sábado, 15 de setembro de 2012

SÃO COSME E DAMIÃO NA BÍBLIA - LEMBRAR DOS SANTOS E PEDIR-LHES INTERCESSÃO



 



Ao lembrar Cosme e Damião "a luz deles resplandece diante dos homens, e vendo suas boas obras,  glorificamos ao nosso Pai, que está nos céus "(Mt 5,16).
  








Devemos imitar os Santos Cosme e Damião "pois  pela fé e paciência herdaram as promessas "(Hb 6,12) e diante do Pai (Apo 7,15) apresentam nossas orações (Ap 5,8), intercedendo por nós unindo suas orações (1 Tim 2,1) ao único Mediador de nossa Salvação Jesus Cristo (I Tim 2,5).
 




Recorrer aos Santos é uma prática que agrada a Deus, como Ele quis que o povo recorresse à mediação de Jó, Moisés,  os profetas e os Apóstolos (At 18,11-12), pois diz a escritura que: 


 "...a oração do justo, sendo fervorosa, pode muito" (Tgo 5, 16) 

"O Senhor está longe dos maus, mas atende a oração dos justos" (Pr 15,29) 

Daí a intercessão deles serem tão preciosas para nós. 

Pois se os vivos podem interceder por nós (1 Tim 2,1) , os mortos em Cristo, justificados por sua graça e que testemunharam a fé no Senhor (Apo 6, 9-11) , continuam a orar por nós na outra vida diante de Deus (Apo 7,15), pois " Deus não é Deus dos mortos, mas dos vivos porque todos vivem para Ele” (Lc 20, 37-38).


Nada melhor que um justo diante do Pai orando por nós, que um pecador. A oração deles tem mais poder (Tgo 5, 16).

São Cosme e São Damião são modelos de vida e de oração, pois ,como médicos , passaram a vida curando doentes sem receber um centavo pelo serviço prestado, aproveitando-se também para divulgar a fé cristã entre aqueles que se recuperavam das doenças.



 




Assim cumpriram com a Palavra do Senhor que diz:


 "Vinde, benditos de meu Pai. Possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
35 porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me deste
s de beber; era forasteiro, e me acolhestes;
36 estava nu, e me vestistes; adoeci, e me visitastes; estava na prisão e fostes ver-me." (Mt 25, 34-36)



Além de testemunharem com boas obras a fé em Cristo, aceitaram ser barbaramente torturados por negarem-se a adorar os deuses pagãos e foram condenados à morte, recebendo a coroa do martírio, pois "Bem-aventurados são os injuriados e perseguidos por causa de Cristo, porque é grande o prêmio deles nos céus; porque assim perseguiram aos profetas" (Mt 5, 11-12).




 













São Cosme e São Damião "foram odiados por causa do nome de Jesus, mas  perseveraram até o fim, e foram salvos" (Mt 10, 22) e "não temeram os que matam o corpo, e não podem matar a alma; temeram antes aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo" (Mt 10, 28).





Mas também é conhecido que, antes da morte por decapitação, Cosme e Damião resistiram milagrosamente a pedradas, flechadas e afogamentos, pois  "aquele que crê em Cristo,  fará as obras que ele fez, e as fará maiores do que elas; porque Cristo está junto do Pai" (Jo 14,12).



 


Cercados "com tal nuvem de testemunhas ao nosso redor, que são nossos Santos, e entre eles Cosme e Damião, devemos  rejeitar todo pecado que nos envolve, e correr com perseverança para o céu que nos é proposto” (Hb 12,1). 









 Pois a escritura nos diz que:
 " Disse-lhes Jesus: Se sois filhos de Abraão, fazei as obras de Abraão." (João 8,39)

Do mesmo modo, se somos devotos de São Cosme e São Damião, devemos nos esforçar por fazer as obras que eles fizeram, amando a Deus acima de todas as coisas e o próximo como a nós mesmos.
 



Nenhum comentário:

Postar um comentário