segunda-feira, 2 de julho de 2012

NOSSA SENHORA DOS REMÉDIOS OU DO BOM REMÉDIO - HISTÓRIA MILAGRES E GRAÇAS















Encontrei datas comemorativas diversas. Alguns festejam Nossa Senhora dos Remédios em 30 de outubro, 18 de Agosto, 08 de setembro, etc.


Do mesmo modo encontrei imagens diferentes de Nossa Senhora dos Remédios. 

Muitas fugindo da iconografia que é a bolsa do remédio que Nossa Senhora oferece a São João da Mata.

A devoção a Nossa Senhora dos Remédios em Portugal foi introduzida por religiosos franceses da Ordem Hospitalar da Santíssima Trindade, que estiveram em Lisboa no início do século XIII. 



A finalidade da ordem era a redenção dos cativos no oriente que elegera Nossa Senhora dos Remédios como sua padroeira. 

A confraria espalhou-se pela Europa, especialmente na Península Ibérica. 

Até ao século XVIII já havia libertado 900.000 prisioneiros.



















Conta-se que São João da Mata e São Félix de Valois fundaram aquela ordem para a libertação dos cativos, em grande número na época, e, não tendo dinheiro para o fim em vista, lhes apareceu Nossa Senhora, entregando-lhes uma bolsa cheia. 




Desta maneira deu "remédio" a uma grave situação.A palavra remédio na Idade Média não tinha o mesmo valor que tem hoje, significava, redenção, resgaste.

A partir daí começaram a dar à Virgem Santíssima, o nome de Nossa Senhora dos Remédios.





 






Talvez por isso as imagens da Senhora dos Remédios aparecem com a mão direita estendida, como quem oferece algo, enquanto a esquerda segura o Menino, fonte de poder contra todos os males.










A intercessão de Maria sempre foi algo presente na Igreja desde o 

início de nossa fé nos primeiros séculos e é biblicamente possível,

 pois após a morte todos os 

Santos estão diante de Deus (Luc 16,22; 20,38; 23,42; Fil 1,23; II 

Cor 5,1; Apo 7,15; 14,4) e podem interceder por nós, como 

mediadores secundários que somos ( I Jo 5,16; Tg 5,16; I Tim 2,1; 

Fil 1,19; II Cor 1,11), pois no céu oram, louvam e servem a Deus 

sem cessar (Apo 6,9ss; 7,4ss;14,1ss; Luc 16, 19ss;II Mac 

4,30;15,12-14).




 Eles intercedem apoiando-se em Cristo, que vive para interceder e 

é o Único Mediador de nossa Salvação ( I Tim 2,5; Heb 7,25; 8,6). 

Jesus é a Cabeça do corpo místico da Igreja 

da qual todos os Santos fazem parte 

(I Cor 12,12.20) ,

vivos e mortos 

(Rom 14,8;II Cor 5,9; Luc 20,38; I Tes 5,10) , 

pois a morte não nos separa do Senhor (Rom 8,38-39), 

ao contrário, nos une ( II Cor 5,6-8; I Tes 5,10; Fil 1,23).









A devoção a Maria, sob a invocação de Nossa Senhora dos Remédios é muito antiga e querida do povo Português. 

De Norte a Sul do País encontram-se múltiplas expressões e exemplos dessa dedicação. 

A atestá-lo estão não apenas as freguesias que a tomaram como orago, mas os santuários e as muitas capelas construídas que lhe são dedicadas, o número de imagens espalhadas pelo País e as festas que em sua honra se celebram.
No Patriarcado de Lisboa a Paróquia de Carcavelos é um dos exemplos.
(Cfr. P. José do Vale Carvalheira, Nossa Senhora na história e devoção do povo português, Ed. Salesianas)







 


CURADA DE CÂNCER:
E entre os relatos mais comoventes recebidos na igreja está o de uma moradora de Campo Grande,a professora Claudete Mercedes de Oliveira Santos,de 52  anos. 

Foram nove meses de luta contra um câncer na garganta, diagnosticado em 2007.

Ela contou que estava praticamente desenganada. Precisou passar por uma delicada cirurgia e tratamento de iodoterapia no Rio de Janeiro. No final de tudo, quando recebeu do médico o laudo que comprovava a sua cura, ela chorou muito e comemorou com familiares e amigos. Ela veio de Campo Grande, onde mora, e pagou a promessa que havia feito à Nossa Senhora dos Remédios durante uma missa e participou de uma peregrinação que a imagem da santa fez a Corumbá, em 2008.

 E este ano estará de volta a Ladário para manter sua devoção. “Fiquei sem voz, não podia mais cantar os cânticos de louvor durante as missas, e orei para que Nossa Senhora me devolvesse a fala. Fui atendida, contou.
Claudete contou que em nenhum momento, durante o tratamento contra o câncer, sentiu-se sozinha. 

“Estive sempre acompanhada pela imagem de Nossa Senhora dos Remédios. Eu sentia a sua presença, principalmente quando fiquei três dias isolada em um quarto do hospital no Rio de Janeiro, sem janela, sem poder me comunicar com ninguém lá fora", descreveu. “Eu sabia que ela tinha o manto dela sobre mim‭". 

A professora nasceu e cresceu em Ladário,onde ainda moram a única filha, Kate, e outros familiares, e, desde pequena, acostumou-se a orar por Nossa Senhora dos Remédios. Ela já pagou outras tantas promessas pela saúde da filha Kate, que hoje é bancária em Corumbá.

" A cura do câncer foi apenas um milagre, nossa família recebeu muitos outros milagres, Nossa Senhora está presente com seu manto protetor em nossas vidas€­", ressalta Claudete." Chego sábado em Ladário e vou direto pra a Santa Missa no Santuário" ,acrescentou, por telefone, ainda em Campo Grande.







"Bendita sois vós entre as mulheres,
 e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus."
 (Lc1,41)







 

CURADA DE  CRISES EPILÉPTICAS:
Shirley Ribeiro de Arruda, de 43 anos, atribui aos poderes da santa o controle das crises de epilepsia.€­" Há uns quatorze anos, eram crises tão fortes que eu tinha de ser internada e ficava horas desacordada. Com minha devoção à Nossa Senhora, as crises foram desaparecendo e hoje vivo em paz€­",€­ contou ela, que também trabalha como voluntária no Santuário e ora diariamente diante da imagem da santa em casa. "Ela mudou minha vida‭", atesta.









 
DOENÇA CONTROLADA:

 "Há alguns anos, minha família foi pega de surpresa com a notícia de que um sobrinho estava com a doença de Lúpus. Foi um grande choque e desespero também.
  A nossa única saída foi recorrer àquela que atende aos enfermos, Nossa Senhora dos Remédios. 

Hoje, meu sobrinho está vivo e com a graça de nossa intercessora, a doença estagnou, não evoluiu e meu sobrinho tem uma vida bem melhor. Em troca da saúde dele, toda a família fez uma promessa, de que todos os anos, entregaríamos folhetos com a imagem e a oração de Nossa Senhora dos Remédios durante o dia dela, e assim fazemos. 

Esse foi o maior milagre que ela fez por nossa família e todos os anos, toda a família participa de sua festa. Ajudamos participando das barracas, é uma alegria, e uma satisfação contarmos com a ajuda dela em nossas vidas", revelou a devota Ana Maria de Souza, 50 anos.







"Donde me vem 
que a mãe de meu Senhor
 me visite?" 
(Lc 1,43)








CURA DE DOENÇAS PSIQUIÁTRICAS

Quero dizer que estou muito feliz. Porque desde que recebi a novena de Nossa Senhora dos Remédios e comecei a fazer a novena, eu encontrei a verdadeira paz.

Vivia a muitos anos passando com meu filho nos psiquiatras, quanto mais remédios tomava, mais se agravava o problema.

Hoje eu posso dizer que Nossa Senhora curou o meu filho no primeiro dia que comecei a fazer a novena.
Vi o resultado da grande graça que meu filho recebeu nesse mesmo dia.

Antes de receber a novena, eu já tinha ligado para uma clínica para ver uma internação no Hospital psiquiatra e depois não precisou, porque Nossa Senhora me tirou desta aflição. Ela me ajudou e fortaleceu o espírito do meu filho. Hoje ele dorme bem, esta calmo e deixou de tomar dois tipos de remédios, pela graça de Nossa Mãezinha querida e amorosa, Nossa Senhora....






 ORAÇÃO:

Virgem Soberana do Céu e da Terra, estrela resplandecente, Senhora dos Remédios.
Sede em meu favor Mãe de Deus.
Sede o remédio eficaz aos meus males, às minhas aflições, aos meus martírios, aos meus trabalhos, 
livrai-me da peste, enxugai-o meu prato, alivia-me desta dor que sofro, deste perigo em que estou, desta cilada que me armaram, defendei a minha justa causa,

 lançai os vossos misericordiosos olhos em torno de mim, o mais indigno e infiel pecador, 

lançai Virgem Santíssima,
  sobre mim os vosso olhos de piedade com aquela ternura que lançastes ao Sacrossanto cadáver de Vosso adorado Filho Jesus Cristo quando vos entregaram tão cruelmente maltratado.
Se vos compadecestes destes ingratos algozes, 

como não fareis a mim que choro, que clamo contra tanta impiedade com Deus tão bondoso!

 Rogai, 
Senhora dos Remédios,
 ao vosso amantíssimo Filho, 
por mim pecador, para que possa, 
sem receio, entrar nesta celestial corte onde reinais para sempre.
Amém.
Rezar três Pai-Nossos, três Ave-Marias à Nossa Senhora dos Remédios.


 








“À vossa proteção recorremos Santa Mãe de Deus. 
Não desprezeis as nossas súplicas Em nossas necessidades,
 Mas livrai-nos sempre de todos os perigos, 
Ó Virgem gloriosa e bendita!”. 




A oração acima ,“Sub tuum praesidium” (À vossa proteção),
 é a mais antiga oração 
a Nossa Senhora que se conhece. 


 Encontrada num fragmento de papiro, 
em 1927, no Egito, 
remonta ao século III. 




 Maria é verdadeiramente Mãe de Deus, 
pois foi dela que nasceu Jesus (Mt 1, 16) (Gal 4,4) , 
o nosso Senhor (Lc1,43), 
Filho de Deus (Lc1,35) 
Deus (Jo 1,1), (Jo 5,18) 
com o Pai e o Espírito Santo (Mt 28,19).





FONTES:

http://www.paroquiadecarcavelos.com/index.php?option=com_content&view=article&id=142&Itemid=138

http://www.diarionline.com.br/?s=noticia&id=6625


Um comentário: