quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

MARIA É ESPOSA DO ESPÍRITO SANTO - BÍBLIA











Maria concebeu Jesus por obra do Espírito Santo. Não houve conjunção carnal. Jesus é Filho do Pai e de Maria. Logo, Maria foi, de fato, Esposa de Deus :


E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.
Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai;
E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.
E disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não conheço homem algum?
E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus.
Lucas 1:31-35












Para os homens, São José era o Esposo de Maria. Mas Jesus não era Filho carnal de São José, mas somente de Maria pela ação do Espírito Santo:

E Jacó gerou a José, marido de Maria, da qual nasceu JESUS, que se chama o Cristo.
Mateus 1:16


O Evangelho afirma que antes de Maria e José morarem juntos (se ajuntarem), ela concebeu pelo Espírito Santo. Ou seja, o Esposo de fato de Maria foi o Espíto Santo:

Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Que estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo.
Mateus 1:18

E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo;
E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.
Mateus 1:20,21







Mas por que São José é Esposo de Maria?

Maria não poderia ser Mãe solteira, trabalhar, ser independente naquela época. São José foi escolhido por Deus para proteger seu Filho. Além do fato de Deus mostrar a santidade da vida familiar.

A prova de que Maria permaneceu Virgem é a pergunta que ela faz ao Anjo:

E disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não conheço homem algum?
Lucas 1:34

Ora, se Maria estava noiva de São José, o lógico seria que ela imaginasse que teria um Filho dele. Mas não é isso que acontece. Fica sem lógica essa pergunta. E só faz sentido para mostrar que apesar de prometida em casamento, Maria tinha em seu coração o desejo posto por Deus de permanecer Virgem.

Vejamos que o Evangelho afirma no início que ela estava desposada com José, mas mesmo assim ela desejava permanecer Virgem:

E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,
A uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria.
Lucas 1:26,27

E disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não conheço homem algum?
Lucas 1:34










MARIA PODE SER CHAMADA DE ESPOSA DO ESPÍRITO SANTO? É BÍBLICO ESSE TÍTULO?

Claro!
São João, no Apocalipse, compara a Igreja com a figura da Mãe de Jesus:


E viu-se um grande sinal no céu: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos seus pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça.
E estava grávida, e com dores de parto, e gritava com ânsias de dar à luz.
Apocalipse 12:1,2

E deu à luz um filho homem que há de reger todas as nações com vara de ferro; e o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono.

Apocalipse 12:5









 A Igreja é chamada de Esposa de Cristo. E todos somos Igreja, Esposa, quando fazemos a vontade de Cristo. Inclusive e especialmente Maria.

São Paulo diz que a Igreja é Esposa de Cristo. Igreja que somos nós:

Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo. Efésios 5:23












A Igreja é vista por São João como a Nova Jerusalém, a Esposa de Cristo, o Cordeiro:

E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido. Apocalipse 21:2


E veio a mim um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das últimas sete pragas, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a esposa, a mulher do Cordeiro.
E levou-me em espírito a um grande e alto monte, e mostrou-me a grande cidade, a santa Jerusalém, que de Deus descia do céu.
Apocalipse 21:9,10

Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou.
E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos.
Apocalipse 19:7,8











É a Igreja, a Esposa, que clama pela vinda do Senhor. E Maria, que é Igreja, como todos os fiéis (Apocalipse 6,9-11), também clama:

E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida. Apocalipse 22:17








A Virgem Maria é o símbolo perfeito da Igreja, mostrada em Apocalipse 12. 

Mas também vemos uma alusão a Maria em Apocalipse 21. Maria foi o tabernáculo de Deus com os homens, quando grávida, carregava em seu seio o próprio Filho de Deus, que é Deus, um com o Pai e o Espírito Santo:

E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.
E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.
Apocalipse 21:2,3




















Maria é Filha do Pai, Criatura feita pelo Pai, Mulher, Humana, não é deusa, é Santa.

Maria é Mãe do Filho, Mãe de Jesus, Jesus é Deus. 
Maria é Mãe de Deus, pois Jesus é Deus. Mãe gera, não cria. Ela foi criada por Deus. É criatura. Humana. Mas foi escolhida para a missão de conceber  dar à luz ao Filho de Deus, que é o próprio Deus.

Maria é Esposa do Espíto Santo porque Jesus foi concebido por Ele. Jesus não nasceu de um Homem, nasceu de Deus. Logo, Deus deposou Maria.

Maria é o único ser humano que está mergulhada num mistério único de Jesus, do Pai e do Espíto Santo.
 Nenhum ser humano jamais será igual ou terá a graça de participar de um mistério assim. Ela está não só espiritualmente mergulhada em Deus, mas corporalmente. Ela deu seu próprio corpo e sangue para que Deus tivesse um corpo e sangue.
Deus morou dentro dela corporalmente, algo que ninguém nunca terá.
Deus foi Filho dela literalemente, algo que ninguém nunca terá.
Deus a escolheu desde que Adão pecou e a profetizou desde o início da Bíblia, algo que nenhum personagem bíblico teve ou ninguém jamais terá.


E ainda tem protestante que fala mal dela e a despreza?
Só Jesus na causa!





9 comentários:

  1. Como cristão protestante eu digo: - Meu DEUS, que blasfêmia isso.
    É serio, como podem dizer isso de Maria, mãe de Jesus?
    Não falo de NS e sim de Maria.

    Se afirmam que Maria é esposa do Espírito Santo, então estão chamando-a de adúltera, pois José a conheceu como esposa após o nascimento de Jesus, assim como diz em Mateus 1:25 e se José a conheceu como esposa, então estão afirmando que Maria traiu o Espírito Santo com José?

    Que DEUS tenha piedade da criatura inepta e insana que blasfemou sobre isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João Paulo,
      1 - Blasfêmia é dizer que a Mulher que gerou Deus feito carne sem pecado é uma qualquer ou "apenas" Mãe Dele (?), como se Jesus fosse um qualquer.

      2- Não sou eu quem afirmo que Maria foi Esposa do Espírito Santo é a Bíblia:

      porque O QUE NELA ESTÁ GERADO É DO ESPÍRITO SANTO;
      Mateus 1,20-21


      3- Mateus 1,25 na nossa Bíblia que segue a tradição cristã primitiva desde o século 300 diz:


      25.E, sem que ele a tivesse conhecido, ela deu à luz o seu filho, que recebeu o nome de Jesus.

      Na sua Bíblia diz:


      25.E, sem que ele a tivesse conhecido, ela deu à luz o seu filho, que recebeu o nome de Jesus.


      “Até", na linguagem bíblica, refere-se apenas ao passado e não fica claro que após ela dar à luz José a teve como mulher.


      Esta partícula na Escritura ocorre para designar apenas o que se deu (ou não se deu) no passado sem indicação do que havia de acontecer no futuro.

      Assim, não significa que José conheceu Maria após o nascimento de Jesus.

      O texto do Evangelho quer dizer apenas que "sem que José a conhecesse ela deu à luz o seu filho".


      Provas claras de que Maria e José não tiveram filhos:

      1- José como homem piedoso não tocaria numa Mulher tocada pelo próprio Deus.

      2 - A Virgem Maria, como sua pergunta ao Anjo, mesmo sabendo que estava noiva, mostrou não ter a intenção de conhecer homem:
      "Como se fará isto, pois não conheço homem?" (Lc 1,34)

      3- Quando Jesus vai ao Templo, o Evangelho não fala de outros filhos de José e Maria.

      4- O Evangelho ao falar da Virgem Maria, Nossa Senhora, diz apenas: Mãe de Jesus. Não diz Mãe de Jesus e Tiago, etc. Irmãos era uma palavra ampla usada para parentes.

      5 - Se Jesus tivesse irmãos, pela lei Maria teria ficado com eles, mas Jesus entrega sua Mãe aos cuidados de São João Evangelista mostrando claramente que a Virgem Maria tinha ninguém mais por ela neste mundo.

      6- Todos os símbolos do Antigo Testamento mostram que Deus é Santíssimo e tudo o que é tocado por Ele é sagrado e só a Ele pertence. Vemos isso com a Arca da Aliança, o Templo de Jerusalém, os vasos sagrados...

      Se a Arca da Aliança era satíssima porque tinha tábuas de pedras feitas pelo dedo de Deus, quanto mais não seria Santíssima uma Mulher onde Deus se fez carne, onde a Palavra Viva se fez homem através de seu sangue e corpo.

      Leia o profeta Ezequiel e veja que por onde Deus passa tudo é Santo e intocável:


      1 Então me fez voltar para o caminho da porta exterior

      do santuário, a qual olha para o oriente; e ela estava

      fechada. 2 E disse-me o Senhor: Esta porta ficará

      fechada, não se abrirá, nem entrará por ela homem

      algum; porque o Senhor Deus de Israel entrou por

      ela; por isso ficará fechada.

      (Ez 44, 1-2)

      Excluir
    2. Corrigindo:
      na sua Bíblia protestante usa-se até que para insinuar que José teve relações com Maria.

      Excluir
    3. Incomparável Mãe, Nossa Rainha do Ceu a Mãe de Jesus o Salvador!

      Excluir
  2. oh consagrado, Tú és filho desta Senhora . Maria fica agraciada com o que Deus faz com a unção que Ela te dá para proteger o reino de Deus.ó Amado de Deus, Esposa de Jesus

    ResponderExcluir
  3. Onde está o João Paulo?

    ResponderExcluir
  4. Isso é uma blasfêmia, porque Deus não teve relações com Maria, mas sim ela foi um instrumento nas mãos de Deus. Dizer que Maria era esposa de Deus e que José teria um casamento de fachada com Maria seria o mesmo de chamar Deus de hipocrita, como você vai se casar com uma mulher e não vai tocar nela , isso não seria casamento e sim tortura. Eu respeito o voto de celibato, porém nunca vi alguém que fez tal voto cumpri-lo casado com alguém e vivendo sobre o mesmo teto. É sobre o verso de apocalipse 12:17 os filhos da mulher eles guardam os mandamentos de Deus, certo? Esses mandamentos são segundo a bíblia ou segundo o catecismo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1- Blasfêmia é dizer que a Mulher que gerou Deus Nosso Senhor é "uma qualquer, como todas as outras pecadoras" que se deitou com um homem depois de conceber pelo Espírito Santo.

      2- Aqui não diz essa mentira sua que Deus teve relações com maria, mas que ela concebeu pelo Poder do Espírto Santo. Logo, não foi um Homem o Marido de Maria para ser Pai de Jesus. Deus exerceu esse papel ao colocar Jesus no ventre da Virgem Maria, por isso dizemos que Jesus é filho de Deus, né?

      3- Muitos Santos foram casados com Mulher e não a tocaram, renunciaram ao sexo em nome do voto de celibato.
      Milagre maior e impossível é uma Virgem ter um Filho e você acredita nisso, né?

      Jesus respondeu: "O que é impossível para os homens é possível para Deus". Lucas 18,27

      Você nunca viu ninguém cumprir um voto de castidade porque você é protestante. O protestantismo nega sempre o valor do celibato, da virgindade e da castidade.

      4- A Bíblia foi um livro selecionado pela Igreja Católica. Os evangelhos foram escolhidos pela Igreja Católica. O Apocalipse e todas as cartas dos Apóstolos foram escolhidos pela Igreja Católica. Existiam muitos livros que foram considerados apórifos.

      Nossa Igreja fez a Bíblia que você usa. E você questiona a autoridade dela?
      Os mandamentos da Igreja estão em consonância com os Mandamentos da Bíblia. Igreja sem Bíblia não existe. E Bíblia sem a Igreja que a fez também é uma falácia, por isso existem milhões de denominações cada uma com sua doutrina, pois não obedecem à uma só fé da Igreja original cristã e Católica.

      Excluir
    2. Leia sobre o celibato e virgindade :

      Quanto às pessoas virgens, não tenho mandamento do Senhor, mas dou meu parecer como alguém que, pela misericórdia de Deus, é digno de confiança.
      Por causa dos problemas atuais, penso que é melhor o homem permanecer como está.
      1 Coríntios 7:25,26

      Você está casado? Não procure separar-se. Está solteiro? Não procure esposa.
      Mas, se vier a casar-se, não comete pecado; e, se uma virgem se casar, também não comete pecado. Mas aqueles que se casarem enfrentarão muitas dificuldades na vida, e eu gostaria de poupá-los disso.
      O que quero dizer é que o tempo é pouco. De agora em diante, aqueles que têm esposa, vivam como se não tivessem;
      1 Coríntios 7:27-29


      Mas o homem casado preocupa-se com as coisas deste mundo, em como agradar sua mulher,
      e está dividido. Tanto a mulher não casada como a virgem preocupam-se com as coisas do Senhor, para serem santas no corpo e no espírito. Mas a casada preocupa-se com as coisas deste mundo, em como agradar seu marido.
      Estou dizendo isso para o próprio bem de vocês; não para lhes impor restrições, mas para que vocês possam viver de maneira correta, em plena consagração ao Senhor.
      1 Coríntios 7:33-35


      A Virgem Maria viveu sua vida só para Jesus. Esteve antes de ele nascer, quando nasceu, no primeiro milagre, aos pés da cruz e no dia de Pentecostes, o nascimento da Igreja.

      Ela é Perfeita e Santa, digna de toda veneração , respeito, amor, pois é Mãe de Nosso Senhor e Deus.

      Leia sobre a vida de alguns Santos casados que viveram o celibato. isso era muito comum, principalmente noinício da Igreja e durante a Idade Média:

      São Julião e Santa Basilissa
      São valeriano e Santa Cecília:

      https://rezairezairezai.blogspot.com.br/2014/09/santos-casais-catolicos-os-casados-que.html

      Excluir