segunda-feira, 8 de abril de 2013

USO E CULTO DE VENERAÇÃO DE IMAGENS NA BÍBLIA POR ORDEM DE DEUS































Êxodo (25, 18-22):
Farás dois querubins de ouro (IMAGENS); e os farás de ouro batido, nas duas extremidades da tampa, um de um lado e outro de outro,
19. fixando-os de modo a formar uma só peça com as extremidades da tampa.
20. Terão esses querubins (IMAGENS) suas asas estendidas para o alto, e protegerão com elas a tampa, sobre a qual terão a face inclinada.
21. Colocarás a tampa sobre a arca e porás dentro da arca o testemunho que eu te der.
22. Ali virei ter contigo, e é de cima da tampa, do meio dos querubins (IMAGENS) que estão sobre a arca da aliança, que te darei todas as minhas ordens para os israelitas.”






Êxodo 31,1-6:



1. O Senhor disse a Moisés:
2.“Eis que chamei por seu nome Beseleel, filho de Uri, filho de Hur, da tribo de Judá.
3. Eu o enchi do espírito divino (FABRICANTE DE IMAGENS) para lhe dar sabedoria, inteligência e habilidade para toda sorte de obras:
4. invenções, trabalho de ouro, de prata, de bronze,
5. gravuras em pedras de engastes, trabalho em madeira e para executar toda sorte de obras.
6. Associei-lhe Ooliab, filho de Aquisamec, da tribo de Dã. E dou a sabedoria ao coração de todos os homens inteligentes, a fim de que executem tudo o que te ordenei;




 







 Números (21, 7-9):

7. O povo veio a Moisés e disse-lhe: “Pecamos, murmurando contra o Senhor e contra ti. Roga ao Senhor que afaste de nós essas serpentes.” Moisés intercedeu pelo povo,
8. e o Senhor disse a Moisés: “Faze para ti uma serpente ardente (IMAGEM)  e mete-a sobre um poste. Todo o que for mordido, olhando para ela, será salvo.”
9. Moisés fez, pois, uma serpente de bronze, e fixou-a sobre um poste. Se alguém era mordido por uma serpente e olhava para a serpente de bronze (VENERAÇÃO DE IMAGEM), conservava a vida.












































1 Reis 6, 18. 23-35:

18. Dentro do edifício o cedro era esculpido de coloquíntidas e flores abertas (IMAGENS); tudo era de cedro; não se via a pedra.
(...)
Fez no santuário dois querubins de pau de oliveira (IMAGENS), que tinham dez côvados de altura.




24. Cada uma das asas dos querubins  (IMAGENS) tinha cinco côvados, o que fazia dez côvados da extremidade de uma asa à extremidade da outra.
25. O segundo querubim (IMAGEM)  tinha também dez côvados; os dois tinham a mesma forma e as mesmas dimensões.
26. Um e outro tinham dez côvados de altura.
27. Salomão pô-los no fundo do templo, no santuário. Tinham as asas estendidas, de sorte que uma asa do primeiro tocava uma das paredes e uma asa do segundo tocava a outra parede, enquanto as outras duas asas se encontravam no meio do santuário.
28. Revestiu também de ouro os querubins (IMAGENS DE OURO).
29. Mandou esculpir em relevo em todas as paredes da casa, ao redor, no santuário como no templo, querubins, palmas e flores abertas (IMAGENS).
30. Cobriu de ouro o pavimento do edifício, tanto o do santuário como o do templo.
31. Pôs à porta do santuário vigas de pau de oliveira; o seu enquadramento com as ombreiras ocupava a quinta parte da parede.
32. Nos dois batentes de pau de oliveira mandou esculpir querubins, palmas e flores desabrochadas (IMAGENS), e cobriu-as de ouro; cobriu de ouro tanto os querubins como as palmas.
33. Para a porta do templo fez vigas de pau de oliveira que ocupavam a quarta parte da parede,
34. bem como dois batentes de madeira de cipreste, sendo cada batente formado de duas folhas móveis.
35. Mandou esculpir nelas querubins, palmas e flores desabrochadas (IMAGENS), e cobriu tudo de ouro, ajustado às esculturas.







1 Reis (7, 18-36. 40-45.51):
Dispôs em círculo ao redor de cada uma das malhas duas fileiras de romãs (IMAGENS) , para ornar cada um dos capitéis que cobriam as colunas.




19. Os capitéis, que sobremontavam as colunas no pórtico, tinham a forma de lírios (IMAGENS), com quatro côvados de altura.
20. Os capitéis colocados sobre as duas colunas elevavam-se acima da parte mais grossa da coluna, além da rede; em volta dos dois capitéis, havia duzentas romãs dispostas em círculo.
21. Hirão levantou as colunas no pórtico do templo; a coluna direita, que chamou Jaquin, e a esquerda, que chamou Boaz.
22. Por cima das colunas pôs um trabalho em forma de lírio (IMAGENS). E assim foi acabada a obra das colunas.
23. Hirão fez também o mar de bronze, que tinha dez côvados de uma borda à outra, perfeitamente redondo, e com altura de cinco côvados; sua circunferência media-se com um fio de trinta côvados.
24. Por baixo de sua borda havia coloquíntidas em número de dez por côvado; elas rodeavam o mar, dispostas em duas ordens, formando com o mar uma só peça.
25. Este apoiava-se sobre doze bois, dos quais três olhavam para o norte, três para o ocidente, três para o sul e três para o oriente. O mar repousava sobre eles, e suas ancas estavam para o lado de dentro.
26. A espessura do mar era de um palmo; sua borda assemelhava-se à de um copo em forma de lírio (IMAGEM) ; sua capacidade era de dois mil batos.
27. Fez também duas bases de bronze, tendo cada uma quatro côvados de comprimento, quatro de largura e três de altura.
28. Eis como eram feitas essas bases: eram formadas de painéis e enquadradas de molduras.
29. Nos painéis enquadrados de molduras, havia leões (IMAGENS) , bois e querubins (IMAGENS) , assim como nas travessas igualmente. Por cima e por baixo dos leões e dos bois (IMAGENS) pendiam grinaldas em forma de festões.
30. Cada base tinha quatro rodas de bronze, com seus eixos de bronze, e nos quatro cantos havia suportes fundidos que sustinham a bacia, os quais estavam por baixo das grinaldas.
31. A abertura para a bacia era no interior dos suportes, e os ultrapassava de um côvado de altura; era cilíndrica e seu diâmetro era de um côvado e meio; e era também ornada de esculturas. Os painéis eram quadrados e não redondos.
32. Debaixo destes estavam as quatro rodas, cujos eixos eram fixados à base. Cada roda tinha um côvado e meio de altura,
33. e era feita como as de um carro. Eixos, cambas, raios e cubos, tudo era fundido.
34. Nos quatro ângulos de cada base encontravam-se quatro suportes que faziam parte da mesma base.
35. A parte superior da base era de forma circular, tendo meio côvado de altura; seus esteios formavam com os painéis uma só peça.
36. Nas placas dos seus esteios e dos painéis assim como no espaço livre entre estas, esculpiu querubins, leões, palmas e grinaldas circulares (IMAGENS) .
(...)
40. Hirão fez também caldeirões, pás e bacias. Hirão concluiu, pois, toda a obra que o rei Salomão lhe mandara fazer para o templo do Senhor:
41. duas colunas, dois capitéis esféricos para o alto das colunas, duas redes para cobrir os capitéis esféricos que estão sobre as colunas;
42. quatrocentas romãs (IMAGENS)  para as redes, duas fileiras de romãs para cada rede, para cobrir os dois capitéis esféricos que estão no alto das colunas;
43. dez pedestais e dez bacias sobre os pedestais;
44. o mar, único, com os doze bois (IMAGENS)  por baixo do mar;
45. os caldeirões, pás e bacias. Todos esses objetos que Hirão fez por ordem do rei Salomão para o templo do Senhor, eram de bronze polido.
(...)
51. Assim foram concluídos todos os trabalhos empreendidos pelo rei Salomão para o templo do Senhor. E Salomão mandou então que se trouxesse tudo o que Davi, seu pai, tinha consagrado: a prata, o ouro e os utensílios, e colocou-os nas reservas do templo do Senhor.









































1 Reis 8, 5-11




5. O rei Salomão e toda a assembléia de Israel reunida junto dele conservavam-se diante da arca. Sacrificavam tão grande quantidade de ovelhas e bois que não se podia contar.
6. Os sacerdotes levaram a arca da aliança do Senhor para seu lugar, no santuário do templo, no Santo dos Santos, debaixo das asas dos querubins (IMAGENS).
7. Pois os querubins (IMAGENS) estendiam as suas asas sobre o lugar da arca, e cobriam por cima a arca e os seus varais.
8. Estes varais eram de tal forma compridos, que se podiam ver as suas extremidades do lugar santo, diante do santuário, mas não de fora, e ali ficaram até o dia de hoje.
9. Na arca só havia as duas tábuas de pedra que Moisés ali depusera no monte Horeb, quando o Senhor fez aliança com os israelitas, depois que saíram da terra do Egito.
10. Quando os sacerdotes saíram do lugar santo, a nuvem encheu o templo do Senhor,
11. de modo tal que os sacerdotes não puderam ali ficar para exercer as funções de seu ministério; porque a glória do Senhor enchia o templo do Senhor.





 Números 7, 89
Quando Moisés entrava na tenda de reunião para falar com o Senhor, ouvia a voz que lhe falava de cima do propiciatório colocado sobre a arca do testemunho, entre os dois querubins (ORAÇÃO DIANTE DE IMAGENS). E falava com o Senhor.




Partiram da montanha do Senhor e caminharam três dias. Durante esses três dias de marcha, a arca da aliança do Senhor os precedia, para lhes escolher um lugar de repouso (PROCISSÃO E VENERAÇÃO) . (Números 10, 33)





Quando a arca se levantava, Moisés dizia: “Levantai-vos, Senhor, e sejam dispersos os vossos inimigos! Fujam de vossa face os que vos aborrecem!” (PROCISSÃO E VENERAÇÃO) (Números 10, 35)







Josué 3, 3-8



3. dando ao povo esta ordem: Quando virdes a arca da aliança do Senhor, vosso Deus, levada pelos sacerdotes, filhos de Levi, deixareis vosso acampamento e vos poreis em marcha, seguindo-a (PROCISSÃO DE IMAGENS - ARCA COM ANJOS).
4. Haja entre vós e ela uma distância de dois mil côvados aproximadamente. Guardai-vos de vos aproximar dela. Isso para que possais conhecer o caminho por onde deveis ir, porque nunca passastes por ele.
5. Josué disse ao povo: Santificai-vos, porque amanhã o Senhor operará no meio de vós coisas maravilhosas.
6. Depois falou aos sacerdotes: Tomai a arca da aliança e ide, adiante do povo. Eles tomaram a arca da aliança e caminharam à testa do povo.
7. O Senhor disse a Josué: Hoje começarei a exaltar-te diante de todo o Israel, para que saibam que, assim como estive com Moisés, assim estarei contigo.
8. Eis o que ordenarás aos sacerdotes que levam a arca da aliança: quando chegardes ao Jordão, deter-vos-eis junto às águas do rio.





Josué rasgou suas vestes e prostrou-se com a face por terra até a tarde diante da arca do Senhor (VENERAÇÃO), tanto ele como os anciãos de Israel, e cobriram de pó as suas cabeças. (Josué 7, 6)



Quando a arca do Senhor entrou no acampamento, todo o Israel rompeu num grande clamor, que fez tremer a terra (CULTO DE VENERAÇÃO). (I Samuel 4, 5)









e pôs-se a caminho com toda a sua gente, indo a Baalé de Judá, para trazer dali a arca de Deus, sobre a qual é invocado (ORAÇÃO DIANTE DE IMAGENS) o nome, o nome do Senhor dos exércitos, que se assenta sobre os querubins. (II Samuel 6, 2)













Foi anunciado ao rei que o Senhor abençoava a casa de Obed-Edom e todos os seus bens por causa da arca de Deus ( IMAGENS SAGRADAS). Foi então Davi e fê-la transportar da casa de Obed-Edom para a cidade de Davi, no meio de grandes regozijos. (II Samuel 6, 12)




O rei e todos os israelitas conduziram a arca do Senhor, soltando gritos de alegria e tocando a trombeta ( CULTO DE VENERAÇÃO). (II Samuel 6, 15)



Salomão despertou: foi um sonho. Voltando a Jerusalém, apresentou-se diante da arca da aliança do Senhor  (ORAÇÃO DIANTE DE IMAGENS) e ofereceu holocaustos e sacrifícios pacíficos; e deu um banquete a todos os seus servos. (I Reis 3, 15)



O rei Salomão e toda a assembléia de Israel reunida junto dele conservavam-se diante da arca (ORAÇÃO DIANTE DE IMAGENS). Sacrificavam tão grande quantidade de ovelhas e bois que não se podia contar. (I Reis 8, 5)



Os sacerdotes levaram a arca da aliança do Senhor para seu lugar, no santuário do templo, no Santo dos Santos, debaixo das asas dos querubins (IMAGENS). (I Reis 8, 6)

























 Ante vosso santo templo prostrar-me-ei (VENERAÇÃO AO TEMPLO), e louvarei o vosso nome, pela vossa bondade e fidelidade, porque acima de todas as coisas, exaltastes o vosso nome e a vossa promessa. Salmos 137 (138),2










1. Depois (este homem) me fez entrar no templo, cujas pilastras mediu; tinham seis côvados de largura de um lado, e seis côvados de largura do outro lado, largura da tenda.
O interior do templo, os vestíbulos do átrio, os limiares, as janelas gradeadas e as galerias em volta nos três lados diante dos limiares, eram forradas de madeira, do chão até as janelas, as quais estavam fechadas.
17. Acima da porta, no interior e no exterior do templo, e por toda a parede em redor, por dentro e por fora, tudo estava coberto de figuras (IMAGENS):
18. (IMAGENS) querubins e palmas, uma palma entre dois querubins. Os querubins tinham duas faces:
19. (IMAGENS) uma figura humana de um lado, voltada para a palmeira, e uma face de leão voltada para a palmeira, do outro lado, esculpidas em relevo em toda a volta do templo.
20. Desde o piso até acima da porta, havia representações (IMAGENS) de querubins e palmeiras, assim como na parede do templo.
21. A porta do templo era de ângulos retos. Diante do santuário, havia alguma coisa como um altar de madeira.
22. Sua altura era de três côvados, enquanto a largura era de dois côvados. Havia ângulos (protuberantes); sua base e suas paredes eram de madeira. Disse-me o homem: É aqui a mesa que está diante do Senhor.
23. O templo e o santo dos santos tinham cada um uma porta,
24. e cada porta era de dois batentes, que tinham duas bandeiras, duas bandeiras para cada batente.
25. Assim como nas paredes,(IMAGENS) querubins e palmeiras eram figurados nas portas do templo. Na fachada do vestíbulo no exterior, havia um anteparo de madeira.
26. Havia janelas gradeadas e palmeiras (IMAGENS) de uma e outra parte, nos lados do vestíbulo, nas câmaras laterais do templo, e nos anteparos.

 
 

Davi, com todo o Israel, subiu a Baala, em Cariatiarim de Judá, para trazer de lá a arca do Senhor Deus, do Senhor que tem seu trono sobre os querubins  (DEUS USA IMAGENS), diante da qual seu nome é invocado ( ORAÇÃO DIANTE DE IMAGENS). 
(I Crônicas 13, 6)




A arca de Deus ficou durante três meses com a família de Obededom, na sua casa; e o Senhor abençoou a família de Obededom com tudo o que lhe pertencia. (I Crônicas 13, 14)


Disse, então, Davi: A arca de Deus só pode ser carregada por levitas (VENERAÇÃO), pois são eles que o Senhor escolheu para carregá-la e para servi-la perpetuamente. (I Crônicas 15, 2)



Todo o Israel, ao fazer subir a arca da aliança do Senhor, soltava brados de júbilo, ressoando trombetas, trompas e címbalos, retinindo cítaras e harpas (CULTO DE VENERAÇÃO). (I Crônicas 15, 28)



Davi colocou, diante da arca do Senhor, levitas encarregados do serviço, que invocavam, celebravam e louvavam o Senhor, Deus de Israel (ORAÇÃO DIANTE DE IMAGENS). (I Crônicas 16, 4)



Os sacerdotes Banaias e Jaziel tocavam continuamente a trombeta diante da arca da aliança do Senhor (CULTO DE VENERAÇÃO). (I Crônicas 16, 6)



Davi deixou ali, diante da arca da aliança do Senhor, Asaf e seus irmãos para fazerem continuamente o serviço diante da arca (CULTO DE VENERAÇÃO), segundo o seu dever de cada dia; (I Crônicas 16, 37)


Aí estava o altar de ouro para os perfumes, e a Arca da Aliança coberta de ouro por todos os lados; dentro dela, a urna de ouro contendo o maná, a vara de Aarão que floresceu e as tábuas da aliança; em cima da arca, os querubins da glória (IMAGENS) estendendo a sombra de suas asas sobre o propiciatório. Mas não é aqui o lugar de falarmos destas coisas pormenorizadamente. (Hebreus 9, 4-)






O insensatos gálatas! Quem vos fascinou a vós, ante cujos olhos foi apresentada a (IMAGEM) imagem de Jesus Cristo crucificado? (Gálatas 3, 1)










 1 Samuel 6, 3-11
3. Se devolveis a arca do Deus de Israel, não a mandeis vazia, mas juntai a ela uma oferta expiatória. Se fordes curados, sabereis então por que sua mão não cessou de pesar sobre vós.
4. Que oferta expiatória, perguntaram eles, devemos fazer? Responderam: (IMAGENS) Cinco tumores de ouro e (IMAGENS) cinco ratos de ouro, conforme o número dos príncipes dos filisteus, porque foi essa a praga que vos feriu a vós e aos vossos príncipes.
5. Fazei, pois, (IMAGENS) figuras de vossos tumores e figuras de ratos que devastam a terra. Dai assim glória ao Deus de Israel; talvez retire ele a sua mão de cima de vós, de vosso deus e de vossa terra.
6. Por que endureceis os vossos corações como os egípcios e o faraó? Estes só deixaram partir os israelitas quando o Senhor mandou os seus castigos sobre eles.
7. Fazei um carro novo, escolhei duas vacas que aleitam, e que não tenham ainda levado o jugo, e metei-as no carro, depois de terdes preso os seus bezerros no curral.
8. Colocareis no carro a arca do Senhor, juntamente com um cofre, no qual poreis todos os objetos de ouro (IMAGENS) que ofereceis como expiação; depois deixai-a partir.
9. Segui-a com os olhos: se ela subir pelo caminho de sua terra, para as bandas de Bet-Sames, é o Senhor quem nos enviou esta praga; do contrário, conheceremos que não foi a sua mão que nos feriu, mas que tudo isto foi um simples acidente.
10. Assim o fizeram. Tomaram duas vacas que aleitavam e prenderam-nas a um carro, pondo os seus bezerros no curral.
11. Puseram no carro a arca do Senhor com o cofre que continha (IMAGENS) os ratos de ouro e as figuras dos tumores.




Juízes 18,31
 31. O ídolo de Micas (*) foi conservado entre eles durante todo o tempo que o santuário de Deus ficou em Silo.

(*) Todo ídolo deveria ser destruído,o conservaram como um simbolo de que Deus e maior que os ídolos, logo, as imagens podem ser usadas como simbolismo. Os ídolos (deuses falsos) e que são proibidos







"17. o modelo dos garfos, das bacias e copos de ouro puro; dos vasos de ouro com o peso de cada vaso, dos vasos de prata com o peso de cada vaso;
18. do altar dos perfumes, em ouro fino, com o peso; o modelo do carro, dos querubins de ouro que estendem suas asas para cobrir a arca da aliança do Senhor.
Tudo isso, disse Davi, todos os modelos destas obras, foi o Senhor quem me ensinou por um escrito de sua mão."

(2  Crônicas 28,17-19)

Sobre o uso das imagens dos Santos na Igreja primitiva, veja:

http://www.apologistascatolicos.com.br/index.php/patristica/controversias/623-pais-da-igreja-e-as-imagens-e-reliquias-sagradas




Um comentário:

  1. José Osivan Barbosa de Lima10 de abril de 2013 15:55

    Com certeza Deus mandou fazer imagens e se ele mandou nós também podemos fazer. A imagem geralmente nos lembra o santo que ela representa. Como por exemplo: Jesus, Nossa Senhora, São José, Santo Antônio, etc. E lembrando deles pensamos na vida santa e bonita que eles viveram.

    ResponderExcluir