de meus males,
ofereço meus cantos de reconhecimento!
Pois que tens uma força invencível,
livra-me de toda espécie de perigos,
a fim de que te aclame:
Ave, Virgem e Esposa!






I Estação: «O Anúncio do Anjo Gabriel»
O mais sublime dos anjos
foi enviado dos céus
para dizer «Ave» à Mãe de Deus.
Vendo-te, Senhor, feito homem
à sua angélica saudação,
deteve-se extasiado diante da Virgem,
aclamando-a assim:
Ave, por ti resplandece a alegria!
Ave, por ti a maldição toda cessa!
Ave, reergues o Adão decaído!
Ave, tu estancas as lágrimas de Eva!
Ave, mistério que excede o intelecto humano!
Ave, insondável abismo aos olhares dos anjos!
Ave, porque és o trono do Rei soberano!
Ave, porque tu governas quem tudo governa!
Ave, ó estrela que o sol anuncias!
Ave, em teu seio é que Deus se fez carne!
Ave, por quem a criação se renova!
Ave, o Criador fez-se em ti criancinha!
Ave, Virgem e Esposa!




ANTÍFONA I
Sabendo Maria de ser a Deus consagrada,
assim a Gabriel dizia:
«A tua mensagem é misteriosa aos meus ouvidos
e incompreensível ressoa à minha alma.
De uma Virgem um parto tu anuncias», exclamando:
Aleluia! (3 vezes)
«Maria e o Anúncio do Anjo»
Desejava a Virgem entender o mistério,
e ao divino mensageiro pergunta:
«Poderá uma virgem dar à luz um menino?
– Dize-me!». Com reverência,
o Anjo respondia, cantando assim:
Ave, mistério, vontade inefável!
Ave, ó fé maturada em silêncio!
Ave, prelúdio dos faustos de Cristo!
Ave, sumário do santo Evangelho!
Ave, ó escada sublime por quem Deus nos veio!
Ave, ó ponte que os hímens ao céu encaminha!
Ave, dos Anjos tu és maravilha gloriosa!
Ave, do inferno derrota total contundente!
Ave, que a Luz por mistério geraste!
Ave, que o «modo» a ninguém ensinaste!
Ave, transcendes a ciência dos sábios!
Ave, iluminas a todos os crentes!
Ave, Virgem e esposa!








ANTÍFONA II:
A virtude do Altíssimo
a cobriu com sua sombra
e tornou Mãe a Virgem sem núpcias:
o seio por Deus fecundado
tornou-se campo abundante
para todos aqueles que buscam a salvação
e assim aclamam:
Aleluia! (3 vezes)


«Visita de Maria a sua prima Santa Isabel»
Tendo em seu seio o Senhor,
solícita Maria
visitava sua prima Isabel.
O menino no ventre materno,
ouvindo a saudação, exultou,
e, saltando de alegria,
à Mãe de Deus aclamava:
Ave, ó ramo de planta incorrupta!
Ave, do fruto imortal, colheita!
Ave, cultora do Mestre dos homens!
Ave, ó Mãe de quem deu-nos a vida!
Ave, ó campo veraz que produz muitos frutos!
Ave, ó mesa bem farta de perdões abundantes!
Ave, tu fazes florir as planícies celestes!
Ave, a nós todos preparas um porto seguro!
Ave, ó incenso das preces aceitas!
Ave, purificação do universo!
Ave, bondade de Deus pelos homens!
Ave, ante Deus, dos mortais és audácia!
Ave, Virgem e esposa!



ANTÍFONA III
Com o coração tumultuando
e cheio de dúvidas,
o prudente José se debatia.
Sabe que és Virgem intacta
e suspeita secretos esponsais.
Conhecendo-te Mãe
pela ação do Espírito Santo, exclama:
Aleluia! (3 vezes)




II Estação: «O Anúncio Alegre aos Pastores»


Os pastores ouviram os coros dos anjos
que cantavam ao Senhor feito homem.
Correndo, vão ver o Pastor.
Contemplam o Cordeiro inocente
alimentando-se do seio materno
e à Virgem entoam um canto:
Ave, ó mãe do Pastor e Cordeiro,
Ave, és aprisco da Mística Ovelha,
Ave, preservas do oculto inimigo,
Ave, ó chave das portas celestes.
Ave, por ti congratula-se o céu com a terra,
Ave, por ti, terra e céu, em uníssono cantam,
Ave, do apóstolo, boca jamais silenciosa,
Ave, invencível coragem dos mártires todos.
Ave, da fé inabalável baluarte,
Ave, da graça, fulgente estandarte,
Ave, por ti foi o inferno espoliado,
Ave, nos tens revestido de glória.
Ave, Virgem e esposa!

