terça-feira, 5 de novembro de 2013

CHORAR OS MORTOS É BÍBLICO E NÃO PRENDE ESPÍRITOS NESTE MUNDO



Alguns espíritas afirmam que não devemos chorar pelos mortos, pois seus espíritos podem ficar presos nesse mundo. 

Essa tese, diante da Bíblia e da doutrina e tradição cristã é totalmente sem cabimento. 

Os mortos não podem ficar presos nesse mundo, pois assim que morrem comparecem diante de Deus e são julgados, pois "está determinado que os homens morram uma só vez, e logo em seguida vem o juízo" (Hebreus 9,27) indo para o Céu (II Coríntios 5,1; Filipenses 1,23) , o Purgatório ( Mateus 5, 25-26; 18,34;  I Cor 3,13-15) ou Inferno (Lucas 3,17;16,19-26).

A Bíblia nos mostra, em diversas passagens, que podemos chorar nossos mortos e lamentar sua partida. 

Do ponto de vista cristão, quem ama a Deus não teme a morte, mas pelo o contrário a deseja como São Paulo, pois a morte é vista como uma libertação (II Cor 5,6), um encontro feliz com o Cristo (Filipenses 1,23). 

Desde cedo, os cristãos compreenderam que o dia de nossa morte é a data de nosso nascimento no céu, por isso a festa de memória dos Santos é celebrada na data em que morrem.  

Aos Santos, lamentamos sua morte apenas como saudade, mas festejamos por saber que estão com Deus e podem ainda mais intercederem por nós (Apocalipse 6,9,ss; 7,15). 

Os primeiros cristãos já oravam, choravam e enterravam seus mortos com devoção como nos diz os Atos dos Apóstolos sobre o enterro de Santo Estevão:



E uns homens piedosos foram enterrar Estêvão, e fizeram sobre ele grande pranto. 
Atos 8,2








Aos fiéis, que não foram tão santos, choramos e oramos para que tenham seus pecados perdoados e entrem na presença do Senhor (II Macabeus 12,43-46; I Coríntios 15,29).

Nada há na Bíblia afirmando que não podemos chorar pelos mortos, porém a sagrada escritura nos adverte que não devemos nos deixar levar pela tristeza e que nosso luto deve ser moderado, como lemos em Eclesiástico (38, 16-24): 




"16. Meu filho, derrama lágrimas sobre um morto, e chora como um homem que sofreu cruelmente. Sepulta o seu corpo segundo o costume, e não descuides de sua sepultura.

17. Chora-o amargamente durante um dia, por causa da opinião pública, e depois consola-te de tua tristeza;
18. toma luto segundo o merecimento da pessoa, um dia ou dois, para evitar as más palavras.
19. Pois a tristeza apressa a morte, tira o vigor, e o desgosto do coração faz inclinar a cabeça.
20. A tristeza permanece quando (o corpo) é levado; e a vida do pobre é o espelho de seu coração.
21. Não entregues teu coração à tristeza, mas afasta-a e lembra-te do teu fim.
22. Não te esqueças dele, porque não há retorno; de nada lhe servirás e só causarás dano a ti mesmo.
23. Lembra-te da sentença que me foi dada: a tua será igual; ontem para mim, hoje para ti.
24. Na paz em que o morto entrou, deixa repousar a sua memória, e conforta-o no momento em que exalar o último suspiro."






Maria Madalena chorando o Cristo morto


"E Maria estava chorando fora, junto ao sepulcro. Estando ela, pois, chorando, abaixou-se para o sepulcro."
 João 20,11





Podemos lamentar e chorar os mortos, mas não por muito tempo, porém o motivo não é para que o espírito do morto não fique preso aqui, mas para que os vivos não se deixem levar pela depressão.

Na Bíblia ( II Samuel  1, 4.11-12.17-27), lemos que Davi ao receber a notícia da morte de seu amigo Jônatas e de Saul, pai dele, chora e jejua, compondo depois um cântico em honra deles. 

Assim, vemos que lamentar, chorar e permanecer de luto pelos mortos é uma atitude humana e saudável quando feita com moderação:



"4. Que aconteceu?, perguntou Davi. Conta-mo! Ele respondeu: As tropas fugiram do campo de batalha, e muitos homens do exército tombaram. Saul também, e seu filho Jônatas, pereceram!

11. Então tomou Davi as suas vestes e rasgou-as, imitando-o nesse gesto todos os que estavam com ele.
12. Estiveram em pranto, choraram e jejuaram até a tarde por causa de Saul, de seu filho Jônatas, do exército do Senhor e da casa de Israel, que haviam caído sob a espada.

17. Compôs então Davi o seguinte cântico fúnebre sobre Saul e seu filho Jônatas,
18. ordenando que fosse ensinado aos filhos de Judá. É o canto do Arco, que está escrito no Livro do Justo:
19. Tua flor, Israel, pereceu nas alturas! Como tombaram os heróis?
20. Não anuncieis em Get nem o publiqueis nas ruas de Ascalon, para que não exultem as filhas dos filisteus, para que não se regozijem as filhas dos incircuncisos.
21. Montanhas de Gelboé, não haja sobre vós nem orvalho nem chuva! Campos assassinos, onde foi maculado o escudo dos heróis! O escudo de Saul estava ungido não com óleo,
22. mas, com o sangue de feridos, com a gordura de guerreiros, o arco de Jônatas jamais recuou, a espada de Saul jamais brandiu em vão!
23. Saul e Jônatas, amáveis e encantadores, nunca se separaram, nem na vida nem na morte, mais velozes do que as águias, mais fortes do que os leões!
24. Filhas de Israel, chorai por Saul, que vos vestia de púrpura suntuosa, e ornava de ouro vossos vestidos.
25. Como caíram os heróis? Em pleno combate Jônatas tombou sobre as tuas colinas.
26. Jônatas, meu irmão, por tua causa meu coração me comprime! Tu me eras tão querido! Tua amizade me era mais preciosa que o amor das mulheres.

27. Como caíram os heróis? Como pereceram os artilheiros de guerra?"






Como diz a Liturgia da Missa de Finados: 
"para quem tem fé, a vida não é tirada, mas transformada"


Para lembrar uma linda passagem bíblica (João 11,31-45) sobre chorar os defuntos, recordo aqui o fato de os judeus pensarem que Maria ia ao sepulcro chorar seu irmão, ou seja, podemos e devemos visitar o sepulcro de nossos parentes e que até Jesus chorou diante da partida de seu amigo Lázaro, e isso foi visto como sinal de amor:




"Vendo, pois, os judeus, que estavam com ela em casa e a consolavam, que Maria apressadamente se levantara e saíra, seguiram-na, dizendo: Vai ao sepulcro para chorar ali.


Tendo, pois, Maria chegado aonde Jesus estava, e vendo-o, lançou-se aos seus pés, dizendo-lhe: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido.

Jesus pois, quando a viu chorar, e também chorando os judeus que com ela vinham, moveu-se muito em espírito, e perturbou-se.

E disse: Onde o pusestes? Disseram-lhe: Senhor, vem, e vê.
Jesus chorou.

Disseram, pois, os judeus: Vede como o amava.














E alguns deles disseram: Não podia ele, que abriu os olhos ao cego, fazer também com que este não morresse?
Jesus, pois, movendo-se outra vez muito em si mesmo, veio ao sepulcro; e era uma caverna, e tinha uma pedra posta sobre ela.

Disse Jesus: Tirai a pedra. Marta, irmã do defunto, disse-lhe: Senhor, já cheira mal, porque é já de quatro dias.
Disse-lhe Jesus: Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus?

Tiraram, pois, a pedra de onde o defunto jazia. E Jesus, levantando os olhos para cima, disse: Pai, graças te dou, por me haveres ouvido.

Eu bem sei que sempre me ouves, mas eu disse isto por causa da multidão que está em redor, para que creiam que tu me enviaste.

E, tendo dito isto, clamou com grande voz: Lázaro, sai para fora.

E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: 

Desligai-o, e deixai-o ir.

Muitos, pois, dentre os judeus que tinham vindo a Maria, e que tinham visto o que Jesus fizera, creram nele."







Outras passagens bíblicas exemplos de que podemos e devemos chorar e enterrar nossos mortos com dignidade:

 "Meu pai me fez jurar, dizendo: Eis que eu morro; em meu sepulcro, que cavei para mim na terra de Canaã, ali me sepultarás. Agora, pois, te peço, que eu suba, para que sepulte a meu pai; então voltarei.
6 E Faraó disse: Sobe, e sepulta a teu pai como ele te fez jurar.

7 E José subiu para sepultar a seu pai; e subiram com ele todos os servos de Faraó, os anciãos da sua casa, e todos os anciãos da terra do Egito."
Gênesis 50, 5-7


"Então Davi e o povo que se achava com ele alçaram a sua voz, e choraram, até que neles não houve mais forças para chorar. "
1 Samuel 30,4


"Disse, pois, Davi a Joabe, e a todo o povo que com ele estava: Rasgai as vossas vestes; e cingi-vos de sacos e ide pranteando diante de Abner. E o rei Davi ia seguindo o féretro.
E, sepultando a Abner em Hebrom, o rei levantou a sua voz, e chorou junto da sepultura de Abner; e chorou todo o povo."

2 Samuel 3,31-32


"E o sepultaram, e todo o Israel o pranteou, conforme a palavra do Senhor, a qual dissera pelo ministério de seu servo Aías, o profeta."
1 Reis 14,18

Os protestantes usam erradamente e fora do contexto o versículo  "Jesus, porém, disse-lhe: Segue-me, e deixa os mortos sepultar os seus mortos." (Mateus 8,22) para tentar afirmar que não devemos orar, nem chorar os mortos.

O versículo citado por eles não é uma crítica de Jesus ao enterro dos mortos, mas uma crítica aos que procuram segui-lo, mas sempre têm uma desculpa para adiar esse seguimento.  Nesse versículo, mortos possui dois significados, em primeiro plano os que não aderiram o evangelho, mortos espiritualmente, e, em segundo, os que morreram corporalmente.





Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, 
Filipenses 3,20

Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor. 
Filipenses 1,23


13 comentários:

  1. Luisa de Cruz Alta- RS: Minha vó sempre me diz que não é pra chorar pelos mortos pq "atrapalha o descanço deles", mas pq se a gente tem saudade de um amigo ou de um familhiar não pode chorar? Ela me faz me sentir culpada por ter vontade de chorar, mas eu preciso, e agora que li essas maravilhosas palavras desse blog já sei q de nada influencia o Descanço e nem perturba os Espíritos deles, essas coisas de gente Espiríta é pura bobagem, é por isso q o espiritismo não é uma religião, é apenas uma doutrina. Eu sonhei com um amigo meu que está anos falecido, uns 15 anos por aí, e eu acordei em lágrimas chorando e soluçando e me afogava de chorar, me acordei tremendo... Foi tipo uma comunicação "Extra- Corpórea" q eu tive com ele, mas como as imagens q eu tenho dele na minha mente são mt antigas pq eu era mt criança qdo ele faleceu, então ele veio no meu sonho não mt claramente, primeiro eu vi ele criança. depois veio um jovem parecido com ele como um dublê num filme entende? Alguém q fez o "papel dele" pq eu não tinha as imagens claramente na mente, mas era ele... Eu acordei mt triste e chorei mt. era um rapaz mt bom morreu de leucemia com 18 anos, tinha desde os 14, sempre estava na igreja, ele ia ser frei ou padre não sei, mas o fato q por eu ir no cemitério e visitar várias campas de amigos, conhecidos e desconhecidos e nunca ter ido na campa dele ( porque não sei onde ele está sepultado) me deixou mt magoada. Nunca tive coragem de perguntar pra mãe dele onde ela sepultou ele, minha cidade é de médio porte e tem vários cemitérios, e tem um q se chama Parque Jardim do Sossego q as campas são no chão, e algumas lápides deitadas e outras de pé (ao estilo Americano), então eu nunca consegui achar ele, eu sinto q estou em falta com ele, bah, gente eu vou parar, pq eu não consigo enchergar as letras pra digitar de tanto q eu tô chorando... "Nós Que Aqui Estamos Por Vós Esperamos!"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não fique triste ou se sentindo magoada por não encontrar o túmulo de seu amigo para rezar. O mais importante é você demonstrar seu amor em oração a ele suplicando a Deus por seu descanso eterno. Ele escutará onde estiver, no céu ou purgatório, pois "quer vivamos, quer morramos pertencemos ao Senhor" (Romanos 14,8) e quando amamos permanecemos "unidos na morte e unidos na vida" (II Coríntios 7,3), "por isso vivos ou mortos nos esforçamos por agradar ao Senhor" (II Coríntios 5,9).

      Excluir
  2. Podemos chorar, sim. O que não devemos é orar pelos mortos, pois onde estão, no hades ou no paraíso, eles não recebem orações. Conforme está na mensagem acima: aos homens cabe morrer uma só vez, depois... juízo, pelo que ele fez. Outrem não tem poder para minimizar seu sofrimento pela vida errada, nem poderia proporcionar maior prazer pelo prêmio do paraíso. Deus abençoe a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanderlei fischer,
      sua afirmação não bíblica. É bíblico orar pelos mortos e que essa prática é antiga na igreja, descrita até por São Paulo:

      "De outra maneira, que intentam aqueles que SE BATIZAM EM FAVOR DOS MORTOS?
      Se os mortos realmente não ressuscitam, por que se batizam por eles?"
      (I Coríntios 15,29)


      Na II carta a Timóteo (1,16-18), São Paulo também reza por

      um amigo que pelo contexto deduzimos ter morrido:



      "16. O Senhor conceda sua misericórdia à casa de Onesíforo, que muitas vezes me reconfortou e não se envergonhou das minhas cadeias!


      17. Pelo contrário, quando veio a Roma, procurou-me com solicitude e me encontrou.
      18. O Senhor lhe conceda a graça de obter misericórdia junto do Senhor naquele dia. Sabes melhor que ninguém quantos bons serviços ele prestou em Éfeso."

      Por Paulo somente citar Onesíforo no pretérito, por saudar sua família e por pedir misericórdia para ele "naquele dia" (2 Timóteo 1,18), alguns estudiosos acreditam que Onesíforo já estivesse morto quando a epístola foi escrita.

      Adicionalmente, em 2 Timóteo 4,19, Paulo saúda diretamente Priscila e Áquila e a família de Onesíforo, mas não ele, evidenciando-se assim que estava morto.

      Rezar pelos falecidos mostra nossa fé na ressurreição:


      "e puseram-se em oração, para implorar-lhe o perdão completo do pecado cometido. O nobre Judas falou à multidão, exortando-a a evitar qualquer transgressão, ao ver diante dos olhos o mal que havia sucedido aos que foram mortos por causa dos pecados." (II Macabeus 12,42)

      "era esse um bom e religioso pensamento; eis por que ele pediu um sacrifício expiatório para que os mortos fossem livres de suas faltas."
      (II Macabeus 12,46)

      Não é porque a pessoa já morreu que não posso rezar por ela.
      Você pensa como se Deus fosse limitado ao nosso tempo.
      A oração que faço hoje, Deus pode usar em favor dos mortos, pois o tempo para Deus não existe. Ninguém sabe o que se passou no momento da morte de A ou B, se houve arrependimento ou não. Não podemos julgar, mas podemos rezar.

      Deus vai te castigar se você rezar por um falecido?
      Tem escrito na Bíblia: é proibido rezar pelos mortos?
      NÃO!

      Tem escrito n Bíblia que os cristãos oravam pelos mortos?

      SIM.
      O Batismo "é um pedido a Deus para obter uma boa consciência, em virtude da ressurreição de Jesus Cristo.”
      (1Pedro 3, 21)

      E era isso que os cristãos faziam:

      "De outra maneira, que intentam aqueles que SE BATIZAM EM FAVOR DOS MORTOS?
      Se os mortos realmente não ressuscitam, por que se batizam por eles?"
      (I Coríntios 15,29)

      Reze pelos seus entes queridos, você estará apenas demosntrando amor e esperança em Deus.

      Excluir
  3. 17 Geme, porém, em silêncio; não faças lamentação pelos mortos; ata na cabeça o teu turbante, e mete nos pés os teus sapatos; não cubras os teus lábios e não comas o pão dos homens. EZEQUIEL CAP 24 ,OS MORTOS QUE MORREREM EM CRISO SERÃO ARREBATADOS NO DIA DO ARREBATAMENTO DA IGREJA, QUE ELES RESSURGIRÃO PRIMEIRO.MAS O JULGAMENTO SERÁ PARA DEPOIS DA GRANDE TRIBULAÇÃO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você cita um versículo de Ezequiel 24,17 e esquece toda a Bíblia? Jesus chorando Lázaro? Joga fora Abraão, Davi, e todos os personagens bíblicos que choraram seus mortos?

      Ezequiel 24 fala em um determinado contexto sobre o rei da babilônia e Jerusalém, fala em parábolas (Ez 24,1-3).
      Nada a ver com proibição de chorar mortos. Leia melhor sua Bíblia

      Estude com a Igreja Católica que você aprende mais, pois foi Ela quem fez a lista da Bíblia e disse para o mundo que era sagrada e deu o nome de Bíblia a esse livro. Sabia?

      Sabia que a doutrina do arrebatamento é uma invenção?
      Sabia que durante mais de 1800 anos nenhum cristão pregava isso?
      Sabia que tudo isso é distorção dos textos bíblicos?
      TODOS MORREREMOS E SEREMOS JULGADOS POR DEUS:

      "10. Porque teremos de comparecer diante do tribunal de Cristo. Ali cada um receberá o que mereceu, conforme o bem ou o mal que tiver feito enquanto estava no corpo"
      (II Coríntios capítulo 5)

      Leia:
      http://rezairezairezai.blogspot.com.br/search/label/O%20ARREBATAMENTO

      Excluir
    2. A Invenção do Ensino do Arrebatamento Pré-Tribulacionista- Visão Calvinista

      O ensino de um arrebatamento secreto pré-tribulacional é uma doutrina que nunca existiu antes de 1830.

      O arrebatamento pré-tribulacional veio à existência mediante uma exegese cuidadosa da Escritura? Não!

      A primeira pessoa a ensinar a doutrina foi uma jovem chamada Margaret Macdonald. Margaret não era teóloga nem expositora bíblica, mas uma profetiza da seita Irvingita.

      O jornalista cristão Dave MacPherson escreveu um livro sobre o assunto da origem do arrebatamento secreto. Ele escreve: “Temos visto que uma jovem escocesa chamada Margaret Macdonald teve uma revelação particular em Port Glasgow, Escócia, no começo de 1830, de que um grupo seleto de cristãos seria capturado para encontrar Cristo nos ares, antes dos dias do Anticristo.

      Uma testemunha ocular, Robert Norton M.D., preservou o relato escrito a mão por ela da sua revelação de um arrebatamento pré-tribulacional em dois de seus livros, e disse que foi a primeira vez que alguém dividiu a segunda vinda em duas partes ou estágios distintos.

      Seus escritos, juntamente com muitas outras literaturas da Igreja Católica Apostólica (PROTESTANTE), ficaram escondidos por muitas décadas do pensamento evangélico dominante, e apenas recentemente reapareceram.

      Dentro de poucos meses sua concepção profética distintiva foi refletida na edição de setembro de 1830 do The Morning Watch e na primeira assembléia dos Irmãos em Plymouth, Inglaterra.

      Os primeiros discípulos da interpretação pré-tribulacionista freqüentemente a chamavam de
      uma "nova doutrina”.

      John Nelson Darby (1800-1882), que foi o líder do movimento Irmãos e “pai do Dispensacionalismo moderno”, tomou o novo ensino de Margaret Macdonald sobre o arrebatamento, fez algumas mudanças (ela ensinava um arrebatamento parcial de crentes, enquanto ele ensinava que todos os crentes seriam arrebatados) e incorporou-o em seu entendimento dispensacionalista da Escritura e profecia. Darby gastaria o resto de sua vida falando, escrevendo e viajando para espalhar a nova teoria do arrebatamento.

      Os Irmãos de Plymouth admitiam abertamente e até mesmo se orgulhavam do fato que entre os seus ensinos estavam alguns totalmente novos, que nunca tinham sido ensinados pelos pais da igreja, escolásticos medievais, reformadores protestantes e muitos outros comentaristas.

      Porém, o maior responsável pela ampla aceitação do pré-tribulacionismo e dispensacionalismo entre os evangélicos foi Cyrus Ingerson Scofield (1843-1921). C. I. Scofield publicou sua Bíblia de Referência Scofield em 1909. Essa Bíblia, que expunha as doutrinas de Darby em suas notas, se tornou muito popular em círculos fundamentalistas.

      Na mente de muitos – professores da Bíblia, pastores fundamentalistas e multidões de cristãos professos – as notas de Scofield eram praticamente igualadas à própria palavra de Deus.

      Se uma pessoa não aderia ao esquema dispensacionalista e pré-tribulacional, ele ou ela seria quase que automaticamente rotulado de modernista.

      Hoje existe uma abundância de livros advogando a teoria do arrebatamento pré-tribulacional e o entendimento dispensacionalista dos fins dos tempos. Aliado ao fato que entre os cristãos professos o arrebatamento pré-tribulacional é freneticamente popular.

      Porém, uma comparação dessa teoria com os argumentos oferecidos pela Bíblia demonstra a falácia dessa falsa doutrina."

      VEJA EM:
      http://defesadafesoasescrituras.blogspot.com.br/2013/04/a-invencao-do-ensino-do-arrebatamento.html

      Excluir
  4. Na bíblia diz quanto tempo se deve chorar pelos mortos? Existem pessoas que param de viver sua vida por isso, camisas, santinhos, messa de 7°dia, 15 dias, 30 dias, 2 meses, 1 ano, 10 anos e por aí vai.. bem, quem quiser fazer isso que faça, eu particularmente não acho saudável. E sim, entes queridos meu já partiram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LEU NADA, NÉ? COMENTAR SEM LER NÃO, POR FAVOR!

      REPETINDO O QUE DIZ A BÍBLIA:

      LIVRO DO ECLESIÁSTICO:


      "16. Meu filho, derrama lágrimas sobre um morto, e chora como um homem que sofreu cruelmente. Sepulta o seu corpo segundo o costume, e não descuides de sua sepultura.

      17. Chora-o amargamente durante UM DIA, por causa da opinião pública, e DEPOIS CONSOLA-TE de tua tristeza;
      18. TOMA LUTO segundo o merecimento da pessoa,UM DIA OU DOIS, para evitar as más palavras.
      19. Pois a tristeza apressa a morte, tira o vigor, e o desgosto do coração faz inclinar a cabeça.
      20. A tristeza permanece quando (o corpo) é levado; e a vida do pobre é o espelho de seu coração.
      21. NÃO ENTREGUES TEU CORAÇÃO À TRISTEZA, mas afasta-a e lembra-te do teu fim.
      22. Não te esqueças dele, porque não há retorno; de nada lhe servirás e só causarás dano a ti mesmo.
      23. Lembra-te da sentença que me foi dada: a tua será igual; ontem para mim, hoje para ti.
      24. Na paz em que o morto entrou, deixa repousar a sua memória, e conforta-o no momento em que exalar o último suspiro."


      O CRISTÃO CATÓLICO VERDADEIRO NÃO PODE SER TRISTE COM A MORTE, POIS ELA É PASSAGEM PARA O CÉU.

      NÃO CONFUNDA SER TRISTE COM REZAR PELOS MORTOS OU FAZER SUA MEMÓRIA ( MISSA DE 7º, 30º DIA, 1 ANO, ETC.).

      REZAR PELOS MORTOS DEMONSTRA CARIDADE E É UMA DAS OBRAS DE MISERICÓRIDIA ESPIRITUAIS.

      ASSIM, COMO DEVEMOS AJUDAR OS QUE SOFREM NESTE MUNDO FAZENDO CARIDADE, DEVEMOS AJUDAR OS QUE SOFREM NO OUTRO MUNDO (NO PURGATÓRIO) ORANDO POR ELES.

      COMO NÃO SABEMOS QUEM ESTÁ NO PURGATORIO, NO CÉU OU NO INFERNO, ORAMOS POR TODOS.

      Excluir
  5. Estou Grávida de 8 meses e acabei de perder minha Mãe, ta sendo muito dolorido conviver com sua ausência. Embora eu sei que ela esta sempre ao meu lado. Mas não pode me despedir dela. Meu estado emocional não me deixou vijar de avião para ve-la. Eu sei o quanto a amava e quanto ela me amava e esperava essa netinha. Ela morreu faltando 20 dias pro meu aniversário, e menos de dois meses para minha pequena nascer, já estava tudo certo para ela vim cuidar de mim, mas Deus a chamou primeiro. Eu choro muito, sinto tanto a sua falta. Me falam para não chorar pq se não ela não descansa, mas a saudade é grande. É uma dor que não passa. Mas eu rezo sim por ela, que Deus a protega do seu lado sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não liguem para o ue dizem, Joelma, você tem todo direito de chorar, colocar para fora o que você sente.
      Como diz a Bíblia " Jesus chorou a morte de seu amigo, Lázaro", por que você não pode chorar a de sua Mãe?
      Chore de saudade, mas tenha essa certeza que ela está sempre perto de você e quer que você continue inteira, firme para se dedicar a essa criança que vai chegar.
      Tenha fé que Deus sempre sabe o melhor para todos nós. Às vezes, é difícil percebermos isso num momento de dor, mas o tempo nos mostrará isso.
      E reze pela alma dela sim, é o mínimo que podemos fazer: pedir a Deus que guarde quem amamos. Não custa orar, a oração é falar com Deus. Por que não falarmos o que desejamos e sentimos com nosso Pai? Que sua Mãe descanse em paz e você tenha forças para sua missão na terra: ser Mãe. Deus te abençoe!

      Excluir
  6. Eu acredito que chorar faz mal à saúde, pois sentimos uma série de desconfortos desde uma dor de cabeça até uma depressão!Porque quando estamos vivos é que devemos comemorar sem brigas, confusões... Essa coisas só nos afasta da felicidade que é encontarda numa vida feliz e tranquila. Somente em Jesus Cristo é que encontramos esse caminho. Não deveriamos perder tempo com a morte, mas sim aproveitar cada segundo vivendo no paraíso que Deus nos deu, porque não amamos o próximo como a nós mesmos,sem deixarmos tudo para o fim e lamentar apenas num enterro dizendo tudo que não fizemos e que deixarmos tudo para esse dia? pense nisso e viva o carpe diem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada um é livre para decidir chorar ou não. O que não se pode É IMPOR A VISÃO DE QUE CHORAR FAZ MAL. Na verdade, a Psicologia diz que há pessoas que sofrem posteriormente por não chorar num determinado momento e guardar isso dentro de si, isso com relação a qualquer aspecto da vida.
      JESUS CHOROU A MORTE DE LÁZARO, mas Jesus nos ensinou também que após a morte existe ressurreição. Então, crer em Jesus, na ressurreição, não exclui , nem significa que não devo chorar ou não precise, ou não pode. SOMOS LIVRES. CHORE QUEM PRECISA CHORAR. NÃO CHORE, SE SENTE QUE NÃO PRECISA. IMPÔR ALGO: NUNCA!

      Excluir