segunda-feira, 1 de agosto de 2016

SEGUNDA-FEIRA, DIA DE DEVOÇÃO PARA COM AS ALMAS - POSSÍVEIS RAZÕES BÍBLICAS


 :




E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama.
 São Lucas 16,24


"QUEM NESTA VIDA
 MAIS SOCORRER AS ALMAS DO PURGATÓRIO,
 DEUS FARÁ COM QUE SEJA TAMBÉM SOCORRIDO POR OUTRO, 
QUANDO ESTIVER LÁ 
NO MEIO DAQUELAS CHAMAS"

SANTO AGOSTINHO




Não achei informações precisas do motivo pelo qual as segundas-feiras são destinadas às preces pelas almas presas no purgatório, mas é um costume antigo desde a era medieval, incorporado no Brasil até por religiões africanas, devido ao sincretismo religioso.





Procurando na Bíblia os motivos para a devoção tradicional de se rezar pelas almas do Purgatório nas segundas-feiras, cheguei à seguinte conclusão:

A passagem bíblica, que nos fala do sacrifício pelos mortos, relata que Judas Macabeus encontrou objetos pagãos entre os mortos judeus num domingo e, em seguida, enviou uma doação para Jerusalém para que se fizesse sacrifício ( algo que não deve ter sido feito no mesmo dia, mas no dia seguinte, a segunda-feira). Vejamos o trecho bíblico:

II Macabeus (12, 38- 45):

38De­pois, reunindo Judas o seu exército, alcançou a cidade de Adulam e, che­gado o sétimo dia da semana (SÁBADO), puri­fi­ca­­ram-se segundo o costume e cele­braram ali o sábado. 39No dia se­guinte (DOMINGO), Judas e os seus com­pa­nhei­ros foram levantar os corpos dos mor­tos, para os depositar na sepul­tura, ao lado dos seus pais. 40En­tão, sob a túnica dos que ti­nham tom­bado, encontraram objec­tos con­sagrados aos ídolos de Jâmnia, proi­bidos aos judeus pela lei, e todos reconhece­ram que fora esta a causa da sua morte. 41Bendisseram, pois, a mão do Se­nhor, justo juiz, que faz aparecer as coisas ocultas, 42e puse­ram-se em oração, para lhe implo­rar perdão com­pleto pelo pecado come­tido.
O nobre Judas convocou a multi­dão e exortava-a a evitar qual­quer trans­gressão, tendo diante dos olhos o mal que tinha sucedido aos que, pouco antes, tinham morrido por causa dos pecados. 43E mandou fa­zer uma co­lecta, recolhendo cerca de duas mil dracmas, que enviou a Jeru­sa­lém, para que se oferecesse um sacrifício pelo pecado (SACRIFÍCIO QUE DEVE TER SIDO FEITO NO DIA SEGUINTE- UMA SEGUNDA-FEIRA), agindo digna e santa­mente ao pensar na ressurreição; 44por­que, se não esperasse que os mor­tos ressus­citariam, teria sido vão e supérfluo rezar por eles. 45E acre­di­tava que uma bela recom­pensa aguar­da os que morrem piedosa­mente. Era este um pensamento santo e pie­doso. Por isso pediu um sacrifício expia­tó­rio, para que os mor­­tos fossem livres das suas faltas.







Outra passagem bíblica que nos remete ao dia da Segunda-feira e sua relação com as almas, é que Deus fez os céus no segundo dia e nós imploramos que as almas possam entrar nele purificadas:


"E chamou Deus à expansão Céus, e foi a tarde e a manhã, o dia segundo."
Gênesis 1,8


A INTERCESSÃO DE JÓ POR SUA FAMÍLIA

A Bíblia diz que Jó tinha sete filhos e três filhas e que cada filho fazia um banquete por vez, e chamava suas três irmãs. E no fim desses dias de baquete, Jó oferecia sacrifícios por seus filhos e filhas. 
Podemos concluir que o fim desse turno de dias equivalha a uma semana, retirando o sábado (dia de descanso dos judeus pela libertação do Egito), logo, o fim do turno de dias, equivaleria a uma segunda-feira.

"Sucedia, pois, que, decorrido o turno de dias de seus banquetes, enviava Jó, e os santificava, e se levantava de madrugada, e oferecia holocaustos segundo o número de todos eles; porque dizia Jó: Porventura pecaram meus filhos, e amaldiçoaram a Deus no seu coração. Assim fazia Jó continuamente."
 Jó 1,5

Do mesmo modo que Jó oferecia sacrifícios pelos seus familiares, para serem livres do pecado, devemos oferecer o sacrifício da Missa pelas almas para se purificarem.






Também podemos pensar que após a Ressurreição do Senhor, no Domingo, todas as almas que estavam no cativeiro (I Pedro 3,18-19) foram levadas ao céu (Ef 4,8), o que é um bom motivo para lembrar das almas do Purgatório na segunda. 

Que do mesmo jeito que na segunda-feira não havia uma alma justa no cativeiro, assim Jesus leve todas as do Purgatório para o céu:

"Por isso diz:Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro,e deu dons aos homens. "
Efésios 4,8






Rezemos por todas as almas, para que tenham sua purificação apressada, "sejam salvas passando pelo fogo" ( I Coríntios 3,15) eles que tiveram sua "casa terrestre desfeita, recebam de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus" (2 Coríntios 5,1).


Vinde, e tornemos ao SENHOR, porque ele despedaçou, e nos sarará; feriu, e nos atará a ferida.
Depois de dois dias nos dará a vida; ao terceiro dia nos ressuscitará, e viveremos diante dele.
Oséias 6,1,2









Oração
pelas almas do Purgatório.

        Ó DEUS de bondade e de Misericórdia, 
tende piedade das benditas almas dos fiéis, 
que estão sofrendo e que padecem no purgatório, 
aliviai as suas penas, 
dai-lhes, Senhor, o descanso Eterno, 
e Fazei nascer para elas a LUZ perpétua. 
Amém.

        Ó Maria,  concebida sem pecado, 
rogai por nós que recorremos a Vós.

        Ó Maria,  concebida sem pecado, 
rogai por nós que recorremos a Vós.

        Ó Maria,  concebida sem pecado, 
rogai por nós que recorremos a Vós.









3 comentários: