quinta-feira, 1 de novembro de 2012

PORQUE E PARA QUE REZAR E CELEBRAR MISSA PELOS MORTOS? CUIDADOS COM OS DEFUNTOS





Orar pelos mortos é uma prática antiga como lemos na Bíblia:
 "Eis por que ele [Judas Macabeu) mandou oferecer esse sacrifício expiatório pelos que haviam morrido, a fim de que fossem absolvidos de seu pecado" (2Mc 12,46).

"De outra maneira, que intentam aqueles que se batizam em favor dos mortos ? Se os mortos realmente não ressuscitam, por que se batizam por eles? "
( I Cor 15,29) 

  

 Se os filhos de Jó foram purificados pelo sacrifício de seu pai (Jó 1,5) que deveríamos duvidar de que nossas oferendas em favor dos mortos lhes levem alguma consolação? 

Não hesitemos em socorrer os que partiram e em oferecer nossas orações por eles:

"Dá de boa vontade a todos os vivos, 
e não recuses este benefício a um morto"
 ( Eclo 7,37 )






AS PENAS DEVIDAS PELO PECADO.


Todo pecado, mesmo leve,  exige purificação ou reparação (2Sam 12, 13-14. 17-18; jon 1,12).

Uma conversão que procede de uma ardente caridade pode chegar à total purificação do pecador, de tal modo que não haja mais nenhuma pena (Lucas 23,43).


   O perdão do pecado nos dá remissão das penas eternas, mas permanecem as penas temporais do pecado (2Sam 12, 13-14. 17-18; jon 1,12)
 
O pecador deve fazer alguma coisa a mais, além de se arrepender, para reparar seus erros: deve "satisfazer" de modo apropriado ou "expiar" seus pecados, através da "penitência".

 A penitência é a demonstração de seu arrependimento (Jon 3, 6-8).






AS PENAS DEVIDAS PELO PECADO: O PURGATÓRIO



Uma alma justa que morre em santidade e não tem nada a purificar receberá a recompensa ( 2 COR 5,10; RM 14,10), do céu:
 

  Se permanecer a obra que alguém sobre ele (Jesus) edificou, esse receberá galardão. (I Cor 3,14)


Uma alma justa que morre sem se purificar totalmente das penas temporais do pecado não pode entrar no céu ( Sl 14 ; Hb 12, 22-23 ; Mt 5,8 ) ," ela será salva passando de alguma maneira pelo fogo" (1 Cor 3,15) ficando assim num estado de purificação.

 Estado chamado de Purgatório. 

O Purgatório é um estado de purificação, de aguardo para entrar no céu (Lc, 12, 58-59; I Pe 3, 18-19 ; 4, 6 ), dali não se sai até pagar tudo o que deve ( Mt 5,22.25-26;Lc, 12, 58-59) quanto às consequências temporais do pecado não expiadas em vida (2Sam 12, 13-14. 17-18; jon 1,12; Mt 12,32), pois Jesus nos perdoa da culpa eterna, mas devemos expiar ou reparar o que fizemos de errado, sendo salvo de alguma maneira através do fogo ( I Cor 3, 10-15) a expiação das consequências e danos de nossos delitos.
 

Jesus nos disse que "se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste mundo, nem no vindouro " (Mt 12,32) dando-nos a entender que certas faltas podem ser perdoadas no presente e outras no século (mundo) futuro, o mundo dos mortos pois:


Já que os filhos de Jó foram purificados pelas preces de seu pai (Jó 1,5), nossas orações e súplicas pelas pessoas que estão no Purgatório as ajudarão a alcançar a purificação necessária (2Mc 12,46; I Cor 15,29) para sairem desse estado de prisão (Lc, 12, 58-59; I Pe 3, 18-19 ; 4, 6 ) e entrarem na santidade do céu.

 Devemos orar por todo  mundo (I  Tim 2,1; ICor 13,5) e  o que fazemos de bom redunda em benefício para todos na Igreja (ICor 12,26-27).

Todos os cristãos mortos e vivos permanecem unidos num único corpo (Rm 14,8; Gl3,27-28), que é o corpo de Cristo, a Igreja.

  Assim, todas as nossas boas obras e orações podem beneficiar os mortos (ICor 12,26-27) que aguardam entrar no céu estando em purificação (  I Pe 3, 18-19 ; 4, 6 )

Podemos oferecer a Deus pelos mortos nossas orações, nossas boas ações (I Ped 4,8), penitências e esmolas (Tob 4, 7-12; Eclo 3,33-34 At  10,4; Heb 13,16).

A esmola nos faz encontrar graça aos olhos de Deus e podemos pedir pelos que já se foram.

A Missa é o oferecimento ao Pai do sacrifício de seu Filho (I Cor 10,16), feito uma só vez e renovado em nossos altares (ICor 11,26), daí ser a melhor oração que possamos oferecer pelos defuntos.

As velas simbolizam nossas orações, é um símbolo concreto de nosso pedido.

Como não sabemos se as almas de nossos parentes  já estão no céu, no inferno, ou no purgatório, podemos e devemos rezar por elas. 

Se estiverem no purgatório, nossas orações servirão de purificação.

Se estiverem no céu, nossas orações servirão para as lembrar de rezar por nós, já que oramos por elas.

Se estiverem no inferno, nossas orações serão nosso próprio consolo.




  






3 comentários:

  1. peço oração intercessão pela alma de meu pai+Vicente Pitta, pela alma de meu tio+João Paulo Antunes.pelos familiares falecidos, tios avós avos, todos da minha familia Pitta, Familia Mota, Familia Antunes.Amém.

    ResponderExcluir
  2. Peço oração pela alma de meus pais, Ole Mynster Fischer e Ritva Sinikka Fischer, todos da famíla Fischer e Fischer de Moraes. Grata,Amém.

    ResponderExcluir
  3. Decanso eterno dai-lhes, Senhor.
    Que a luz perpétua os ilumine.

    Decanso eterno dai-lhes, Senhor,
    Da laz perpétua o resplendor

    ResponderExcluir