ANTIFONA IV



Observando a estrela
que a Deus os guiava,
os magos seguiram seu fulgor.
Era lâmpada segura em seu caminho,
que os conduziu ao Rei poderoso.
Chegados ao Deus inatingível,
o aclamam felizes:
Aleluia! (3 vezes)







«A Adoração dos Magos»


Contemplaram os magos, no colo materno,
Aquele que plasmou o homem em suas mãos.
Compreenderam ser ele o seu Senhor,
escondido sob o aspecto de servo.
Solícitos, oferecem-lhe seus dons
e à Mãe aclamam:
Ave, que a estrela perene geraste!
Ave, és aurora do místico dia!
Ave, que a forja do engano extinguistes!
Ave, o mistério de Deus iluminas!
Ave, o tirano inimigo dos homens destronas!
Ave, que o Cristo, mostraste Senhor nosso amigo!
Ave, resgatas do culto selvagem aos deuses!
Ave, teus filhos libertas do ataque do mal!
Ave, que o culto do fogo extinguistes!
Ave, que aplacas o fogo dos vícios!
Ave, que educas o crente a ser casto!
Ave, alegria de todos os povos!
Ave, Virgem e esposa!


ANTÍFONA V


Mensageiros de Deus
tornaram-se os magos
de volta para suas terras.
Cumpriu-se o antigo oráculo
quando a todos falavam de Cristo,
sem pensar no estulto Herodes,
incapaz de cantar:
Aleluia! (3 vezes)



«Fuga para o Egito»


Egito tu iluminas
com o resplendor da verdade,
afugentando as trevas do erro.
À tua passagem os ídolos caíam
não podendo te suportar, Senhor.
E os homens, libertados do engano,
à Virgem aclamam:
Ave, reergues o gênero humano!
Ave, ruína total dos demônios!
Ave, esmagaste a potência enganosa!
Ave, que o logro dos ídolos mostras!
Ave, ó mar que afogou o faraó demoníaco!
Ave, rochedo a saciar os sedentos de vida!
Ave, coluna de fogo a guiar os errantes!
Ave, és abrigo do mundo, mais amplo que as nuvens!
Ave, o maná verdadeiro nos deste!
Ave, nos serves delícias sagradas!
Ave, ó terra por Deus prometida!
Ave, ó fonte do mel e do leite!
Ave, Virgem e esposa!



Simeão, o velho,
já no fim dos seus dias,
estava para deixar a sombra deste mundo.
A ele foste apresentado como Menino,
mas, vendo-te qual Deus poderoso,
admirou o arcano desígnio e exclamava:
Aleluia! (3 vezes)


III Estação: «A Virgindade Fecunda de Maria»
Renovou o Excelso
as leis deste mundo
quando veio habitar entre nós.
Germinado no seio de uma Virgem,
conserva-o intacto como sempre o fora.
Nós, admirados por este prodígio,
à Virgem santa cantamos:
Ave, ó flor da total virgindade!
Ave, protótipo da castidade!
Ave, da ressurreição, claro emblema!
Ave, que a vida dos Anjos revelas!
Ave, frutífera planta, alimento do crentes!
Ave, ó árvore umbrosa que abrigas a muitos!
Ave, teu seio carrega o mentor dos errantes!
Ave, que à luz deste o libertador dos cativos!
Ave, que o justo Juiz nos abrandas!
Ave, perdão do relapso e contrito!
Ave, coragem dos desesperados!
Ave, és amor que preenche os desejos!
Ave, Virgem e esposa!


ANTÍFONA VII


Contemplando o parto milagroso,
e afastados do mundo,
dirigimos a mente para o céu.
O Altíssimo apareceu entre nós
no humilde aspecto humano de um pobre
e eleva ao mais alto da glória
aqueles que cantam:
Aleluia! (3 vezes)






«A Maternidade Divina de Maria para a nossa Salvação»


A Palavra de Deus infinito
habitava na terra
e enchia os céus.
Sua descida amorosa até o homem
não fez mudar sua suprema morada.
Era o divino parto da Virgem
que ele ouvia cantar:
Ave, morada do Deus infinito!
Ave, ó porta do augusto mistério!
Ave, mensagem que inquieta os descrentes!
Ave, ufania e segurança dos crentes!
Ave, veículo santo do Altíssimo Filho!
Ave, mansão gloriosa do Verbo encarnado!
Ave, da virgem e mãe as grandezas reúnes!
Ave, os contrários a um fim tão igual consorcias!
Ave, o pecado de Adão dissolveste!
Ave, por ti foi o céu reaberto!
Ave, ó chave do reino de Cristo!
Ave, esperança dos bens sempiternos!
Ave, Virgem e esposa!


