quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

OS MILAGRES DE NOSSA SENHORA DO MONTE SERRAT


ÍNDICE
1- MILAGRE DO ENCONTRO DA IMAGEM
2- MILAGRE DA IMAGEM IMÓVEL
3 - MILAGRES NUMEROSOS FAZEM CRESCER PEREGRINAÇÃO
4 - A VIRGEM MARIA DE MONTSERRAT APARECE E CONSOLA UMA MÃE
5 - MILAGRE NÃO DEIXA DEVOTO MORRER EM PECADO- 

O DEGOLADO

6 - ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO MONTSERRAT


7 - MILAGRE SALVA HOMEM PERDIDO NO MAR



8- MILAGRE LIVRA POVO DE SANTOS, NO BRASIL, DE PIRATAS.


9 - MILAGRE SALVA BARCO DE NAUFRÁGIO

10 - FAMÍLIA CURADA

11- MILAGRE FAZ CRIANÇA ANDAR

12- SANTOS DEVOTOS

13 - MILAGRE DE HOMIGUEROS





Assim como os querubins da Arca eram vistos como o trono de Deus ( Ex 25,22; I Sam 4,4; II Sam 6,2;  I Cr 13,6; Is 37,16; Heb 9,5), as imagens de Maria nos recordam que ela foi o trono de Deus na terra. 



1- MILAGRE DO ENCONTRO DA IMAGEM



O culto a Virgem Senhora do Montserrat remonta aos primeiros tempos do cristianismo e faz referencia ao apóstolo São Pedro, que segundo a tradição, levou em sua viagem a península Ibérica uma imagem da Virgem Maria, esculpida em madeira e conhecida como a Senhora Jerusalemitana.


Pelo ano de 546, na Cataluña, ao sul da Espanha, um monge chamado Querino, fundou um rudimentar mosteiro consagrado a referida imagem, que alguns séculos antes, fora trazida por São Pedro.

No tempo das invasões, pelos árabes a imagem foi escondida numa caverna e só encontrada dois séculos depois por pastores da região, que a levaram de volta ao mosteiro em solene procissão.

Conta-se que os referidos pastores de Obesa passavam pela montanha quando ouviram cânticos celestiais e foram atraídos por uma luz esplendorosa que saía do interior do rochedo. 

Encantados com o som e com as luzes subiram o monte e pasmados caíram de joelhos diante da imagem da Virgem Maria. 

Estava a imagem em uma cavidade natural na elevação da montanha.












Como o templo de Jerusalém era cheio de figuras e imagens (Ez 41,1.17-26), assim devemos usar imagens em nossas igrejas, casas, ruas, e qualquer ambiente (Deut 6,8-9), afim de nos lembrar a necessidade de orar e de buscar a Deus. 




2- MILAGRE DA IMAGEM IMÓVEL


Rapidamente desceram o monte e cheios de alegria foram ao encontro do bispo de Manresa e revelaram o ocorrido.

Em companhia dos pastores, o Senhor Bispo sobre o monte e comprova o fato, e extasiado pela beleza da imagem e pelos detalhes, pode confirmar que a imagem era a mesma da igreja de Barcelona e que tinha sido escondida para não ser profana pelos infiéis.

Tão logo os habitantes da redondeza souberam da noticia, correram ao local e tentaram retirar a imagem e transportá-la para um local mais elevado da montanha. Apesar de todos os esforços não conseguiram move-la do lugar. 

Todos foram unânimes em concordar que havia algo de sobrenatural e assim sendo, a imagem permaneceu no Plateau da montanha, onde foi erguida uma capela sob a proteção dos monges de ministrol.


















3- MILAGRES NUMEROSOS FAZEM CRESCER PEREGRINAÇÃO


No século IX, o fervoroso Walfrido, o Cabeludo, costumava orar na capela, onde também foi construído um mosteiro de monges beneditinos, que, posteriormente, foram substituídos por religiosas da Ordem dos Homeros.

 E, com a notícia de que estariam ocorrendo milagres diante da venerada imagem, a peregrinação tornou-se numerosa naquele trecho da mística montanha. 

Devotos da Espanha e de toda a Europa marcaram presença no local, inclusive reis, príncipes, prelados e altos dignitários de toda estirpe.

Até os reis católicos de Aragão, de Castella e de Navarra subiram a montanha humildemente e, com o donativo da nobreza, foi erguido o majestoso edifício do Mosteiro do Montserrat, que esteve sob a guarda dos frades beneditinos durante muito tempo. 


Além de devotos, os reis católicos instalaram os beneditinos da Nova Congregação de Valladolid no mosteiro. 






Igreja e Mosteiro de Nossa Senhora do Monte Serrat




Outros, mesmo distante da montanha, mantiveram sua devoção, como Jayme II, rei da Inglaterra, em 1685, embora enfermo na Sicília, ostentava em seu poder uma imagem de prata da Senhora do Montserrat.

A fama do mosteiro do Montserrat levou o Papa Benedicto XV a visitá-lo pessoalmente, erigindo-o em Abadia e conferindo-lhe grandes prerrogativas. Também o Papa Leão XIII declarou, canonicamente, a Virgem de Montserrat,Padroeira de Catalunha. Antigas crônicas rezam que os monges beneditinos viveram na montanha na Idade Média, edificando mosteiros nos picos mais altos, e que o principal foi abandonado depois das depredações francesas de 1812, restando somente o Santuário com a sua Virgem Morena ou Senhora do Montserrat.








Josué, Moisés e o povo de israel também se ajoelhavam diante da Arca com imagens de anjos 
e oravam ao Senhor (Num 7,89; Jos 7,6).
 Diante da imagem da serpente, olhavam-na em espírito de oração (Num 21,9) .
Assim, podemos nos ajoelhar diante de uma imagem e olhar para elas em espírito de oração, 
conversando com os Santos que elas representam, 
(pois os judeus também se ajoelhavam diante dos santos profetas ou anjos em veneração 
(Num 22,31; I Re 18,7; I Cr 21,21)). 
Podemos e devemos pedir a intercessão de tão poderosos auxiliadores (Tg 5,16),
 pois sabemos que nossa oração se direciona não às imagens em si, mas a quem elas representam no céu.





De fato, a imagem venerada no altar-mor da Basílica montserratina, na Espanha, é de madeira escura, conforme registram os cronistas espanhóis: "La cana y manos, asi de la Madre como del Hijo, son de color moreno, ó más bien, negro", motivo pelo qual é chamada carinhosamente de La Moreneta pelo povo da Catalunha e cuja entronização ocorreu em 1947.

 Não só a imagem como a cadeira são de madeira, enquanto o manto é de ouro, sua túnica interior dourada e o véu, policromado, ostentando ainda um tocado que lhe cinge a áurea coroa. Quanto ao Menino Jesus em seu regaço, também foi esculpido em madeira escura. "A Sagrada Imagem - diz Manoel Fontdevilla - pertence ao estilo romântico-catalão, do século XII".


A fascinante montanha onde foi encontrada a imagem da Virgem tem um aspecto místico devido a um fenômeno cataclísmico provocado pelas águas fantasmagóricas, pois suas serranias desafiam os céus com seus enormes picos aguçados, semelhantes ao perfil de uma gigantesca serra. 





Mosteiro de Mont Serrat no meio da montanha.






Segundo descreve ainda Fontdevilla:

 "O tradicional mosteiro se eleva entre as gigantescas rochas, que a rodeiam como fadas protetoras", e que, "em seus ríspidos picos está o trono da virgem morena, a Padroeira da Catalunha", acentuando ainda que "Montserrat é para os catalães, em geral, a montanha mágica".




4 - A VIRGEM MARIA DE MONTSERRAT APARECE E CONSOLA UMA MAE


Uma mãe cujo filho tinha sido preso pelos muçulmanos foi em peregrinação a Nossa Senhora de Montserrat. 

Então, de acordo com a lenda, Maria apareceu e disse : " Pare de reclamar e chorar Você vai ver o seu filho em breve. " 

De fato, depois de alguns dias , o filho retornou e disse a sua mãe que a Virgem Maria lhe apareceu e, milagrosamente, dissolveu as cadeias que o detinha mandando-lhe partir para casa.

 A tradição da peregrinação a Montserrat remonta a tempos antigos : a partir do século VIII, muitos eremitas sobre esta montanha tinha se retirado para levar uma vida ascética e, desde o século IX , os peregrinos visitaram a antiga capela. Por volta de 1000 , o abade Oliva fundou um mosteiro ao lado da igreja, convento atualmente principalmente espanhol Província beneditino. A estátua de multi-coloridas de madeira da Virgem Negra , padroeira de Castela , foi criado no século XII, e todos os anos é o objeto de devoção por mais de meio milhão de peregrinos.

Fonte : Ernst 1989 , 36 e Gamba 1999 , 288




5 - MILAGRE NÃO DEIXA DEVOTO MORRER EM PECADO- 

O DEGOLADO


A 21 de Março de 1715, indo um homem para a romaria de Nossa Senhora do Montserrat, aos pés de Barcelona, no caminho saíram-lhe 3 ladrões e lhe cortaram a cabeça. 
No fim de 3 dias, passou por ali um cavaleiro, e a cabeça lhe falou: 

“Voltai atrás cavaleiro! Vá a Barcelona dar parte á justiça e a gente que pôde ajuntar para o dito assunto, e trazei um padre para confessar-me. E vieram todos.Quando ao pé do morto chegaram, a cabeça lhes falou pedindo confissão, e após estar confessado, voltou a lhes falar:”

Procurem, no meu corpo, ao lado do coração, entre o colete, e encontrarão uma oração de Jerusalém, à qual para o futuro ficará conhecida por Oração de Nossa Senhora de Montserrat e do Menino Jesus, visto terem ambos operado tão grandioso milagre de eu ressuscitar e não morrer sem confissão; por isso se tirará de meu corpo e se venerará , para nunca ir a sepultura.

Assim, peço a todas as criaturas que quiserem a glória e graça desta oração, que a tragam junto ao peito, sendo mulher e ao pescoço sendo homem, e rezem uma Salve Rainha ao deitar e sempre que se lembrarem, e quando forem a missa, que rezem entre a hóstia e o cálice; mas tudo deverá ser com muita fé e devoção. A casa onde houver esta oração será conservada em paz, não será queimada, o homem e mulher serão muito amigos e seus filhos bem educados e felizes nos seus negócios, e se forem á guerra, não serão vencidos, nem feridos, e estão livres da injustiça , de testemunhos falsos e das más tentações. O Arcanjo São Miguel lhes passará a alma e assistirá na hora da morte, e São Pedro lhes abrirá as portas do céu para viverem na glória eterna. Assim Seja. ( rezar 1 Pai Nosso, 1 Ave Maria e 1 Salve Rainha)
















A intercessão de Maria e a de todos os Santos é possível, 
pois todos os justos que morreram na amizade divina estão diante de Deus ( Luc 9,30; 20,38) 
e podem orar por nós (Heb 11,4; Apo 6,9ss), 
como mediadores secundários que todos nós somos ( I Tim 2,1; I Tes 1,2; Col 4,12; II Cor 1,11).  Cristo é o Único Mediador da Salvação( I Tim 2,5;Heb 8,6),
 mas não é nosso único intercessor ( Rom 8,26; I Tim2,1; II Cor 1,11).






6 - ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO MONTSERRAT

(esta oração é de Jerusalém e chama-se Oração de nossa Senhora do Montserrat, ao pé de Barcelona; e de como a mesma Senhora obrou tão grande milagre)


Oração: 
Bendita e louvada seja a sagrada Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. Rogai por nós, Santa Formosura dos Anjos, Tesouro dos Apóstolos, Depósito da Arca da Aliança.
Senhora Santa Maria, mostrai-nos em tão belo dia vossa face Gloriosa. Assim Seja.

Esta oração foi achada no santo sepulcro de Jerusalém, ao pé da imagem do Divino Jesus, e aprovada por todos inquisidores. 

O Divino Jesus disse: “Todo homem ou mulher, menino ou menina, que consigo trouxer esta oração, não morrerá de má morte, nem repentinamente, não será ofendido por seus inimigos, morrerá sem aflição, não morrerá afogado, não será queimado por fogo, não passará trabalho no mar, não será ferido na guerra, não será tentado pelos demônios, e não morrerá sem confissão, que é proveito para a alma e prazer para o coração; não será mordido por cães raivosos, nem outros animais peçonhentos. Toda mulher que estiver em perigo de vida por causa do parto, será logo aliviada com a virtude dessa oração, e livra também da gota coral, mas é necessário ter muita fé, pois não havendo fé, não pode haver milagre nem salvação.







7 - MILAGRE SALVA HOMEM PERDIDO NO MAR

No mesmo ano, um homem que navegava ao pé da Normandia, que se chamava Pedro de Nazareth, foi pilhado por piratas, roubado e lançado ao mar com uma grande tranca de ferro ao pescoço, como trazia consigo a oração, andou 6 dias a lutar com as pesadas ondas do mar, sem comer ou beber, e vendo-se já muito cansado, lembra-se da Sagrada Oração, reza uma Salve Rainha e salva-se. 

No fim de 8 dias já podia trabalhar, e foi levar a Nossa Senhora do Montserrat uma grande promessa.

















Imagem de Nossa Senhora do Monte Serrat de Santos, Brasil





8- MILAGRE LIVRA POVO DE SANTOS, NO BRASIL, DE PIRATAS.


O primeiro e grande milagre a ela atribuído teria acontecido durante a invasão do pirata holandês Joris Van Spilbergen à costa santista, em fevereiro de 1614. Para fugir dos corsários, que incendiaram vários pontos da Vila de Santos, boa parte da população, especialmente mulheres e crianças, refugiou-se no Monte Serrat. Desesperados, os habitantes rezaram à Virgem do Monte, para que os protegesse. Pouco tempo depois, o caminho por onde avançavam os piratas desmoronou, soterrando a maioria, enquanto os restantes voltaram apressadamente para os navios, a fim de deixar a barra.
Desde então, Nossa Senhora do Monte Serrat foi considerada a salvadora da cidade.
Em 1652 foi esculpida a imagem de Nossa Senhora do Monte Serrat, representada com doze anjos aos seus pés, dois deles serrando o monte com uma serra de arco que, segundo a tradição, é uma alusão ao milagre de 1614.
Em 1923, as famílias Gonzalez, Vallejo e Flores assumem a conce














9 - MILAGRE SALVA BARCO DE NAUFRÁGIO

A Santa é também protetora dos navegantes e a ela se atribui outro 

grande milagre:


 livrou o barco nacional Araguary de naufrágio certo, em 1926. 

Quando os tripulantes já não conseguiam controlar a situação, 

resolveram ajoelhar-se em um dos conveses, rezar e evocar a 

Virgem, prometendo celebração de missa em ação de graças se o 

vapor conseguisse aportar em Santos. No instante seguinte a 

tempestade cessou e o mar entrou em calmaria.



10 - FAMÍLIA CURADA

Uma família – composta pelo casal e dois filhos – que se dizia portadora de uma doença incurável, já desenganada pelos médicos. Os narradores não souberam dizer nomes ou outras referências sobre aquelas pessoas, além de que vinham do Rio de Janeiro, atraídas pela fama da “Igrejinha do Monte Serrat do Pelado”.
Aquelas pessoas pediram licença para subir até a capelinha e fizeram a promessa de que, caso conseguissem se curar ou pelo menos se aliviar, construiriam um altar no exato local onde começassem a se sentir melhor. Neste altar, depois, colocariam uma imagem da santa.
Assim disseram, assim fizeram: subiram o morro, rezando, compenetrados a cheios de fé. Quando chegaram no lance final da subida (a pedra em que está a igrejinha), “sentiram uma estranha vitalidade!”. Aí pararam e deram mais ênfase às orações, agora com características de agradecimento.
Terminaram de subir até a ermida e, quando desceram, relataram tudo que aconteceu aos familiares de Osvaldo Baiano que estavam na casa de Bianor. Dias depois, voltaram, mostrando os resultados dos exames médicos que haviam feito, acusando a inexistência de qualquer doença em seus organismos!... Subiram, novamente até o local onde “se sentiram curados” e aí fizeram um pequeno altar, colocando nele a imagem de Nossa Senhora de Monte Serrat que haviam trazido.
O pequeno pedestal ainda é visível às pessoas que, hoje, sobrem o morro do Pelado para ir à igrejinha, Mas a imagem foi retirada pelos familiares de Osvaldo Baiano, temendo as enxurradas – que ganham muita força naquele local – pudessem arrastá-la e danificá-la. Ela está dentro da igrejinha de Monte Serrat.
















11- MILAGRE FAZ CRIANÇA ANDAR

A narrativa de um outro milagre é feita por Inácia Melo Moro, com relação a seu segundo filho, Erivaldo Moro Capo, quando tinha 2,5 anos de idade. Inácia conta que, quando se casou, com Pedro Paulo Moro Capo, trabalhava na roça e residia não muito longe das propriedades de Osvaldo Baiano. Conhecia de sobra, portanto, a fama de exótico do vizinho.
Como o trabalho a forçava a negligenciar, em parte, seus afazeres de mãe, as conseqüências se fizeram sentir no seu segundo filho, Erivaldo. Nas próprias palavras dela:
- Eu trabalhava na roça e o menino ficava numa esteira o tempo todo. Quase ninguém o pegava no colo ou brincava com ele. Acho que isso fez com que não desenvolvesse as articulações das pernas, Por isso, quando tinham um ano e 17 meses ainda não conseguia andar. Como não tinha médico por aqui, levamos o garoto na farmácia de seu Chico Bermudes, mas ele também não pode fazer nada para o menino andar.
Ela diz que se sentiu culpada pela situação do menino, por não ter podido dar ao filho o carinho de que ele precisava. 

Como ela sabia que Osvaldo Baiano havia construído uma igreja dedicada a Nossa Senhora de Monte Serrat e sabendo que o acesso a ela era um verdadeiro sacrifício e que esta santa era tida como milagreira, decidiu fazer uma promessa: se a santa ajudasse Erivaldo a andar normalmente, Inácia subiria até a Igrejinha do Pelado junto com o filho e procuraria, daquele dia em diante, se dedicar mais a todos os seus filhos.
Assim, num bonito dia do mês de junho de 1953, seguiram para a igrejinha: ela, o marido, um cunhado e Erivaldo. O garoto que não andava ia no lombo de um cavalo.
- Logo que chegamos ao pé do morro – conta ela – o garoto saltou do cavalo e saiu andando, sozinho, na direção da subida do morro, na frente de todo mundo!... Ele subiu e desceu com muita dificuldade, mas sem ajuda de ninguém!... Pulava e brincava como se não tivesse acontecido nada!...
Inácia conta ainda que a pequena romaria familiar parou para descansar na casa de Osvaldo Baiano, perto da igrejinha, e ela conheceu pessoalmente o homem que havia se tornado um mito na região. Mas confessa que não viu nele nada de extraordinário, conforme era tão comentado. “Parecia uma pessoa comum. Muito educado sim, mas mostrando falha como qualquer semelhante”, observou ela.









12- SANTOS DEVOTOS

Foi tocado pela graça que Inácio de Loyola dirigiu-se a Barcelona e retirando-se na solidão de Manresa pendurou sua espada e prostou-se aos pés da Virgem de Montserrat. Foi também aos pés da Ssma. Virgem que Inácio traçou as linhas gerais de seu célebre livro “Exercícios Espirituais”.

Outros tantos santos estiveram em Barcelona e no majestoso Santuário de Nossa Senhora de Montserrat, encontraram as respostas de tantos anseios, entre eles destacamos: São João de Matha, São José de Calasanz, São Vicente Ferrer, São Pedro Claver etc.




13 - MILAGRE DE HOMIGUEROS-  MONTE  SERRAT DE PORTO RICO





A história do milagre de Hormigueros remonta a 1599, com a aparição da Virgem na cidade de Hormigueros, Porto Rico. 
A tradição diz que Gerardo González, um fazendeiro, foi atacado por um touro, e apavorado, ele invocou o nome da Virgem. 

De repente, o touro caiu de joelhos, com suas patas dianteiras quebradas, como se estivesse rezando. Por gratidão, González construiu e dedicou uma igreja a Nossa Senhora de Montserrat. 


     Por volta de 18 de setembro, dia de Nossa Senhora de Monserrat, as festividades da santa padroeira são observadas em Hormigueros, como sendo uma das mais populare de todo Porto Rico. Nesse dia, muitas pessoas visitam o santuário da Virgem, que remonta a meados do século 18.























“Aos vossos pés suplicando, erguemos a humilde voz: Nossa Senhora do Monte, rogai a Jesus por nós.”
Amém! Paz e bem!









ALGUMAS FONTES:





http://www.miraclehunter.com/marian_apparitions/approved_apparitions/apparitions_1300-1399.html
http://www.santosdepr.org/Santoseng/SantosEngIndx/Indexofsaints/miraclehormigueros.htm

























2 comentários: