sábado, 16 de maio de 2015

O ALTAR CATÓLICO NA IGREJA E EM CASA ( O ORATÓRIO) - BÍBLIA, CONCÍLIO, TRADIÇÃO E EXEMPLOS

ÍNDICE:

1- O ALTAR
2 - O SIGNIFICADO DO ALTAR NA IGREJA
3 - AS IGREJAS SÃO ESPAÇOS SAGRADOS - O ALTAR É SANTO
4- O SACRÁRIO - O SANTO DOS SANTOS DO NOVO TESTAMENTO
5 - O ORATÓRIO, O ALTAR PARTICULAR
6- ORATÓRIOS COM SANTOS E A BÍBLIA
7- COMO MONTAR O ORATÓRIO PARTICULAR
8- A VIDA DE ORAÇÃO DIANTE DO ALTAR
9- TIPOS DE ALTAR NA BÍBLIA
10 - A CRUZ É O ALTAR E  NO ALTAR
11 - USO DA ÁGUA BENTA NO ALTAR
12 - O USO DO INCENSO NO ALTAR
13 -O ALTAR ANTES E DEPOIS DO CONCÍLIO VATICANO II
14- FOTOS DE ORATÓRIOS


1- O ALTAR

O Altar, do latim altare ou ara (latim clássico),  é o centro e a razão de ser da igreja. Todo altar  deve ser de preferência de pedra  (Deuteronômio 27,5), pois significa mais claramente e permanente a presença de Jesus Cristo, a Rocha Viva (1 Pedro 2, 41 ; Efésios 2, 102 ) no meio de nós.

No Antigo Testamento vemos diversos exemplos de sacrifícios oferecidos sobre altares de pedra. Noé, quando sai da arca; Abraão quando vai sacrificar Isaac; Jacó quando acorda do sonho etc.
A Igreja mantém este costume.









2 - O SIGNIFICADO DO ALTAR NA IGREJA:

O sacrifício oferecido nos altares da Igreja Católica já não é como no Antigo Testamento feito com animais (Deuteronômio 12,272 ; Crônicas 8,12) que não podem tirar pecados (Hebreus 10,4), mas o  sacrifício por excelência, o único agradável a Deus, o sacrifício de seu Filho, nosso Único Medidador e Salvador, puro e inocente capaz de nos libertar de todo pecado e nos dar a salvação (Hebreus 10,10; 13,12).

Jesus " havendo oferecido para sempre um único sacrifício pelos pecados, está assentado à destra de Deus" (Hebreus 10,12) e vive para interceder. Seu  sacrifício feito uma só vez (Hebreus 10,10), é renovado continuamente, de modo incruento, em nossos altares, pela consagração de seu Corpo e Sangue (1 Cor 11, 23-25):

 "porque todas as vezes que comerdes deste pão e beberdes do cálice estareis anunciando a morte do Senhor, até que ele venha"(2 Cor 11, 26) .

"Porventura o cálice de bênção que abençoamos, não é a comunhão do sangue de Cristo? O pão que partimos, não é porventura a comunhão do corpo de Cristo?"
(1 Cor 10,16)


O Altar é a mesa do Senhor (1 Coríntios 10,21) e simboliza o próprio Cristo que se dá no pão e no vinho (Provérbios 9,1-6; João 6,51-58). Cristo é a mesa que nos dá o banquete e é o próprio banquete celeste (Provérbios 9,1-6; João 6,51-58),  por isso o altar é reverenciado como representação do Senhor.  O próprio Jesus nos diz que o altar e sua oferta são uma só coisa:


"Portanto, o que jurar pelo altar, jura por ele e por tudo o que sobre ele está;"
São Mateus 23,20

A Igreja nos diz no Catecismo:


§ 1383
"O altar, em tomo do qual a Igreja está reunida na celebração da Eucaristia, representa os dois aspectos de um mesmo mistério: o altar do sacrifício e a mesa do Senhor, e isto tanto mais porque o altar cristão é o símbolo do próprio Cristo, presente no meio da assembléia de seus fiéis, ao mesmo tempo como vítima oferecida por nossa reconciliação e como alimento celeste que se dá a nós. "


Na Igreja, sempre que passamos diante do altar devemos fazer uma  inclinação ou uma genuflexão.



3 - AS IGREJAS SÃO ESPAÇOS SAGRADOS - O ALTAR É SANTO:

Sobre a sacralidade do espaço de oração, o Templo, ou a Igreja ( o Templo dos cristãos), Jesus nos diz que o Altar é santo e a Igreja, templo sagrado, também é :

"Insensatos e cegos! Pois qual é maior: o ouro, ou o templo, que santifica o ouro?
E aquele que jurar pelo altar isso nada é; mas aquele que jurar pela oferta que está sobre o altar, esse é devedor.
Insensatos e cegos! Pois qual é maior: a oferta, ou o altar, que santifica a oferta?
Portanto, o que jurar pelo altar, jura por ele e por tudo o que sobre ele está;
E, o que jurar pelo templo, jura por ele e por aquele que nele habita;"
Mateus 23,17-21

De fato, em nossas igrejas, Deus habita corporalemente, não só espiritualmente, pois além de habitar em nossos corações, já que nosso corpo é o Templo do Senhor por excelência (Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? 1 Coríntios 6,19), habita também nos sacrários de nossas igrejas guardado sob a espécie de pão eucarístico (1 Cor 10,16).

 Nosso Deus se fez carne e se fez pão por nós (João 6,51-58). Esse discurso escandaliza os protestantes, como escandalizou os judeus (João 6,60-67), por isso para eles o pão é símbolo e não espírito e vida, carne e sangue (I Coríntios 10,16).


4- O SACRÁRIO - O SANTO DOS SANTOS DO NOVO TESTAMENTO

O Sacrário ou Tabernáculo é um pequeno cofre colocado sobre o altar (nas igrejas antigas) para guardar a Âmbula onde está a Eucaristia.







Âmbula, também designado por cibório ou píxide, é um tipo de cálice no qual se colocam as hóstias para serem consagradas, ou mesmo as que já foram consagradas. Geralmente feita de ferro, com o interior dourado e tampa, pode ser usado como ostensório.


  Depois do Concílio Vaticano II, o Altar passou a ficar no centro da igreja, e o sacrário, em muitos casos, passou  ser disposto em uma capela própria, a Capela do Santíssimo.

Na Igreja Primitiva, sacerdotes e leigos, após tomarem pão consagrado nas celebrações eucarísticas, os guardavam nos sacrários a fim de dá-los para os doentes e outros não conseguiram assistir à celebração. Quando se iniciou a Paz na Igreja, terminando a perseguição aos cristãos, foi estabelecida a prática de manter a Eucaristia sempre nestes recipientes. Quando as condições financeiras tornavam possíveis, o recipiente era feito geralmente de ouro, com uma pomba dentro normalmente de prata.





Esse lugar na Igreja equivale ao Santo dos santos do Templo de Jerusalém  (Hebreus 9,3), que era o lugar mais sagrado do tabernáculo e também do templo, pois nele ficava a arca da aliança, que simbolizava a presença do Deus vivo no meio do povo.

 Somente o Sumo Sacerdote (o “chefe” de todos os sacerdotes) podia entrar nesse lugar uma vez por ano para fazer expiação os pecados do povo (Lv 16. 34).  O Santo dos santos, era separado do Santo Lugar por um espesso véu (Ex 26. 33).

No Novo Testamento, Jesus Cristo rasgou o véu que nos separava da presença de Deus e nos deu livre acesso ao Pai, fazendo-se presente em nosso meio, espiritual e corporalmente, na forma de pão e vinho. Assim como o maná, o pão do deserto e as tábuas da lei, a Palavra, eram guardados na Arca da Aliança no Santo dos Santos:


Mas depois do segundo véu estava o tabernáculo que se chama o santo dos santos,
Que tinha o incensário de ouro, e a arca da aliança, coberta de ouro toda em redor; em que estava um vaso de ouro, que continha o maná, e a vara de Arão, que tinha florescido, e as tábuas da aliança;
Hebreus 9,3,4



Jesus, o verdadeiro Pão descido dos céus (João 6, 31-35), e a Palavra Viva, o Verbo de Deus (João 1,1.14), é guardado em nossos sacrários, atualmente, numa capela própria para ele, pois o culto dos cristãos é a ceia centrada no Altar.

O Sacrário passou a existir como uma necessidade da Igreja e apesar de não ser o centro litúrgico da Igreja, ele é um espaço de adoração ao Senhor presente na hóstia consagrada.

A Igreja nos diz que devemos ter reverência por esse espaço e nos estimular a adorar o Senhor presente no Santíssimo Sacramento:


"Uma vez que Cristo em pessoa está presente no Sacramento do Altar, devemos honrá-Lo com culto de adoração. «A visita ao Santíssimo Sacramento é uma prova de gratidão, um sinal de amor e um dever de adoração para com Cristo nosso Senhor»."
( Catecismo da Igreja Católica, 1413, 1418)

Ao passar diante do sacrário, devemos fazer uma genuflexão (ajoelhar-se com um dos joelhos).




Image result for genuflexãoImage result for genuflexion


A genuflexão, que se faz dobrando o joelho direito até ao solo, significa adoração; é por isso reservada ao Santíssimo Sacramento

Também devemos fazer esta genuflexão com os dois joelhos quando o Santíssimo Sacramento estiver exposto na Custódia, para nossa adoração.emails de pessoas juridicas de rio de janeiro
 






5 - O ORATÓRIO, O ALTAR PARTICULAR

Além do Altar no qual se celebra a Missa, cada católico pode erguer seu próprio altar de devoção pessoal em sua casa, o que chamamos de oratórios.

 Isaque, Jacó e Moisés construíram, de sua própria iniciativa, altares que usariam para adorar a Deus. — Gênesis 12:6-8; 13:3, 18; 22:9-13; 26:23-25; 33:18-20; 35:1, 3, 7; Êxodo 17:15, 16; 24:4-8.

 O costume de erguer altares para se invocar a Deus e pedir seus favores é registrado em várias passagens bíblicas:


E chegaram ao lugar que Deus lhe dissera, e edificou Abraão ali um altar e pôs em ordem a lenha, e amarrou a Isaque seu filho, e deitou-o sobre o altar em cima da lenha.
Gênesis 22,9










Então edificou ali um altar, e invocou o nome do Senhor, e armou ali a sua tenda; e os servos de Isaque cavaram ali um poço. Gênesis 26,25

E edificou Noé um altar ao Senhor; e tomou de todo o animal limpo e de toda a ave limpa, e ofereceu holocausto sobre o altar.
 Gênesis 8,20

E Moisés edificou um altar, ao qual chamou: O SENHOR É MINHA BANDEIRA.
 Êxodo 17,15


E Arão, vendo isto, edificou um altar diante dele; e apregoou Arão, e disse: Amanhã será festa ao Senhor. Êxodo 32,5

E encontrando-se Deus com Balaão, este lhe disse: Preparei sete altares, e ofereci um novilho e um carneiro sobre cada altar.
 Números 23,4

Então Josué edificou um altar ao Senhor Deus de Israel, no monte Ebal.
 Josué 8,30

Então edificou Saul um altar ao Senhor; este foi o primeiro altar que edificou ao Senhor. 
1 Samuel 14,35

E disse Davi a Ornã: Dá-me este lugar da eira, para edificar nele um altar ao Senhor; dá-mo pelo seu valor, para que cesse este castigo sobre o povo. 1 Crônicas 21,22

Então Davi edificou ali um altar ao Senhor, e ofereceu nele holocaustos e sacrifícios pacíficos; e invocou o Senhor, o qual lhe respondeu com fogo do céu sobre o altar do holocausto.
 1 Crônicas 21,26









Sobre ter em casa um espaço dedicado para a oração, Jesus nos diz:

"E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente."
Mateus 6,5,6


E a Igreja nos diz em seu Catecismo:


"2691. A igreja, casa de Deus, é o lugar próprio da oração litúrgica para a comunidade paroquial. É também o lugar privilegiado para a adoração da presença real de Cristo no Santíssimo Sacramento. A escolha dum lugar favorável não é indiferente para a verdade da oração:

para a oração pessoal, pode servir um «recanto de oração», com a Sagrada Escritura e ícones (imagens) para aí se estar «no segredo» diante do Pai . Numa família cristã, este género de pequeno oratório favorece a oração em comum;"
CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA






Na Bíblia, no livro de Judite, temos um texto que nos dá o exemplo da prática de ter um ambiente reservdo para a oração em casa, o oratório:

Tendo eles partido, Judite entrou em seu oratório, pôs o seu cilício, cobriu a cabeça com cinzas e, prostrando-se diante do Senhor, orou dizendo:
(Judite 9,1)

O Altar é um objeto sagrado que nos coloca em comunhão com a santidade de Deus, como lemos em algumas passagens bíblicas:

Insensatos e cegos! Pois qual é maior: a oferta, ou o altar, que santifica a oferta? Mateus 23,19

Ungirás também o altar do holocausto, e todos os seus utensílios; e santificarás o altar; e o altar será santíssimo.
Êxodo 40,10

Sete dias farás expiação pelo altar, e o santificarás; e o altar será santíssimo; tudo o que tocar o altar será santo.
Êxodo 29,37










Em muitas passagens bíblicas vemos a exigência da construção de um altar:

E ali edificarás um altar ao Senhor teu Deus, um altar de pedras; não alçarás instrumento de ferro sobre elas. 
Deuteronômio 27,5


Farás também o altar de madeira de acácia; cinco côvados será o comprimento, e cinco côvados a largura (será quadrado o altar), e três côvados a sua altura.
 Êxodo 27,1

De pedras brutas edificarás o altar do Senhor teu Deus; e sobre ele oferecerás holocaustos ao Senhor teu Deus. Deuteronômio 27,6








6 - ORATÓRIO COM SANTOS E A BÍBLIA

A Bíblia diz que Deus mandou Moisés fazer dois Anjos querubins para colocar na tampa da Arca da Aliança (Êxodo 25, 18-22;31,1-6). Arca diante da qual o povo se ajoelhava (Juízes 18,31). Deus também mandou Moisés fazer a imagem de uma serpente para que quem olhasse para ela fosse curado (Números 21, 7-9), logo o povo orava a Deus diante de imagens. A imagem da Serpente era uma prefiguração da imagem de Cristo Crucificado (João 3,14).

O Templo de Jerusalém também era cheio de imagens de querubins com rostos de homens e figuras de flores e animais (1Reis 6, 18. 23-35; I Reis 7, 18-51). Deus abençoa o que faz imagens para ornamentar o Templo (Êxodo 31,1-6).

 Deus proibiu idolos, não proibiu imagens. Imagens de anjos e Santos não são ídolos, não são deuses, são servos do Único Deus Verdadeiro, em três pessoas: o Pai, Jesus Cristo, Senhor Nosso e o Espírito Santo.
Por isso, as imagens são ornamentações. No altar, podemos colocar a imagem do Santo que escolhemos como nosso intercessor para ornamentá-lo.

 Os Santos são como os Anjos (Mat 22,30) já ressuscitaram com Cristo pelo batismo (Col 2,12;3,1), assim, no céu, os Santos desempenham o mesmo trabalho que os dos Anjos: louvam, intercedem, auxiliam os homens na terra até que todos alcancem a salvação ( Zac 1,12-13; Apo 5,8. 8,4) e cada povo, comunidade, e igreja tem seu próprio Anjo protetor ( Dan 10,13. 20-22; Apo 1,20; 2,1.8.12.18;3,1) que vive para interceder ( Is 62,6-7).

 Aos Santos, veneramos, honramos, respeitamos (I Samuel 25,23; I Reis 18,7; Números 22,31; João 5,45; Mateus 3,9; João 8,53-58; Lucas 6, 24; 7,16; 11,47.49), louvamos como exemplos a serem seguidos (Mateus 5,16; Salmos 33, 1; Cântico dos Cânticos 6, 9; I São Pedro 2, 14; Provérbios 31, 31; Eclesiástico 39, 9-11; 44, 15; I Coríntios 11, 2.17; Hebreus 13,7), pois "O justo é um guia para o seu próximo... " (Provérbios 12,26) .

 Olhando para o exemplo dos Santos "resplandeçe a luz deles diante dos homens, para que vendo suas boas obras, e glorifiquemos ao Pai, que está nos céus. "(Mt 5,16).