ANTÍFONA VIII



Toda a multidão dos anjos,
admirada, contempla
o mistério de Deus encarnado.
Ao senhor inacessível,
feito homem, admira-o, acessível,
caminhar pelas sendas humanas,
ouvindo cantar:
Aleluia! (3 vezes)






«O Mistério do Parto Virginal de Maria»



Os eloqüentes oradores,
como peixes emudecem
diante de ti, santa Mãe do Verbo.
Não compreendem como foi possível
permanecer Virgem depois de ser Mãe.
Nós, teus devotos, o prodígio admiramos
e com fé proclamamos:
Ave, sacrário da ciência divina
Ave, tesouro da fiel providência
Ave, os sapientes afirmas ignaros
Ave, os loquazes revelas vazios.
Ave, convences de inane a astuciosa palavra
Ave, que tornas sem nexo os criadores dos mitos
Ave, os astutos sofismas dos gregos desfazes
Ave, replenas as redes dos bons pescadores.
Ave, nos livras da imensa ignorância
Ave, iluminas inúmeras mentes
Ave, batel dos que querem salvar-se
Ave, ó porto dos nautas da vida.
Ave, Virgem e esposa!

ANTÍFONA IX



Para salvar o mundo,
o Criador de todas as coisas
quis vir a ele.
Sendo Deus, tornou-se nosso Pastor
e apareceu entre nós como Cordeiro.
Sendo homem, atrai a si os homens
e como Deus ouve cantar:
Aleluia! (3 vezes)



IV Estação: «Maria: Modelo de Pureza e Santidade»


Ó Virgem, Mãe de Cristo,
vindo morar em teu seio,
o divino Criador te fez
o baluarte das virgens
e de quantos a ti recorrem.
Ele nos convida a cantar
em tua honra, ó Ilibada:
Ave, pilar da integral virgindade!
Ave, ó porta de quem quer salvar-se!
Ave, ó mestra das coisas sagradas!
Ave, doadora da Graça Divina!
Ave, dá a vida nova aos nascidos na culpa!
Ave, instrutora das mentes que estavam dispersas!
Ave, tu expulsas aqueles que a mente corrompe!
Ave, ó Mãe de Jesus, semeador de almas castas.
Ave, ó tálamo em núpcias virgíneas
Ave, que os crentes com Deus concilias
Ave, ideal pedagoga das virgens
Ave, que os santos recobres de bênçãos.
Ave, Virgem e esposa!


ANTÍFONA X

É sempre inferior o canto
que presuma engrandecer
as tuas inúmeras virtudes.
Tantos como é a areia da praia
podem ser os nossos hinos, ó Rei Santo,
porém, nunca alcançariam as graças
que destes a quem canta:
Aleluia! (3 vezes)



«Maria, Mãe de Quem Nasce a Igreja»




Como tocha luminosa
a iluminar os que jazem nas trevas,
resplandece a Virgem Maria.
Foi ela que acendeu a Luz eterna.
Seu fulgor ilumina as mentes
e é guia à sabedoria divina,
inspirando este canto:
Ave, do místico sol o lampejo!
Ave, ó astro da flama perene!
Ave, ó clarão que iluminas as almas!
Ave, trovão a assustar o inimigo.
Ave, tu fazes luzir esplendor fulgurante!
Ave, transbordas o rio com mil afluentes!
Ave, figura das águas do santo batismo!
Ave, tu lavas as manchas de nossos pecados.
Ave, lavacro que iliba a consciência!
Ave, ó taça que infunde alegria!
Ave, o perfume de Cristo recendes!
Ave, ó vida do sacro banquete.
Ave, Virgem e esposa!


ANTÍFONA XI


Querendo nos perdoar o primeiro pecado,
Aquele que paga as dívidas de todos
busca asilo no meio dos seus trânsfugas,
exilando-se livremente do céu.
Rasgando o antigo rescrito,
ouve cantar:
Aleluia! (3 vezes)








«Maria, Protetora e Auxílio de Todos os Cristãos»


Glorificando o teu parto,
todo o universo te louva
qual tabernáculo vivente, ó Senhora.
Colocando sua morada no teu seio
Aquele que segura tudo em sua mão,
o Senhor, te fez santa e gloriosa,
e nos convida a te louvar:
Ave, ó casa de Deus e do Verbo!
Ave, ó santa mais santa que os santos!
Ave, no espírito, arca dourada!
Ave, infinito tesouro de vida.
Ave, precioso diadema dos reis piedosos!
Ave, louvor glorioso dos pios sacerdotes!
Ave, ó torre inconcussa da Igreja de Cristo!
Ave, tu és baluarte invencível do império.
Ave, troféus por ti conquistados!
Ave, por ti o inimigo é vencido!
Ave, remédio do corpo doente!
Ave, tu és a salvação de minha alma!
Ave, Virgem e esposa!





ANTÍFONA XII


Digna de todo louvor,
Santa Mãe do Verbo,
Santíssimo entre todos os Santos,
recebe, nesse canto, a nossa oferta.
Salva o mundo de todo perigo;
de todos os males e dos castigos futuros
1ivra-nos, a nós que cantamos:
Aleluia! (3 vezes)


E repete-se novamente o tropário:


TROPÁRIO


A ti Maria, como ao general invencível,
meus cantos de vitória.
A ti, que me livraste de meus males,
ofereço meus cantos de reconhecimento.
Pois que tens uma força invencível,
livra-me de toda espécie de perigos,
a fim de que te aclame:
Aleluia! (3 vezes)