quarta-feira, 13 de novembro de 2013

II Macabeus 15, 38-39 o escritor pede desculpas pelos erros? Como pode ser um livro inspirado? CATOLICO RESPONDE




Os protestantes usam o trecho de II Macabeus 15,38 para justificar que os livros dos Macabeus não são livros inspirados.

Vejamos  II Macabeus 15,38:

" se ela está imperfeita e medíocre, é que não pude fazer melhor. "

O mesmo encontramos em I Corintos 13, 9-10: "A nossa ciência é parcial, a nossa profecia é imperfeita. Quando chegar o que é perfeito, o imperfeito desaparecerá."

São Paulo claramente explica que o perfeito “Só Deus” tudo o que possa pela imperfeição humana pode conter defeitos, assim como os  livros bíblicos, as profecias ou até  as leis.

O livro dos Macabeus  é mencionado por  São Paulo ao falar dos martirizados pela  fé na  ressurreição.  Trecho bíblico que encontramos apenas no II livro dos Macabeus (7,1ss).


Vejamos a passagem de São Paulo ao mencionar o treho de II Macabeus:




"35. Devolveram vivos às suas mães os filhos mortos. Alguns foram torturados, por recusarem ser libertados,((( movidos pela esperança de uma ressurreição mais gloriosa. )))))"
Hebreus 11


Essa citação sozinha prova que os 7 livros da Bíblia Católica são inspirados. 

Lembrando que foi a Igreja  Católica quem definiiu o Novo testamento e porque não teria autoridade para definir o Antigo, quando não havia lista oficial dele?.  




O autor da Carta aos Hebreus faz uma citação exata do livros de Macabeus, pessoas que foram torturadas e mortas na esperança de uma ressurreição gloriosa.

 Essa história consta no livros dos Macabeus:

"1. Havia também sete irmãos que foram um dia presos com sua mãe, e que o rei por meio de golpes de azorrage e de nervos de boi, quis coagir a comerem a proibida carne de porco.
9. Prestes a dar o último suspiro, disse ele: Maldito, tu nos arrebatas a vida presente, mas o Rei do universo nos ressuscitará para a vida eterna, se morrermos por fidelidade às suas leis.
41. Seguindo as pegadas de todos os seus filhos, a mãe pereceu por último."
2 Macabeus 7

Claro que o autor de Hebreus usou um livro mentiroso para citar em sua obra do Novo Testamento.




5 comentários:

  1. Se realmente existisse o Purgatório, em vão Cristo teria se sacrificado por nós, morrido a nossa morte, morte de cruz.Por que o Rei viria a esse fim de mundo viver como um pobre, sentir sede, fome, dor quando foi escarnecido e sofrer humilhações daqueles que Ele havia ajudado. Pra que tudo isso??? Não teria sido mais fácil poupar a vida e o sofrimento de Cristo e entregar as pessoas que morressem ao Purgatório??? Elas passariam lá uns trezentos milhões de anos mas que no final seus pecados teriam sido purgados e Jesus poupado. Pense numa doutrina sem lógica!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou lhe explicar para você não passar vergonha mostrando ignorância da Doutrina Cristã Católica.

      1- Purgatório e lugar dos salvos.Todos devemos receber na outra vida a paga do bem ou do mal que fizemos enquanto estávamos no corpo (2 Coríntios 5,10) . Logo, deve haver uma punição para os pecados leves ( Lucas 12, 45-48) , os que não são para a morte eterna (I João 5,16).

      Por exemplo, um pessoa, que se crê salva, briga com sua família e não tem tempo de fazer as pazes e morre num acidente de carro. Poderá entrar no céu com a alma confusa, cheia de arrependimento, dor por não ter feito as pazes, etc.? Essa alma precisará de um período de purificação, o que chamamos de Purgatório, descrito por São Paulo como um fogo purificador: " o tal será salvo, todavia como pelo fogo."1 Coríntios 3,13-15

      2- Cristo nos salvou da morte eterna no inferno, mas isso não quer dizer que estamos livre dos sofrimentos, doenças, e penas nesta vida, nem dos castigos devidos por nossos pecados (Num 20,12; 1 Sam 3, 14.17-18; 2Sam 12, 13-14; Jon 1,12 ; At 5, 3-5.9-10; Jó 2, 8 ).
      , seja neste ou no outro mundo(Mat 12,32).

      3 - A salvação é uma atitude individual. Cristo nos salvou, mas se você não fizer a vontade de Deus, amando o próximo, você irá para o inferno.

      4 - DOUTRINA SEM LÓGICA:
      1- basta levantar a mão e está salvo.
      2- todo evangélico está salvo, os outros não, então se acham no direito de julgar e condenar os outros.
      3- todo evangélico está salvo e, por isso, acham que não precisa fazer boas obras.
      4 - todo evangélico se julga salvo, aí peca bem muito, morre em pecado e vai para o céu?
      5- Não rezam pelos mortos, pois acham que Deus segue nosso tempo cronológico e só ouve as orações num determinado tempo.
      6- Qual o mal de rezar pelos mortos? Se é pecado onde está escrito isso na Bíblia?
      7- Onde na Bíblia diz que você sabe mais que a Igreja fundada por Cristo?


      Os primeiros cristãos já oravam pelos mortos como nos diz São Paulo:


      Doutra maneira, que farão os que se batizam pelos mortos, se absolutamente os mortos não ressuscitam? Por que se batizam eles então pelos mortos?
      1 Coríntios 15,29

      Excluir

    2. Todo pecado produz uma mancha, torna impuro o homem:

      Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem.
      Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, fornicação, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.
      São estas coisas que contaminam o homem; mas comer sem lavar as mãos, isso não contamina o homem.
      Mateus 15,18-20

      e se ele morre em pecado que não é para a morte eterna (pecados leves ou veniais (1 João 5,17), mesmo assim ele está impuro, pois não se arrependeu e fez penitência antes de morrer.

      Por isso devemos ter sempre sem mancha nossa consciência diante de Deus e dos homens (Atos 24,16), pois não sabemos nem o dia, nem a hora da nossa morte e o senhor virá num dia em que não se espera e numa hora que não se sabe( Mateus 24,50; Lucas 12,46)

      Devemos vigiar e orar pois entraremos direto no céu "contanto que sejamos achados vestidos e nao despidos" II Cor 5,3; Heb 5,9, já que sem a santidade ninguem verá o Senhor Heb 12,14.
      Toda alma que tem pecados leves está impura até pagar por esses pecados, mas se morrer sem pagar por seus pecados, não poderá entrar no céu (Apocalipse 21,27).

      Sendo uma alma boa e santa não irá para o inferno, mas por naõ ter se purificado de seus pecados leves também não poderá entrar diretamente no céu (Filipenses 1,23), pois nada de impuro entra no céu (Apocalipse 21,27).

      Essa alma está salva, mas deve passar pelo fogo da purificação (I Cor 3,15), o Purgatório, para poder adentrar no céu e ver a Deus face a face.

      Nossas orações podem libertá-las dos laços e consequências e pecado, por isso oramos para que elas sejam libertas da prisão do Purgatório, descrita por Jesus e os Apóstolos ( Mat 5,22.25-26; I Ped 3,18-19), e possam estar diante do trono de Deus.

      Excluir
    3. Amém,concordo plenamente com a tua explicação Wando

      Excluir
    4. Amém, concordo plenamente com a tua explicação Wando

      Excluir