A Deus, nós adoramos. São Cultos distintos.

Os santos nos ajudam com suas orações no céu (Apo 5,8; 6, 9-11; Lc 16,24; 23,43; Heb 11,4) como mediadores secundários que todos nós somos ( I Tim 2,1; I Tes 1,2; Col 4,12; II Cor 1,11).  Cristo é o Único Mediador da Salvação( I Tim 2,5;Heb 8,6), mas não é nosso único intercessor ( Rom 8,26; I Tim2,1; II Cor 1,11), pois formamos com ele um só corpo, que é a Igreja (1Cor 12, 12).

Uma cabeça não intercede sem seu corpo, pois a morte não nos separa (Rom 8,38-39), ao contrário nos une mais a Cristo (II Cor 5,6-8; Fil 1,21-23; I Tes 5,10) e onde Cristo está todo o céu está (Apo 14,4) e se o Senhor está em nosso meio quando oramos, então todos os seus Santos também estão (Heb 12,1; 22-24).

Os Santos estão presentes na Igreja como uma nuvem de testemunhas ao nosso redor (Hb 12,1):

"22 Mas tendes chegado ao Monte Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, a miríades de anjos;
23 à universal assembléia e igreja dos primogênitos inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados;
24 e a Jesus, o mediador de um novo pacto, e ao sangue da aspersão, que fala melhor do que o de Abel. "
(Hb 12, 22-24)











7- COMO MONTAR O ORATÓRIO PARTICULAR

Não existe regra para montar o oratório ou um espaço de oração em casa.  Cada fiel é livre para escolher o que colocar em seu oratório ou como montar seu cantinho de oração.
Normalmente, coloca-se uma Bíblia, um livro de orações, seu terço, elementos que o ajudam a rezar, ler a Palavra de Deus, meditar, contemplar.
Não pode faltar um crucifixo, sinal da fé cristã. Fica por conta do fiel, escolher o símbolo que lhe agrada de um Santo, anjo ou uma imagem da Virgem Maria ou quadro. Tudo depende do espírito de devoção do fiel. Muitas vezes, uma Bíblia aberta com um terço é o suficiente para uns. Flores, velas, incenso também são úteis e ajudam e alimentam a vida de oração.









 8- A VIDA DE ORAÇÃO DIANTE DO ALTAR:

Diante do altar, devemos fazer nossas orações e pedidos (2 Crônicas 6,12):

Então irei ao altar de Deus, a Deus, que é a minha grande alegria, e com harpa te louvarei, ó Deus, Deus meu. Salmos 43,4

Não podemos estar diante do Altar sem viver o Evangelho, sem estar em paz com o próximo:


Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti,deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta. Mateus 5,23-24



Uma vida consagrada e dedicada a oração diante do altar nos coloca em comunhão plena com Cristo, unindo-nos ao seu sacrifício, daí muitos cristãos se dedicarem a uma vida religiosa de oração, como os monges, monjas, freiras. A Bíblia nos diz que participa do altar quem está continuamente diante dele e que devemos oferecer a Deus o sacrifíco do louvor: 

Não sabeis vós que os que administram o que é sagrado comem do que é do templo? E que os que de contínuo estão junto ao altar, participam do altar? 
1 Coríntios 9,13

Portanto, ofereçamos sempre por ele a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome. Hebreus 13,15





9- TIPOS DE ALTAR NA BÍBLIA:

Havia no A.T. diversos tipos de altar:

-de terra (Êxodo 20.24) para um sacrifício momentâneo visto que eram nômades;
-de pedras (Êxodo 20.25) para consagrar um local para sempre ao Senhor;
-de madeira (Êxodo 27.1) para ser carregado por onde forem pelo deserto;
-de bronze banhado (Êxodo 38.1-2) para suportar o fogo e perdurar;
-de ouro (Êxodo 39.38) para ministrar as orações permanentemente diante do Senhor.

Houve um período na história do povo de Deus que os reis de Israel pecaram contra o Senhor e edificaram altares para si, mas estes não eram o verdadeiro Altar do Senhor e precisaram ser derrubados (II Reis 23.12) assim como todo altar que não fosse para o Senhor (Deuteronômio 7.15).


Quando Deus transmitiu sua Lei ao povo de Israel, ele ordenou que construíssem o tabernáculo, uma tenda móvel chamada também de “tenda de reunião”, como estrutura central que possibilitaria aos seus servos se achegarem a ele. (Êxodo 39,32. 40) O tabernáculo, ou tenda, tinha dois altares.

O altar para as ofertas queimadas, feito de acácia e revestido de cobre, ficava diante da entrada do tabernáculo e era usado para oferecer sacrifícios de animais. (Êxodo 27,1-8; 39,39; 40,6. 29)

 O altar do incenso, também feito de acácia, mas revestido de ouro, ficava dentro do tabernáculo, diante da cortina do Santíssimo. (Êxodo 30,1-6; 39,38; 40,5. 26. 27) Nele, queimava-se um incenso especial duas vezes por dia, de manhã e ao anoitecer. (Êxodo 30,7-9) Assim como o tabernáculo, o templo permanente construído pelo Rei Salomão tinha dois altares.








10 - A CRUZ É O ALTAR E NO ALTAR:

Para a Igreja, o Altar por excelência é Cristo e a Cruz, pois foi nela que Cristo, nosso Cordeiro, sacrificou-se por nossos pecados  (Colossenses 1,20; 2,14) , ou seja a cruz desempenhou o mesmo papel do altar no Antigo Testamento, assim como Cristo, o do Cordeiro que tira o pecado.

