terça-feira, 4 de janeiro de 2011

A INFÂNCIA DE JESUS NO EVANGELHO APÓCRIFO




OS EVANGELHOS APÓCRIFOS NÃO SÃO CONSIDERADOS SAGRADOS POR SEREM DE ORIGEM DUVIDOSA E  POR TEREM PASSAGENS QUE SE DISTANCIAM DA FÉ E DA TRADIÇÃO CRISTÃ.

 CHEGAM A SER FANTASIOSOS, COMO O FATO DO MENINO PARECER ORGULHOSO E CHATO EM ALGUNS TEXTOS.

RETIREI, AQUI, ALGUMAS PASSAGENS INTERESSANTES QUE SÃO EDIFICANTES E EM NADA AGRIDEM A FÉ NO CRISTO DEUS, VERDADE, VIDA E CAMINHO E A FÉ NA SANTA IGREJA.

SE LEREM, VERÃO COMO JESUS, NESSES EVANGELHOS, SE DISTANCIA, EM DADOS MOMENTOS, DO JESUS DOS EVANGELHOS SAGRADOS.

LEMBREM QUE NA NOSSA FÉ A BÍBLIA CRISTàNÃO VEIO ANTES DA TRADIÇÃO.

 E QUE SEM A TRADIÇÃO DOS APÓSTOLOS DADA AOS SANTOS PADRES, NÃO É POSSÍVEL ENTENDER A BÍBLIA EM SUA MAGNITUDE.

 E FOI ESSA MESMA TRADIÇÃO QUEM GUIOU A IGREJA CATÓLICA  NA ESCOLHA DOS EVANGELHOS QUE DEVERIAM SER CONSIDERADOS SAGRADOS OU NÃO ( OS APÓCRIFOS).



A INFÂNCIA DE CRISTO SEGUNDO TOMÉ











JESUS FAZ PASSARINHOS DE BARRO


Esse Menino Jesus, que na época tinha cinco anos, encontrava-se um dia brincando no leito de um riacho, depois de haver chovido.

Represando o correnteza em pequenas poças, tornava-as instantaneamente cristalinas, dominando-as somente com sua a palavra.

Fez depois uma massa mole com barro e com ela formou uma dúzia de passarinhos. Era um Sabbath e havia outros meninos brincando com ele.
 
Um certo homem judeu, vendo o que Jesus acabara de fazer num dia de festa, foi correndo até seu pai, José, e contou-lhe tudo:
 
 — Olha, teu filho está no riacho e juntando um pouco de barro fez uma dúzia de passarinhos, profanando com isso o dia do Sabbath.








José foi ter ao local e, ao vê-lo, ralhou com ele dizendo:

— Por que fazes no Sabbath o que não é permitido?

Jesus, batendo palmas, dirigiu-se às figurinhas, ordenando-lhes:



— Voai! Os passarinhos foram todos embora, gorjeando. Os judeus, ao verem isso, encheram-se de admiração e foram contar aos seus superiores o que haviam visto Jesus fazer.



JESUS TRAZ ÁGUA NO MANTO PARA A MÃE





Quando tinha seis anos, sua mãe deu-lhe certa vez um cântaro para que fosse enchê-lo de água e o trouxesse para casa.

No caminho, Jesus tropeçou nas pessoas e a vasilha quebrou-se.

Ele, então, estendeu o manto com o qual se cobria, encheu-o de água e levou-o a sua mãe.

Esta, ao ver tal maravilha, pôs- se a beijar Jesus e foi guardando em seu íntimo todos os mistérios que o via realizar.






10 comentários:

  1. NADA A VER. ESSE NÃO É O NOSSO JESUS, O CRISTO DE DEUS. JESUS NUNCA FOI EXIBICIONISTA, E SIM, MANSO E HUMILDE DE CORAÇÃO.

    ResponderExcluir
  2. CONCORDO COM O COMENTÁRIO DO SENHOR ANÔNIMO.

    NO ENTANTO, LEMBRO QUE É EXATAMENTE POR ISSO QUE ESSES EVANGELHOS NÃO SÃO CONSEIDERADOS INSPIRADOS.

    A IGREJA APENAS ACEITA SUA LEITURA EM ALGUMAS PARTES COMO EDIFICANTE, MAS EM MUITAS OUTRAS PARTES OS EVANGELHOS APÓCRIFOS SE DISTANCIAM DA VERDADEIRA FÉ EM JESUS, COMO O VEMOS NOS QUATRO EVANGELHOS INSPIRADOS E CANÔNICAMENTE ACEITOS.

    ResponderExcluir
  3. Esse e nosso senhor tão humano quanto quauquer um de nos.Em nada isto diminui o respeito por jesus.Se era uma criança não teria o direito de brincar?

    ResponderExcluir
  4. Jesus apócrifo é o verdadeiro Jesus Cristo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na sua opinião. Mas historicamente não é possível fazer uma divisão desse tipo: Jesus apócrifo ou Jesus canônico. Todos os Evangelhos foram escritos muitos anos depois, mais de 40 a 50 anos depois da morte de Cristo, logo tudo o que sabemos é a tradição oral dos cristãos que foi escrita após esses longos anos. Crê nos evangelhos quem crê na Igreja. A Igreja quem escolheu os evangelhos canônicos e que existe muito antes de qualquer um deles ser escrito. Eu creio na Igreja Catíolica.

      Excluir
  5. acredito, creio, sigo ao Deus vivo. mas creio também intimamente que Jesus cristo foi uma criança dotada de poder e que com o passar do tempo Ele foi se moldando na terra pois afinal Ele se fés carne e viveu como eu e você e um dos maiores ensinamentos para a qualquer época e viver conforme a civilização e o maior exemplo de Cristo foi ter uma infância como qualquer outra criança .sem maldade ou astúcia mas na serenidade que uma criança tem, e afinal de contas a bíblia foi traduzida por quem? será que toda história esta posta de forma original é questão de acreditar e não julgar mas sim esperar até a volta do Eterno pois tem coisas que aos homens são ocultas.

    ResponderExcluir
  6. Sou , testemunha de Jeová , e no q diz há respeito , da tradução do original , para o q é atual ,, se existe algum conflito de logica , eu culpo a maldita igreja católica ,, pois ela sempre foi , e sempre será ícone de miséria sobre a face da terra , mãe de uma Legião de filhos do diabo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo testemunha de Jeová,
      Não sei que conflito de tradução é esse do qual você fala.
      Lembre-se que a Igreja Católica é a única igreja que vem desde o início.
      Ela quem selecionou os livros do Novo e do Antigo testamento, pois quando os judeus vieram a fazer a lista dos livros da Bíblia a Igreja já era uma religião distinta da dos judeus. A Igreja recebeu de Cristo todo o poder para ligar e desligar, ela é a coluna e sustentáculo da verdade, como a própria Bíblia diz (I Timóteo 3,15).
      Foram os monges da Igreja Católica que durante mais de mil anos mantiveram a sagrada escritura intacta, reproduzindo-a numa época que não havia imprensa.
      Logo, você usa um livro sagrado feito por católicos para católicos.

      E dizer que a Igreja Católica é ícone de miséria é pura ignorância.
      Foi a Igreja Católica quem converteu e civilizou os povos bárbaros na Europa. A Igreja Católica foi o único apoio que o povo europeu teve com o fim do império romano e a invasão dos bárbaros. Ela os civilizou, e com sua cultura e fé conseguiu unificar a Europa trazendo um período de paz por muitos séculos. O próprio povo lutava contra os hereges, ciente de que a coisa melhor que aconteceu com eles foi a paz trazida pela fé numa única igreja.
      A Igreja, na europa medieval, foi tudo para o povo: escola, abrigo, hospital, refúgio, juiz, ordem, segurança,etc.
      A Igreja, como prova a história, é mãe de uma legião de santos:
      São Bento que fundou mosteiros e trouxe a paz, evangelização, cultura e ordem a muitos povos.
      São Francisco e Santa Clara de Assis, que com sua vida de pobreza, mudou o mundo medieval e a igreja;
      Santa Teresa D'ávila e São João da Cruz, famosos na literatura espanhola por seus poemas, trouxeram pureza, humildade, pobreza e verdade, fundando mosteiros.
      São João de Deus que fundou uma ordem para cuidar de doentes.
      São Vicente de Paula que cuidava dos pobres.
      Santa Francisca Romana que foi como uma mãe, ajudando todos em Roma.
      Milhares de santos padres e bispos morreram cuidando dos doentes na época da peste na europa, como São Luíz Gonzaga.
      Sem falar nos reis e rainhas santos que viviam simples, fazendo caridade e se dedicando à oração como Santa Isabel da Hungria, Santa Margarida da escócia, Santa Edwirges, São Luís de França, etc
      E sem falar nos nossos santos atuais como Madre Teresa de Calcutá, Irmã Dulce da Bahia, Zilda Arns, Dom Helder, e tantos outros que morrem se dedicando aos pobres e pregando o evangelho.
      A lista dos santos é imensa, como você deve saber.

      Você segue um tal Charles Taze Russell, que fundou sua religião das testemunhas em 1870, mais de 1800 anos após Jesus ter deixado sua igreja na terra. Ou seja, após tanto tempo como você sabe alguma verdade?
      A Bíblia foi feita e mantida pela Igreja Católica por pelo o menos 1500 anos. Você acha que a Bíblia caiu do céu, prontinha? Foi a Igreja Católica quem a organizou, pois é a única que existe desde os Apóstolos, logo, ela tem a autoridade e a primazia.
      Você segue as ideias de um homem qualquer que viveu lá pelo ano de 1800 e vem dizer que a Igreja que vem desde o princípio é que é a errada? Depois de 1800 anos você sabe algo?
      Estude.

      Excluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você souber dar sua opinião sem ofender, ela será publicada. Ofensas são típicas de quem não tem argumento.

      1- Você diz que a Igreja Católica que está hoje não é a mesma que formou o cânon.
      Essa afirmação é para rir?
      Os Bispos "católicos" dos anos 100,200,300, morreram, mas pertenciam a uma Igreja: a Igreja Católica.

      Acho hilária a ideia que muitos de vocês têm de igreja virtual.

      Tudo tem História. A História da Igreja passa por uma, apenas uma: a Católica, seja ela Ortodoxa ou Romana, mas a doutrina essencial delas é uma só: Missa, Sacramentos, Santos, Tradição Apostólica,etc.

      Tudo o que o Protestantismo "evangélico" não tem, porque não tem história, não antes de 1500 depois da única Igreja fundada por Cristo (a Católica).

      Excluir