sábado, 6 de agosto de 2011

NOSSA SENHORA DAS NEVES - LENDA, APARIÇÃO, GRAÇAS ALCANÇADAS







Nossa Senhora das Neves é também conhecida como Santa Maria Maior.

O título de Nossa Senhora das Neves é devido a uma antiga lenda segundo a qual um casal romano, que pedia à Virgem Maria luzes para saber como empregar a sua fortuna, recebeu em sonhos a mensagem de que Santa Maria desejava que lhe fosse dedicado um templo precisamente no lugar do monte Esquilino que aparecesse coberto de neve.







Isto aconteceu na noite de 4 para 5 de agosto, em pleno verão: no dia seguinte, o terreno onde hoje se ergue a Basílica de Santa Maria Maior amanheceu inteiramente nevado.

 




 
Muita gente já ouviu falar na devoção de Nossa Senhora das Neves, inclusive o dia dedicado a ELA no calendário litúrgico de nossa Igreja Católica, é cinco de agosto.







No ano de 363 vivia em Roma um ilustre descendente de nobre família romana, o qual, não possuindo herdeiros, resolveu, em combinação com a esposa, consagrar sua imensa fortuna à glória de DEUS e em honra a Santíssima virgem MARIA.



Na noite de 4 para 5 de agosto estava pensando seriamente no assunto, quando a Rainha do Céu apareceu-lhe em sonhos e disse-lhe:







- "Edificar-me-eis uma basílica na colina de Roma que amanhã aparecerá coberta de neve".







Ora, nos dias 4 e 5 de agosto, é a época de maior calor na Itália. Mas no dia seguinte, devido a um estupendo milagre, o monte Esquilino estava coberto de neve.









A população da cidade acudiu ao lugar do prodígio e até mesmo o Papa Libério que recebeu a mesma revelação também em sonho, acompanhado de todo o clero, para lá se dirigiu.

 

 

Logo depois de iniciada a construção, a basílica foi denominada de Nossa Senhora das Neves, devido ao fenômeno climático.







Este templo, no entanto, é conhecido universalmente pelo nome de Santa Maria Maior (Basilica di Santa Maria Maggiore) por ser a mais importante entre todas as Igrejas de Roma dedicadas à Virgem Santíssima.





A Basílica de Santa Maria Maggiore foi construída no séc. IV pelo Papa Libério, inspirado por um sinal da Virgem, que fez nevar neste local em pleno verão de Roma.






É a primeira Igreja dedicada a Virgem Maria no Ocidente, e uma das mais belas e adornadas de toda a cidade.

 Abriga entre outras coisas um relicário com um pedaço da manjedoura do menino Jesus.











Relicário com a manjedoura do Menino Jesus abaixo do altar central.









A exuberância desta basílica é representada pela mais pura perfeição artística e se torna num dos mais convidativos locais para recolhimento e oração.

A basílica de Santa Maria Maior é uma das basílicas papais, que possuem trono e altar papais, além de uma porta santa para o jubileu romano.
A cada 5 de agosto uma celebração solene lembra o milagre das neves, com uma chuva de pétalas de rosas brancas.



 



Ao iniciar o seu pontificado, o Papa João Paulo II pediu que deixassem para todo o sempre, uma lamparina de óleo acesa diante do ícone da Santa Maria Maior







A mensagem: Quando há fé e sinceridade em Seus filhos, DEUS acolhe., manifesta-se e com seu amor e poder assume o propósito e o conduz a bom termo.



Oração de Nossa Senhora das Neves



Ó Maria Santíssima, Mãe de Deus e Mãe nossa, por aquela sublime lição que nos destes, conservando vossa Alma mais cândida que a mais pura neve, desde o feliz momento de vossa Conceição Imaculada, desejando levantar em nossos corações um templo místico consagrado ao vosso culto, pedimo-vos, todos, o grande Virgem, a graça sublime de bem cuidar de nossa perfeição interior e principalmente de conservar ilibada a santa virtude da pureza.





Ó Excelsa Virgem das Neves, protegei o Brasil, que vosso foi desde o dia abençoado do seu descobrimento, na colonização, no império e na república e vosso será em todos os tempos, porque assim o desejam vossos filhos, cujo mais aureolado brasão é viver à sombra augusta da Cruz, sob o vosso maternal patrocínio. Assim seja.



Abençoe-nos o Deus todo poderoso, Pai, Filho e Espírito Santo.

T. Amém
 
 
 
ALGUMAS GRAÇAS ALCANÇADAS:

 
Milagre que fez Nossa Senhora das Neves, a favor de Maria Inês, moradora no montinho da Horta das Castelheiras, freguesia das Neves, que estando doente às portas da morte e, abandonada dos recursos da medicina, seu marido, Francisco Marques Latas e cunhada Mariana do sacramento desprezando então as ilusões terrestres, levantaram fervorosa suplica à virgem, mandando fazer este quadro em acção de graças para a memória deste facto que teve lugar no dia 14 de Janeiro de 1881.





Milagre que fez Nossa Senhora das Neves a Maria José, filha de João Manuel da Paixão estando sua filha de parto e quase morta e pelas rogativas de seu pai, Nossa Senhora deu-lhe saúde e descanso.





DEVOÇÃO EM PORTUGAL
Nossa Senhora das Neves é uma freguesia portuguesa do concelho de Beja, com 53,03 km² de área e 1.895 habitantes


Até há bem poucos anos, era formada por um aglomerado de casas térreas caiadas de branco, cujos habitantes se dedicavam à agricultura. Hoje, a maioria da população trabalha fora da terra, sobretudo em Beja, para onde muitos se deslocam em carro próprio. Junto à estrada, o restaurante “O Polícia” também contribuiu para o desenvolvimento da aldeia, pelo elevado número de turistas que nele param para comer.



Nas Neves, hoje em dia, já existem pequenos comércios, uma drogaria, um supermercado, e vários cafés. Há ainda a escola primária e a igreja cuja história está intimamente ligada ao nome da povoação.


Toponímia

Segundo a lenda, os habitantes de um pequeno povoado, que existia naquele local, decidiram construir num sítio previamente por eles escolhido, uma capela em honra da Virgem Maria.




 Marcaram o espaço e lançaram-se ao trabalho. Só que, no dia seguinte todas as ferramentas tinham desaparecido e se encontravam reunidas numa colina próxima.

Julgando tratar-se de uma brincadeira de mau gosto, foram buscá-las e recomeçaram o trabalho.

 No outro dia e nos dias que se seguiram a cena repetiu-se sem que houvesse uma explicação lógica para tal.

A repetição deste insólito acontecimento, levou a população a pensar que a Virgem não aceitava o lugar escolhido para a capela.



Ainda na dúvida acerca do local a eleger, repararam que começara a nevar no cimo da colina, onde as ferramentas apareciam todos os dias.

O sol brilhava e não havia uma nuvem no céu mas o cimo da colina ficara todo coberto de uma espessa camada de neve.


Ergueram aí a capela em honra de Nossa Senhora das Neves e assim surgiu o nome da aldeia.



Ainda hoje se podem ver, na sacristia da igreja, vários quadros, representando milagres, atribuídos à Senhora das Neves, que são testemunhos da enorme devoção que o povo lhe consagra.


DEVOÇÃO Na Paraíba


As terras paraibanas foram conquistadas no dia 05 de agosto e os portugueses, em homenagem ao dia de Nossa Senhora das Neves, batizaram como cidade de Nossa Senhora das Neves, o primeiro nome da cidade de João Pessoa.






GRAÇA ALCANÇADA
Numa capela há um ex-voto que fala duma baqua que tinha morrido e que deve ter regressado à vida por intercessão de Nossa Senhora das Neves.


O beneficiado do milagre, o dono da vaca, chamava-se João Machado Ferreira e era da Quinta de Cavaleiros. Pelos vistos era administrador dessa quinta.


Uma neta de João Machado Ferreira foi baptizada como Maria das Neves, em honra de Nossa Senhora desta invocação.








































BASÍLICA DE SANTA MARIA MAIOR OU
DE NOSSA SENHORA DAS NEVES





INTERIOR DA BASÍLICA
















UM ÍCONE DE NOSSA SENHORA DAS NEVES


PAPA LIBÉRIO VENDO A NEVE MILAGROSA















Nenhum comentário:

Postar um comentário