domingo, 24 de agosto de 2014

OS MILAGRES E MARTÍRIO DO APÓSTOLO SÃO BARTOLOMEU









Invocar os Santos e fazer sua memória (Mt 26,12-13; Fil 3,17;  Tg 5,10)é uma prática bíblica, como vemos nos textos em que Moisés ora ao Senhor invocando os nomes de Abrão, Isaac e Jacó, para que Deus ouça seu pedido (Êxodo 32,13; Deuteronômio 9,27) ou como Eliseu invocando o nome de Elias (II Reis 2,14) ou Esdras recordando Moisés (Neemias 1,8).




O santo, glorioso e todo-louvável Apóstolo Bartolomeu (também conhecido como Natanael ) foi um dos Doze Grandes Apóstolos . 


De acordo com a tradição, depois da Ascensão de Cristo , São Bartolomeu pregou na Ásia, com o apóstolo Filipe , com a irmã de Felipe, Mariamma, e apóstolo João . Mais tarde, ele pregou na Índia e, em seguida, Armênia, onde foi martirizado . 

Antes da Índia, ele foi crucificado de cabeça para baixo em Hierápolis com o apóstolo Filipe por causar a morte de uma grande serpente que as pessoas adoravam e curar pessoas através da oração. Ele foi retirado da cruz durante um grande terremoto, porque as pessoas achavam que Deus os estava castigando ;São Felipe, no entanto, tinha morrido.

Ele, então, foi para a Índia, traduziu o Evangelho de Mateus e curou de insanidade a filha do rei da Armênia; mas o irmão invejoso do rei o crucificou, esfolou-o e, finalmente, o decapitou.

Cristãos enterraram o corpo dele, mas por causa dos milagres que aconteciam diante de suas relíquias os pagãos jogaram seu caixão no mar. 

O caixão acabou na ilha de Lipara onde o bispo Agathon, que se encontrou com ele através de uma revelação em um sonho, enterrou a urna com seus restos mortais em uma igreja. 

São Batolomeu apareceu a São José do Hymnographer e o abençoou, dizendo que ele poderia ser capaz de cantar hinos espirituais: "Que a água celestial dê fluxo de sabedoria a tua língua!" 

Ele também apareceu ao Imperador Anastácio I (491-518) e disse-lhe que ele iria proteger a nova cidade de Dara . Mais tarde, suas relíquias foram trazidas para Roma, onde os milagres continuaram a ocorrer.









São Bartolomeu foi identificado como Natanael.

 Nathanael é mencionado apenas no Evangelho segundo João . Nos evangelhos sinópticos, Filipe e Bartolomeu são sempre mencionados em conjunto, enquanto Nathanael nunca é mencionado; no evangelho de João, por outro lado, Filipe e Natanael são igualmente mencionados juntos. 

Giuseppe Simone Assemani comenta especificamente ", os caldeus confundiram Bartolomeu com Natanael". 
Alguns estudiosos bíblicos rejeitam esta identificação, no entanto. 




Tradição

Mosteiro de São Bartolomeu no local do martírio do Apóstolo no histórico Armênia


Eusébio de Cesaréia, na História Eclesiástica, afirma que, depois da Ascensão, Bartolomeu foi um missionário na Índia, onde ele deixou para trás uma cópia do Evangelho de Mateus . 

Outras tradições afirmam que foi missionário na Etiópia , Mesopotâmia , Partia , e Licaônia . 
Tradições populares e lendas dizem que Bartolomeu pregou o Evangelho na Índia, depois foi para a Armênia. 




Missão à Índia

Dois testemunhos antigos existem sobre a missão de São Bartolomeu, na Índia. Estes são de Eusébio de Cesaréia (início do século 4) e de São Jerônimo (final do século 4). Ambos referem-se a essa tradição ao falar da visita relatada por Pantaenus para a Índia no século 2. 

 Os estudos de Fr AC Perumalil SJ e Moraes afirmam que a região de Bombaim, na costa Konkan, uma região que pode ter sido conhecido como a antiga cidade Kalyan , foi o campo de atividades missionárias de São Bartolomeu. 




Na Armênia

Junto com seu companheiro o apóstolo São Judas Tadeu, São Bartolomeu tem a fama de ter trazido o cristianismo para a Armênia no século 1. Assim, ambos os santos são considerados os padroeiros da Igreja Apostólica Armênia .

A tradição afirma que São Bartolomeu foi martirizado em Albanopolis na Armênia . De acordo com um relato, ele foi decapitado , mas uma tradição mais popular diz que ele foi esfolado vivo e crucificado , de cabeça para baixo. Afirmam que São Bartolomeu converteu Polymius, o rei da Armênia, ao cristianismo. Astyages, irmão Polymius ', consequentemente, ordenou a execução de Bartolomeu. 

No século 13, o Mosteiro de São Bartolomeu foi um proeminente monastério armênio, construído no local do martírio do Apóstolo Bartolomeu na Província Vaspurakan da Grande Armênia (agora no sudeste da Turquia ).





Catedral de São Bartolomeu, em Lipari, onde estão algumas de suas relíquias.




As relíquias de Bartolomeu 

O escritor do século 6, em Constantinopla, Theodorus Lector , asseverou que em cerca de 507 o Imperador Anastácio deu o corpo de Bartolomeu para a cidade de Dura-Europos , que tinha recentemente sido re-fundada. 
 A existência de relíquias em Lipari , um pequena ilha ao largo da costa da Sicília , na parte da Itália controlada a partir de Constantinopla, foi explicada por Gregório de Tours, que milagrosamente foram levadas até lá: 

um grande pedaço de sua pele e muitos ossos que foram mantidos na Catedral de São Bartolomeu Apóstolo, Lipari, foram trazidos para Beneventum em 803, e para Roma em 983 pelo imperador romano Otto II , conservada na basílica de San Bartolomeo all'Isola, que no passado tinha sido um antigo centro médico pagão, daí no decorrer do tempo o nome de Bartolomeu a associou-se com a medicina e hospitais. 

Alguns dos restos do crânio de Bartolomeu foram transferidos para a Catedral de Frankfurt , enquanto que um braço é venerada na Catedral de Canterbury.




File:Frankfurter Dom Eiserner Steg.jpg


 Relicário com o crânio de São Bartolomeu da Catedral de Frankfurt, Alemanha 




Sobre os Santos, a Bíblia diz que "a memória do justo alcança bênçãos" (Provérbios 10,7) e que "uma cidade prospera pela bênção dos Justos" (Provérbios 11,11) por isso a intercessão desses servos justos nos é tão preciosa, pois os que morrem em Cristo já estão com ele (Lucas 23,42; II Coríntios 5,1.6-8; Filipenses 1,23), diante do seu trono (Apocalipse 7,15) e podem orar, clamar e interceder por nós (Lucas 20,38; 16,22-31; Hebreus 11,4; Apocalipse 5,8. 6,9-11).

Como "não há homem justo sobre a terra que faça o bem sem jamais pecar" (Eclesiastes 7,20) e que todos pecamos (I João 1,8),  enquanto peregrinamos nesta terra (I Pedro 1,17) a Igreja sempre invocou o auxílio da intercessão dos Santos que já estão no céu (Apocalipse 5,8), as almas que já chegaram à perfeição (Hebreus 12,23) e que nos cercam como uma nuvem (Hebreus 12,1). 

São inumeráveis os milagres que os cristãos já alcançaram pela intercessão da invocação dos Santos e suas relíquias (II Reis 13,20-21; Atos 5,12-16; 19,11-12)


MILAGRES

Dos muitos milagres realizados por Bartolomeu antes e depois de sua morte, dois são muito populares e conhecidos pelos habitantes da pequena ilha de Lipari .

O povo de Lipari comemorava seu dia de festa anualmente. A tradição do povo era levar em procissão a imagem de prata e de ouro maciço do interior da Catedral de São Bartolomeu através da cidade. Em uma ocasião, ao tirara imagem e descer a montanha em procissão em direção à cidade,  ela se tornou muito pesada e teve que ser deixada onde estava. Quando os homens que carregavam a imagem recuperaram a força, eles a ergueram uma segunda vez. Depois de mais alguns segundos, ficou ainda mais pesada. Eles a colocaram para baixo e tentaram mais uma vez erguê-la. Eles conseguiram levantá-la por um tempo, mas tiveram de parar mais uma vez para descansar pelo peso da estátua que parecia maior. Assim que pararam, em poucos segundos as paredes da montanha vieram abaixo. Se a estátua tivesse sido capaz de ser levantada, todas as  pessoas da cidade teriam sido mortas.




San Bartolomeo:  Santo Patrono di Lipari......Saint Bartholomew, Patron Saint of Lipari  {Copyright Francesca Mignosa}



Altar de sua Igreja, em Lipari.




 " E Deus pelas mãos de Paulo fazia maravilhas extraordinárias.
De sorte que até os lenços e aventais se levavam do seu corpo aos enfermos, e as enfermidades fugiam deles, e os espíritos malignos saíam."
Atos dos Apóstolos 19,10-12




MILAGRE DA IMAGEM DE SÃO BARTOLOMEU

Durante da Segunda Guerra Mundial, o regime fascista (alemão / italiano) procurou maneiras de financiar suas atividades. A ordem foi dada para levar a estátua de prata de São Bartolomeu e derretê-la. A imagem ficou tão pesada,que não puderam carregá-la. A imagem foi devolvida ao seu lugar na Catedral de Lipari. Na realidade, a estátua é feita de muitos quilos de prata e é considerado um milagre que não foi derretida.

São Bartolomeu é creditado com muitos outros milagres que têm a ver com o peso dos objetos.






Imagem de prata de São Bartolomeu, em Lipari.



As imagens que representam os Santos
 nos ajudam a recordá-los e a elevar nossa mente
a eles para pedir-lhes sua intercessão junto a Deus,
 do mesmo modo que os judeus usaram a imagem da serpente
para direcionar sua mente em oração (Números 21,7-9 )
ou as imagens dos querubins
 para recordar-lhes da sacralidade do templo e da Arca
 (I Reis 6,23-35; 7,29;8,6-7; Juízes 18,31; Ezequiel 41,1.17-26;
Êxodo 30,29;  36,34-35;39,30;  Deuteronômio 6,5-9; Josué 24,27).



O seu poder de exorcista permanece no imaginário religioso popular, daí resultando a devoção e as práticas relacionadas com as posessões ou estados entendidos como demoníacos, ou atribuídos a entidades incorporadas nos pacientes, a pesadelos, terrores e outras coisas mais.



'Disse-lhe Natanael: Pode vir alguma coisa boa de Nazaré? Disse-lhe Filipe: Vem, e vê.
Jesus viu Natanael vir ter com ele, e disse dele: Eis aqui um verdadeiro israelita, em quem não há dolo.
Disse-lhe Natanael: De onde me conheces tu? Jesus respondeu, e disse-lhe: Antes que Filipe te chamasse, te vi eu, estando tu debaixo da figueira.
Natanael respondeu, e disse-lhe: Rabi, tu és o Filho de Deus; tu és o Rei de Israel.
Jesus respondeu, e disse-lhe: Porque te disse: Vi-te debaixo da figueira, crês? Coisas maiores do que estas verás.
E disse-lhe: Na verdade, na verdade vos digo que daqui em diante vereis o céu aberto, e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem.'
João 1,45-51


Estavam juntos Simão Pedro, e Tomé, chamado Dídimo, e Natanael, que era de Caná da Galiléia, os filhos de Zebedeu, e outros dois dos seus discípulos. 
João 21,2






"Ora, os nomes dos doze apóstolos são estes: O primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão;
Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Lebeu, apelidado Tadeu;
Simão, o Cananita, e Judas Iscariotes, aquele que o traiu."
Mateus 10,2-4

"E nomeou doze para que estivessem com ele e os mandasse a pregar,
E para que tivessem o poderde curar as enfermidades e expulsar os demônios:
A Simão, a quem pôs o nome de Pedro,
E a Tiago, filho de Zebedeu, e a João, irmão de Tiago, aos quais pôs o nome de Boanerges, que significa: Filhos do trovão;
E a André, e a Filipe, e a Bartolomeu, e a Mateus, e a Tomé, e a Tiago, filho de Alfeu, e a Tadeu, e a Simão, o Cananita,
E a Judas Iscariotes, o que o entregou."
Marcos 3,14-19










Devido ao seu martírio, São Bartolomeu é o padroeiro daqueles que trabalham em peles: curtidores, luveiros e encadernadores, entre outros.

"E, entrando, subiram ao cenáculo, onde habitavam Pedro e Tiago, João e André, Filipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o Zelote, e Judas, irmào de Tiago. "
Atos 1,13










FONTES:







Nenhum comentário:

Postar um comentário