Por isso, a cruz sempre está presente nos alatres de nossa Igreja, ou em cima ou ao lado, para nos lembrar que a mesa do Altar é também a mesa do sacrifício, mesa na qual se faz  a memória  e se torna presente o próprio Cristo em nosso meio.

Em altares particulares, oratórios, também o símbolo da cruz é algo necessário, pois todo altar é feito para o Senhor.








No Catecismo a Igreja afirma que a Cruz é o Altar da Nova Aliança:

§ 1182
"O altar da nova aliança é a cruz do Senhor, da qual brotam os sacramentos do mistério pascal. Sobre o altar, que é o centro da igreja, se faz presente o Sacrifício da Cruz sob os sinais sacramentais. Ele é também a mesa do Senhor, para a qual o povo de Deus é convidado. Em certas liturgias orientais, o altar é também o símbolo do sepulcro (Cristo morreu de verdade e ressuscitou de verdade)."












As indicações no Ordenamento Geral do Missal Romano (OGRM) em relação à direção da figura de Cristo na cruz:

308. Seja colocada sobre o altar, ou do lado dele, uma cruz com a imagem de Cristo crucificado, claramente visível para o povo reunido. Convém que esta cruz permaneça próxima do altar inclusive fora das celebrações litúrgicas, para recordar à mente dos fiéis a Paixão salvífica do Senhor.

A Cruz é o sinal do Senhor, motivo de nossa alegria (Gálatas 6,14; 1 Coríntios 2,2), na qual devemos nos gloriar, pela qual triunfamos sobre as forças malignas (Colossenses 2,15) e o uso da imagem do Crucificado  (Gálatas 3,1) foi prefigurada pela Serpente de Bronze feita por Moisés (João 3,14;  Números 21,9).

 Muitos protestantes nos criticam por usarmos a cruz, pois não entendem que "a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus" (1 Coríntios 1,18).











11- USO DA ÁGUA BENTA NO ALTAR

Um nosso altar ou oratório, podemos usar a água benta para nos purificarmos antes de cada oração, esse sacramental nos lembra nosso batismo e renova essa graça em nossa alma. A Bíblia nos fala do uso da água em ambiente de oração para purificação ritual:


E porás a pia entre a tenda da congregação e o altar, e nela porás água. Êxodo 40,7

Pôs também a pia entre a tenda da congregação e o altar, e nela pôs água para lavar. Êxodo 40,30










12 - O USO DO INCENSO NO ALTAR

Também é agradável usarmos incenso para oferecer a Deus louvor e ação de graças. O incenso também nos ajuda a afastar a influência do Maligno e representa nossa oração que se eleva a Deus, podemos oferecê-lo nas orções da manhã ou da tarde.


E disto farás incenso, um perfume segundo a arte do perfumista, temperado, puro e santo; Êxodo 30,35

Suba a minha oração perante a tua face como incenso, e as minhas mãos levantadas sejam como o sacrifício da tarde. Salmos 141,2

E veio outro anjo, e pôs-se junto ao altar, tendo um incensário de ouro; e foi-lhe dado muito incenso, para o pôr com as orações de todos os santos sobre o altar de ouro, que está diante do trono. Apocalipse 8,3

E Arão sobre ele queimará o incenso das especiarias; cada manhã, quando puser em ordem as lâmpadas, o queimará. Êxodo 30,7

E farás um altar para queimar o incenso; de madeira de acácia o farás. Êxodo 30,1











13 -O ALTAR ANTES E DEPOIS DO CONCÍLIO VATICANO II


O rito da missa atual é diferente do rito antigo. De 1570 a 1969 – ou seja, por 400 anos – toda a Igreja celebrou de acordo com o Rito Tridentino (estabelecido no Concílio de Trento). A missa era toda rezada em latim (exceto o sermão) e não permitia qualquer inculturação.

Durante o papado de Paulo VI, a Igreja entendeu que era necessário reformar a liturgia, para favorecer a participação mais ativa e piedosa dos fiéis. Então, durante o Concílio Vaticano II, o rito da Missa foi simplificado, conservando a sua estrutura essencial. E a língua empregada poderia ser o idioma local, sem, contudo, deixar de lado o latim.

Em 2007 o Papa Bento XVI regulamentou a possibilidade do uso da liturgia tridentina  (Missa em latim) no motu proprio Summorum Pontificum; nas missas privadas celebradas sem o povo, os padres da Igreja latina podem usar livremente a liturgia tridentina na forma que tinha em 1962.3 Também pode ser usada publicamente em paróquias, se houver um grupo estável de fiéis (coetus fidelium) que a assista.









Antigamente, antes do Concílio Vaticano II, o altar estava encostado na parede, geralmente no meio de um monumental ‘retábulo’, que comportava também o sacrário e imagens de santos, principalmente da padroeira.













 O altar como que se confundia com este conjunto todo e não era mais reconhecido como mesa do Senhor. E quando se fazia uma reverência no início e no final da celebração, não se tinha muita consciência se era para o altar ou para o sacrário ou para as imagens... Com a renovação conciliar a Igreja resgatou sua tradição primordial. Agora, o altar é de novo tratado como um sinal sacramental.








Após o Concílio Vaticano II, o altar não está mais grudado  à parede. Resgatou-se a concepção de que o Altar deve ser visivelmente o centro do culto, pois é a Mesa do Senhor, na qual se  celebra a Ceia, o Banquete, o Sacrifício do Corpo e Sangue de Cristo. Pode-se circular em volta do Altar e ele adquiriu o aspecto de uma mesa.








Antes de ser usado para a celebração, o altar é ‘dedicado’ com uma solene oração, é ungido, nele se queima incenso, é revestido com a toalha e beijado pela primeira vez.

 A Instrução Geral ao Missal Romano (IGMR), no n. 229, diz assim: “O altar ocupe um lugar que seja de fato o centro para onde espontaneamente se volte a atenção de toda a assembléia dos fiéis.”

E o n. 303 pede que nas novas igrejas a serem construídas, haja “um só altar que, na assembléia dos fiéis, signifique um só Cristo e uma só Eucaristia da Igreja.” E o n. 298 lembra que o altar fixo (que é preferível ao altar móvel), “significa de modo mais claro e permanente Jesus Cristo, Pedra viva (1 Pd 2, 4; cf. Ef 2, 20)”.

 O altar é também a “mesa do Senhor, que é o centro de toda a liturgia eucarística” (IGMR, 73).

 Por isso, ao entrarmos na igreja devemos nos habituar a voltar nosso olhar e nossa atenção, antes de tudo, para o altar e saudá-lo com uma inclinação do corpo ou da cabeça, em atitude de respeito, cheio de devoção e de terno amor para com Jesus Cristo, Pedra viva que sustenta a comunidade cristã.







Nas Igrejas mais antigas é comum encontrarmos altares laterais, pois antigamente podia haver mais de uma Missa sendo celebrada dentro de uma mesma igreja, de forma até simultânea. Muitos altares laterais eram dedicados ao patrocínio de algum santo e as pessoas podiam encomendar Missa em comemoração de um santo, enquanto em outro altar outro padre celebrava missa por outro motivo particular.









14- FOTOS DE ORATÓRIOS:








Herança portuguesa, os oratórios serviam como pequenas capelas dentro das casas em um Brasil onde as vilas e os povoados eram muitos distantes uns dos outros, e os padres, muito poucos.










A curadora da mostra, Ângela Gutierrez (Foto: Cíntia Paes/G1)
















9 comentários:

  1. ORAÇÃO PARA CONSEGUIR ALGO DIFICIL
    FAÇA UM PEDIDO ANTES DE LER!!! QUE HOJE HAJA PAZ DENTRO DE MIM, QUE EU POSSA CONFIAR NO PODER MAIS ALTO QUE É DEUS, POIS ESTOU EXATEMENTE ONDE DEVO ESTAR.QUE SEJA FEITA A VONTADE DE DEUS!!!NOSSO PAI QUE EU NÃOE ESQUEÇA AS POSSIBILIDADES INFINITAS QUE NASCEM DA FÉ, QUE EU POSSA USAR ESTAS BENÇÃOS QUE SÃO DADAS, QUE EU POSSA ME SENTIR SATISFEITO SABENDO QUE SOU FILHO DE DEUS, E , PERMITA-ME SENHOR QUE SUA PRESENÇA SE ESTABLEÇA EM MEUS GESTOS DE FÉ A MINHA ALMA A LIBERDADE PARA CANTAR E DANÇAS E SE AQUEÇAM NA LUZ QUE ESTÁ AQUI PARA TODOS NÓS!!! AMÉM!!!
    ENVIE ESTE TEXTO PARA 7 ALTARES DE IGREJA, OU NA INTERNET PARA SETE COMUNIDADES CATÓLICAS E VEJA O QUE ACONTECERÁ

    ResponderExcluir
  2. Paz e Bem!
    Quando mudei para a minha actual casa, verifiquei que possuía, no sótão onde tenho o meu "escritório", a minha modesta biblioteca e os meus meios audio, um compartimento, tipo armário, destinado à maquinaria do aproveitamento de energia solar que não possuo nem conto instalar.
    Surgiu-me a ideia de ali erigir um oratório (costumava rezar no quarto).
    Provisòriamente, o altar era uma placa de aglomerado revestido a laminado branco (todo o espaço está pintado de branco), assente num cavalete metálico, tendo em cima umas modestas estampas tamanho A4 do Crucifixo de S. Damião, de Nossa Senhora do Sameiro (que é a Imaculada Conceição, mas assim chamada por ser venerada aqui no santuário com esse nome), e de S. Francisco de Assis.
    Há cerca de um mês resolvi iniciar a dignificação desse espaço, onde eram visíveis tubagens que cobri com o próprio altar, com o retábulo e o frontal, tudo em contraplacado branquinho.
    Mantive o Cricifixo de S. Damião e pus sobre a mesa, que agora ocupa o espaço até à porta, a Bíblia Sagrada sobre uma almofada de damasco branco.
    A minha mulher fez duas toalhas para o altar.
    Eu já tinha uma pequena imagem de S. Francisco de Assis, e adquiri outra do mesmo tamanho de Nossa Senhora da Conceição, Rainha de Portugal e das Ordens Franciscanas. Para já estão sobre a mesa, mas acabei de pintar a óleo duas mísulas para as fixar no retábulo, mísulas essas com umas gavetinhas para guardar terços, estampas, etc.
    Manufacturei dois banquinhos (para mim e para a minha mulher), para rezarmos na chamada "posição das Carmelitas" (ajoelhados e sentados quase sobre os calcanhares).
    Pus iluminação eléctrica no interior.
    No interior da porta tenho um aviso para quem quiser ali rezar se descalçar (respeito pelo local e comodidade na posição orante), não acender velas (pelo perigo de incêndio) e não queimar incenso (para não defumar todo aquele espaço branco).
    Sem modéstia, dei a este oratório o nome de "Porciúncula", a "pequena porção", tal como o Pai S. Francisco o fez àquela capelinha em Assis.
    E é aqui que faço as minhas orações diárias.
    Pena é não poder postar fotos neste comentário.
    A igreja paroquial dista cerca de 100 metros da minha casa.
    Sinto-me imerecidamente privilegiado.
    Jesus, Maria e Francisco estejam sempre convosco, vos abençõem e vos guardem!
    Ir. Alberto Guimarães OFS
    Braga - Portugal

