domingo, 8 de julho de 2012

LUTERO, PAI DO PROTESTANTISMO, ERA DEVOTO DE SANTA ANA























Pesquisando sobre Santa Ana, sua história, culto, devoção , milagres e devotos, não poderia deixar de fazer uma postagem sobre Martinho Lutero, conhecido como o pai do protestantismo, e de sua controvertida devoção à Mãe de Maria, Avó de Jesus.


  Martinho Lutero nasceu em Eisleben, na Alemanha, em 10 de novembro de 1483.
A família mudou-se para Mansfeld.
 
Seu pai tornou-se mineiro, devoto de Santa Ana, que é a santa cuidadora dos mineiros. 



Por isso, Lutero também a venerou.

  Durante uma terrível tempestade, quando voltava de visitar seus pais. Não havia abrigo próximo. Os céus estavam em brasa, os raios rasgavam as nuvens a cada instante. 

De repente um raio caiu ao seu lado. Lutero, tomado de grande susto, e sentindo-se perto do Inferno, prostrou-se gritando: 

Sant'Ana, salva-me e tornar-me-ei monge!”.

Lutero chamava a esse incidente “
A minha estrada, caminho de Damasco” e não tardou em cumprir a sua promessa feita a Sant'Ana. 


Convidou então os seus colegas para cearem com ele. Depois da refeição, enquanto eles se divertiam com palestras e música, repentinamente anunciou-lhes que dali em diante poderiam considerá-lo como morto, pois ia entrar para o convento.

 Debalde os seus companheiros procuraram dissuadi-lo do seu plano. Na escuridão da mesma noite, o moço, antes de completar vinte e dois anos, dirigiu-se ao convento dos agostinianos e bateu à porta, e Lutero entrou para os monges.

 O professor admirado e festejado, a glória da universidade, aquele que passara os dias e as noites curvado sobre os livros, tornara-se irmão agostiniano!



 

Assim se justificou Lutero: “Fiz a promessa a Sant'Ana, para salvar a minha alma. Entrei para o convento e aceitei esse estado espiritual somente para servir a Deus e ser-lhe agradável durante a eternidade”.







 Mais tarde, após ter se colocado contra a Igreja , Lutero refutou a devoção a Santa Ana, alegando que ela não possuía base bíblica, atacou , principalmente, as imagens de Ana com Jesus e Maria, favorita dos pintores renascentistas.





 




 Santa Ana, a Virgem e o menino, de leonardo da Vinci.










Algo que me chamou a atenção é que Lutero negou a doutrina da Igreja por afirmar que só acreditava na Bíblia, como único argumento de fé , e por ironia as imagens de Santa Ana, de quem ele era devoto, mostram ela ensinando as escrituras sagradas a sua filha a Virgem Maria.





 




 São Joaquim, Maria e Santa Ana







Uma das frases de Lutero sobre sua crença exclusiva na Bíblia é dita ao o núncio do Papa:

 “Se não me refutardes pelo testemunho das Escrituras ou por argumentos – desde que não creio somente nos papas e nos concílios, por ser evidente que já muitas vezes se enganaram e se contradisseram uns aos outros – a minha consciência tem de ficar submissa à Palavra de Deus. Não posso retratar-me, nem me retratarei de qualquer coisa, pois não é justo nem seguro agir contra a consciência. Deus me ajude! Amém”.

Com certeza, Lutero desconhecia a importância da tradição da Igreja, pela qual Santo Agostinho , no séc. IV, já dizia :

"Eu não acreditaria no Evangelho, se a isso não me levassa a autoridade da Igreja Católica."



É claro que a Bíblia é a palavra de Deus, mas quem afirmou isso foi a própria Igreja, a mesma que conservou  as escrituras, e decidiu desde os primeiros séculos quais os livros inspirados. 

No entanto, para entender a Bíblia não basta a livre interpretação, é preciso ouvir a Tradição e o Magistério ( conjunto dos bispos reunidos com o Papa e os concílios realizados).

Lutero estava certíssimo em combater os desvios cometidos pelos padres em sua época, vendendo indulgências, relíquias, bênçãos, e com certeza, ele também estaria horrorizado com essa mesma prática realizada, ainda hoje, em algumas igrejas evangélicas, que vendem martelos, rosas, água, bênçãos, exploram a fé dos pobres e exigem quantias elevadas de dinheiro dos fiéis...

Tudo o que já aconteceu na Igreja há alguns séculos... Como se a história se repetisse.





Em resposta aos ataques de Lutero , a Santa Sé estendeu a festa de Santa Ana para toda a Igreja em 1582.

 A devoção aos pais de Maria era muito antiga no oriente,desde os primeiros séculos de nossa era,  atingindo sua plenitude no século VI. 

No ocidente, o culto remonta ao século VIII, quando suas relíquias foram levadas da Terra Santa pelos cruzados e espalhadas por várias Igrejas.

A devoção a Santa Ana também foi estimulada como forma de combater heresias que divinizavam Maria. 

Mostrando-a como filha de um casal mortal, Ana e Joaquim,  e Jesus, filho gerado pelo Espírito Santo no ventre da Virgem, sem a ajuda de José, a Igreja está afirmando a divindade de Jesus e a humanidade de Maria, como também sua santidade.






 


A vida de Santa Ana e São Joaquim é narrada no Proto-evangelho de Tiago , um evangelho apócrifo tão antigo quanto os quatro canônicos. 

Apesar de não ser considerado inspirado por Deus, pela Igreja, acredita-se que esse evangelho apócrifo pode conter algumas verdades e , segundo alguns estudiosos, que ele tenha servido de base para os demais quatro canônicos.



Acho mesmo que se tem um santo a quem devemos pedir a intercessão para que os cristãos sejam um só é Santa Ana, pois quem sabe ela possa ajudar os seguidores da fé de Lutero a se encontrar novamente diante do altar de onde ele saiu.



Ana , Maria e Jesus










FONTES:




5 comentários:

  1. no filme Lutero mostra a cena dele clamando por Sant'Ana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lutero era um cego espiritual, seus olhos se abriram na luz da palavra de Deus; por isso ele tornou-se um grande reformador da igreja genuína de Cristo.

      Excluir
    2. Lutero nunca deixou de ser um cego espiritual.
      Era cego espiritual, quando era católico, porque não sabia interpretar a Bíblia. E continuou cego, quando foi corrompido pelos príncipes alemães para fundar uma igreja separada de Roma, propondo a livre interpretação da Bíblia.

      Ele tornou-se um grande reformador? Ou ele foi o pai de uma série de igrejas que não cansam de se dividir?
      A cada dia abre-se uma igrejinha nova com sua própria interpretação da Bíblia, graças à ideologia da livre interpretação criada por ele.
      Devemos agradecer-lhe toda a bagunça doutrinal atual do Cristianismo. Imagine se o Cristianismo desde as origens seguisse essa ideologia o que teríamos hoje!

      Igreja genuína só a Católica, pois é a única que foi fundada pelo Senhor, que vem desde os Apóstolos, que selecionou os livros da Bíblia por sua autoridade de ligar e desligar, ela quem recebeu a promessa de que as portas do inferno nunca a venceriam.

      A sua igreja ou igrejas protestantes "evangélicas" surgiram mais de 1500 anos (100, 20, 10 anos ou ontem, pois a cada dia nasce um nova) depois da barca de Pedro, sem passado, história, e unidade de fé.

      Excluir
    3. Caro Orion, quanto a pratica doutrinaria sim há divergências, mas praticamente nenhum atenta contra a palavra de Deus, tirando o rito Neo-pentecostal, o que é diferente quando falamos das imagens, da imaginação de intercessão dos mortos ou pelos mortos, não fecho os olhos para a razão politica da reforma, mas sem ela você não teria nem a possibilidade de estar agora falando sobre fé, talvez fosse apenas mais um analfabeto, pois não havia interesse da sua igreja em ver pessoas cultas e podendo ler a biblia que até ali só existia em grego hebraico e latim, não contanto com a versão de Wycliffe em inglês, a quem vocês ridicularmente excomungaram os ossos e queimaram. Faça me um favor releia a historia de sua igreja e veja quem tinha razão as 95 teses ou sua tradição.

      Excluir
    4. - As imagens não atentam contra a palavra de Deus, pois foi a palavra de Deus que mandou fazer imagens (Ex 25,18-22; Num 21,7-9; I Re 6,18-35;I Re 7, 18-51;I Re 8,5-11; Ez 41,1-26).
      - A intercessão dos Santos sempre existiu na Igreja do oriente ao ocidente desde o início dos séculos e só foi questionada 1500 anos depois pelos protestantes. Isso já mostra que a imaginação fica por parte de vocês. Já que a Bília mostra várias passagens dos Santos orando, intercedendo no outro mundo (Luc 16,19-31; Heb 11,4; Apo 5,8;6,9ss; 7, 13-15). Olhe as potagens sobre intercessão dos santos.
      - Essa ideia que vocês dizem que se não fosse a reforma não poderíamos ler a Bíblia é totalmente falsa. Não existia a Bíblia só em grego e em latim, você está desisnformado. Antes de Lutero nascer já existiam várias traduções da Biblia, em francês, inglês, alemão e outros dialetos. Antes de Lutero nascer já existia uma traduções da Bíblia diversas.
      Só no ano de 1524, apareceu a bíblia protestante, vertida por Lutero, quando já eram 30 as traduções católicas na Alemanha.
      E a primeira Bíblia impressa foi a Bíblia Católica, impressa pelo Católico Gutemberg no ano de 1454 DC, quase 100 anos antes de Lutero.

      Antes de Lutero, os Bispos católicos , já recomendavam ler a Bíblia:

      “Todos os cristãos devem ler a Bíblia com piedade e reverência, rezando para que o Espírito Santo, que inspirou as Escrituras, capacite-os a entendê-las… Os que puderem devem fazer uso da versão latina de São Jerônimo; mas os que não puderem e as pessoas simples, leigos ou do clero…devem ler a versão alemã de que agora se dispõe, e, assim, armarem-se contra o inimigo de nossa salvação” (The publisher of the Cologne Bible [1480] ).

      Wycliffe morreu de causas naturais depois de passar mal durante uma missa e só foi considerado herege após à morte, quando descobriram escritos dele negando a fé na eucaristia.
      Li as 95 teses, você já leu? Lá, Lutero não diz nada além de mostrar sua fé no Papa e na Igreja. ele apenas critica os que vendiam as indulgências e não as pregavam conforme os ensinamentos do Papa.
      Acho que você deve reler a história da Igreja, pois minhas fontes me dizem mais coisas que as suas.
      - Para terminar, na época da Reforma, só existiam analfabetos por uma questão simples, não existia governo político interessado nisso e isso não era um requisito básico para a sociedade da época.
      Estude mais.

      Excluir