    ResponderExcluir
  3. Ir. Alberto Guimarães OFS,
    deve ter ficado muito bonito seu oratório. Parabéns pela iniciativa. Que Deus cumule você e sua esposa com todas as graças e bênçãos e possam crescer no espírito de oração e amor de Deus sempre.
    Se quiser pode mandar suas fotos e o texto para serem publicados numa postagem pelo email: brevariorezai@gmail.com

    Seria ótimo publicar um postagem para servir de exemplo para quem deseja fazer um oratório em casa.

    Também tenho um cantinho em minha casa, mas ainda está em construção, pois também quero fazer um genuflexório e comprar ma Cruz de São Damião e castiçais para dar mais cara de oratório.
    Obrigado por compartilhar sua experiência.

    ResponderExcluir
  4. ORAÇÃO PARA CONSEGUIR ALGO DIFICIL
    FAÇA UM PEDIDO ANTES DE LER!!! QUE HOJE HAJA PAZ DENTRO DE MIM, QUE EU POSSA CONFIAR NO PODER MAIS ALTO QUE É DEUS, POIS ESTOU EXATEMENTE ONDE DEVO ESTAR.QUE SEJA FEITA A VONTADE DE DEUS!!!NOSSO PAI QUE EU NÃOE ESQUEÇA AS POSSIBILIDADES INFINITAS QUE NASCEM DA FÉ, QUE EU POSSA USAR ESTAS BENÇÃOS QUE SÃO DADAS, QUE EU POSSA ME SENTIR SATISFEITO SABENDO QUE SOU FILHO DE DEUS, E , PERMITA-ME SENHOR QUE SUA PRESENÇA SE ESTABLEÇA EM MEUS GESTOS DE FÉ A MINHA ALMA A LIBERDADE PARA CANTAR E DANÇAS E SE AQUEÇAM NA LUZ QUE ESTÁ AQUI PARA TODOS NÓS!!! AMÉM!!!
    ENVIE ESTE TEXTO PARA 7 ALTARES DE IGREJA, OU NA INTERNET PARA SETE COMUNIDADES CATÓLICAS E VEJA O QUE ACONTECERÁ EM 1(UMA) HORA.
    ORAÇÃO DO PODER.
    AS SETE DORES DE MARIA ORAÇÃO PODEROSA!
    ORAÇÃO MUITO PODEROSA!!!
    FAÇA UM PEDIDO, ANTES DE LER!!!
    QUE HOJE HAJA PAZ DENTRO DE MIM, QUE EU POSSA CONFIAR NO PODER MAIS ALTO QUE É DEUS, POIS ESTOU EXATAMENTE ONDE DEVO ESTAR. QUE SEJA FEITA A VONTADE DE DEUS! NOSSO PAI QUE EU NÃO ESQUEÇA AS POSSIBILIDADES INFINITAS QUE NASCEM DA FÉ, QUE EU POSSA USAR ESTAS BÊNÇÃOS QUE SÃO DADAS, QUE EU POSSA ME SENTIR SATISFEITO SABENDO QUE SOU FILHO DE DEUS, E, PERMITA-ME SENHOR QUE SUA PRESENÇA SE ESTABELEÇA EM MEUS GESTOS DE FÉ A MINHA ALMA A LIBERDADE PARA CANTAR E DANÇAR E SE AQUEÇAM NA LUZ QUE ESTÁ AQUI PARA TODOS NÓS!!! AMÉM!!!
    ENVIE ESTE TEXTO PARA SETE ALTARES DE IGREJA, OU NA INTERNET PARA SETE COMUNIDADES CATOLICAS E VEJA O QUE ACONTECERÁ EM 1(UMA) HORA.
    TUDO QUE NÓS ENTREGAMOS NAS MÃOS DE DEUS DÁ CERTO E SE NÃO DEU CERTO AINDA, VAI DAR CERTO NA HORA CERTA
    ENTREGO MINHA FAMÍLIA NAS MÃOS DE DEUS ENTREGO MINHA FAMILIA A MÃE DE JESUS CONSAGRO-ME A MÃE DE JESUS AMÉM. TUDO QUE NÓS ENTREGAMOS NAS MÃOS DE DEUS DÁ CERTO E SE NÃO DEU CERTO AINDA, VAI DAR CERTO NA HORA CERTA. ENTREGO MINHA FAMÍLIA NAS MÃOS DE DEUS ENTREGO MINHA FAMILIA A MÃE DE JESUS CONSAGRO-ME A MÃE DE JESUS AMÉM. VAMOS REZAR UNS PELOS OUTROS, O ÚLTIMO QUE ENTRAR NESTE TÓPICO REZA UMA AVE MARIA PELA PESSOA DE CIMA, TODOS NÓS PRECISAMOS DE ORAÇÃO E A MÃE DE JESUS E NOSSA VAI INTERCEDER POR NÓS, CARINHOSAMENTE

    ResponderExcluir
  5. ORAÇÃO DO PODER. AS SETE DORES DE MARIA ORAÇÃO PODEROSA! ORAÇÃO MUITO PODEROSA!!! FAÇA UM PEDIDO, antes de ler!!! Que hoje haja PAZ dentro de mim, que eu possa confiar no poder mais alto que é Deus, pois estou exatamente onde devo estar. Que seja feita a vontade de Deus!! Nosso Pai que eu não esqueça as possibilidades infinitas que nascem da FÉ, que eu possa usar estas bênçãos que são dadas, que eu possa me sentir satisfeito sabendo que sou filho de Deus, e, permita-me Senhor que sua presença se estabeleça em meus gestos de FÉ a minha alma a liberdade para cantar e dançar e se aqueçam na LUZ que está aqui para todos nós!!! Amém!!!! Envie este texto para sete altares de igreja, ou na internet para sete comunidades catolicas e veja o que acontecerá em 1(uma) hora.

    ResponderExcluir
  6. Deus é meu Pai
    Ó meu Pai dos Céus , como é doce e suave saber que Vós sois meu Pai e que eu sou vosso filho!
    É sobretudo quando o céu da minha alma é negro e a minha cruz mais pesada que sinto a necessidade de vos dizer: Pai, eu creio no vosso Amor por mim!
    Sim, eu creio que Vós sois meu Pai e que eu sou vosso filho!
    Eu creio que Vós me amais com um amor infinito!
    Eu creio que Vós velais dia e noite por mim e que nem um cabelo cai da minha cabeça sem o vosso consentimento!
    Eu creio que, infinitamente Sábio, Vós sabeis muito melhor do que eu o que me convém!
    Eu creio que, infinitamente Poderoso, Vós tirais o bem do mal!
    Eu creio que, infinitamente Bom, Vós fazeis que tudo concorra para o bem daqueles que Vos amam; e, por detrás das mãos que ferem, eu beijo a vossa Mão que cura!
    Eu creio, mas aumentai a minha Fé e, sobretudo, a minha Esperança e a minha Caridade. Ensinai-me a saber ver o vosso Amor dirigir todos os acontecimentos da minha vida.
    Ensinai-me a abandonar-me à vossa condução, como uma criança nos braços de sua mãe.
    Pai, vós sabeis tudo, Vós vêdes tudo, vós me conheceis melhor que eu mesma. Vós podeis tudo e Vós me amais! Ó meu Pai, já que desejais que nós vos peçamos tudo, eu venho com confiança pedir-vos, com Jesus e Maria, ... (dizer a graça que se pretende obter)*.
    * (Se se rezar esta oração como novena, isto é, nove dias seguidos pela intenção desejada, deve acrescentar-se: "Prometo-Vos ser fiel, especialmente durante estes nove dias, em tal circunstância.... com aquela pessoa... ".)
    Por esta intenção eu Vos ofereço, em união com os Sagrados Corações, todas as minhas orações, os meus sacrifícios e mortificações, e uma maior fidelidade ao meu dever.
    Dai-me a Luz, a Força e a Graça do vosso Espírito!
    Confirmai-me neste espírito para que nunca O perca, não O entristeça, nem O enfraqueça em mim.
    Meu Pai, é em Nome de Jesus Cristo, Vosso Filho, que eu Vo-lo peço. E Vós, ó Jesus, abri o vosso Coração e colocai n'Ele o meu e, com o de Maria, oferecei-o ao nosso Divino Pai . Em troca, obtende-me estas graças de que tenho tanta necessidade!
    Meu Divino Pai, dai-Vos a conhecer a todos os homens. Que todo o mundo proclame a vossa Bondade e a vossa Misericórdia!
    Sede o meu terno Pai e protegei-me em toda a parte como a pupila dos vossos Olhos. Que eu seja para sempre o vosso digno filho. Tende piedade de mim!
    Pai Divino, doce esperança das nossas almas, sede conhecido, honrado e amado pelos homens!
    Pai Divino, Bondade infinita que se exerce para com todos os povos, sede conhecido, honrado e amado pelos homens!
    Pai Divino, orvalho benfazejo da humanidade, sede conhecido, honrado e amado pelos homens!

    ResponderExcluir
  7. Ter um Altar na residência é muito significativo e muito necessário, pois os usuários certamente têm muitas possibilidades de orarem e desenvolverem a sua espiritualidade. Sempre lembrando que sua presença na Igreja é indispensável e até deve considerar o seu altar ou Oratório seja um belo incentivo para estar mais integrado com os deveres perante sua Paróquia.

    ResponderExcluir
  8. Outra oração comum em jornais brasileiros. Não são poucas as pessoas que confirmam o seu poder. Esta oração é ideal para resolver problemas que, aparentemente, não têm solução.

    Por isso, se você estiver passando por alguma dificuldade (relacionamento, saúde, emprego ...), não deixe de orar com muita fé e mentalizar a graça que deseja alcançar.

    Espírito Santo, você que me esclarece tudo, que ilumina todos os caminhos para, que eu atinja o meu ideal.

    Você que me dá o dom Divino de perdoar e esquecer o mal que me fazem, e que todos os instantes de minha vida está comigo.

    Eu quero agradecer neste curto diálogo por tudo e confirmar mais uma vez que não desejo me separar de você. Por maior que seja a ilusão material não será o mínimo o que sinto um dia estar com você e todos os meus irmãos na glória perpétua.

    Obrigado mais uma vez.

    (Faça a oração durante 3 dias, mas não mencione o pedido. Nesse espaço de tempo, você alcançará a graça, por mais difícil que possa parecer. Em seguida, publique um agradecimento pela graça recebida).

    ResponderExcluir
  9. em minha casa tenho um pequeno subsolo que estou transformando em um oratório particular em breve vou postar as fotos no meu blog

    ResponderExcluir