sexta-feira, 12 de agosto de 2011

MARIA FOI ELEVADA AO CÉU












SOMENTE AS IGREJAS CATÓLICAS ROMANA E ORTODOXA, ANTIGAS MILENARES E QUE SEGUEM A TRADIÇÃO DOS APÓSTOLOS,  ACREDITAM NO MISTÉRIO DA DORMIÇÃO E ASSSUNÇÃO DE MARIA.











O SENHOR SÓ ESTEVE TRÊS DIAS NO SEPULCRO, LOGO RESSUCITOU E SUBIU AOS CÉUS.

A MORTE DA SENHORA, SUA MÃE, MAIS PARECE UM SONO BREVE. E É POR ISSO QUE LHE CHAMAM "DORMITIO" DORMIÇÃO.























ANTES DE A CORRUPÇÃO LHE TOCAR NO CORPO IMACULADO (SEM PECADO), DEUS RESSUCITOU-A E GLORIFICOU-A NOS CÉUS.

A DORMIÇÃO, RESSURREIÇÃO E ASSUNÇÃO DA VIRGEM SANTÍSSIMA FORMAM O TRÍPLICE OBJETO DA FESTA DA ASSUNÇÃO, DIA 15 DE AGOSTO.

NÃO TENDO O PECADO PENETRADO NUNCA NA SUA ALMA PURÍSSIMA, ERA CONVENINETE QUE O SEU CORPO, ISENTO DE TODA MANCHA E NO QUAL O VERBO SE DIGNOU ENCARNAR, NÃO CHEGASSE A SOFRER A CORRUPÇÃO DO TÚMULO.

MUITOS QUESTIONAM QUE TAIS PASSAGENS NÃO ESTÃO NOS EVANGELHOS, NA BÍBLIA.

MAS É IMPORTANTE LEMBRAR QUE OS EVANGELHOS FORAM ESCRITOS, EM PRIMEIRA INSTÂNCIA, PARA FALAR DE JESUS, ELE É O PERSONAGEM PRINCIPAL.

E NEM TUDO FOI ESCRITO COMO O ÁPÓSTOLO JOÃO DIZ NO SEU EVANGELHO, PORQUE SE FOSSE NO MUNDO NÃO CABERIAM OS LIVROS QUE SE ESCREVERIAM SOBRE JESUS E SUA BOA NOVA.

ALÉM DO MAIS, É PREFERÍVEL CRER NUMA IGREJA TRADICIONAL QUE VEM DESDE A ÉPOCA DOS APÓSTOLOS, QUE CRER NUMA INVENTADA 1500 ANOS DEPOIS DA MORTE DE CRISTO E SEUS DISCÍPULOS, E QUE JÁ PERDEU TODA LIGAÇÃO COM O QUE É VERDADE OU NÃO.

ASCENÇÃO - É A SUBIDA DE CRISTO AO CÉU, NA VERDADE A VOLTA DO VERBO AO CÉU. JESUS SOBE AO CÉU POR SEU PODER , POIS É DEUS.

ASSUNÇÃO - É A ELEVAÇÃO DA VIRGEM MARIA AO CÉU. MARIA SOBE AO CÉU PELO PODER DE DEUS. DEUS QUEM A LEVA.

DAÍ A DIFERENÇA ENTRE ASCENÇÃO E ASSUNÇÃO.





FOI ELEVADA A MÃE DE DEUS
SOBRE OS COROS DOS ANJOS ATÉ O ALTO DOS CÉUS


ORAÇÃO:

BOM DEUS, ILUMINAI MEUS PENSAMENTOS PARA QUE EM TUDO EU VEJA APENAS O BEM  E QUE EU POSSA ME PURIFICAR DE TODO MAL, PARA UM DIA VER A VOSSA GLÓRIA NA COMPANHIA DE TODOS OS SANTOS E DA VIRGEM BEM-AVENTURADA. 







2 comentários:

  1. Onde está escrito na Biblia q Maria foi elevada ao céu, assim como Enoque e Elias??
    Qual livro, capitulo e versículo?

    ResponderExcluir

  2. No livro do Apocalipse, de maneira indireta e figurada, São João deixa claro a figura de Maria, na Arca que aparece no céu (Apo 11,19).

    Maria é a Arca da Nova Aliança (Heb 9,4), pois teve a Palavra de Deus ( Jo 1,1), encarnada em seu ventre, Jesus, o Maná (Jo 6,31-35).

    Maria é a Mulher vestida de sol, com a lua aos pés (símbolo de sua assunção) (Apo 12,1), personifica a Igreja, o povo de Israel. É Maria "aquela que deu à luz um filho que regerá o mundo com cetro de ferro" (Apo 12,5) o Salvador, e recebeu asas para voar (Apo 12,14).

    Por isso, com relação à Assunção de Maria podemos dizer "Levanta-te, Senhor, ao teu repouso, tu e a arca da tua força."Salmos 132,7-8. Jesus, de fato, ergueu-se por seu poder (Ascenção) e buscou e elevou sua Arca, Maria, sua Mãe, (Assunção).

    Um filho que levou profetas, não levaria sua Mãe?

    A Assunção de Maria está escrita pela fé no coração do Cristianismo (Ef. 3,17) desde antes dos anos 300 d.c., quando os cristãos iam a Jerusalém para recordar a dormição (morte) da Virgem Maria e sua Assunção.
    Todos os cristãos sempre acreditaram que Ela tinha sido levada de corpo e alma para o céu.

    Essa tradição que recebemos dos primeiros cristãos e eles dos Apóstolos (2 Tess. 2,15; 2 Tim 21-2) foi definida pela Igreja como digna de fé.

    Para nós, católicos, a Bíblia não é a única fonte de fé. A Bíblia, junto com a Igreja, o Magistério (Bispos e Papa) e a Tradição é que são nossa fonte de fé.

    A Bíblia só não é nada, precisa da Igreja que a interprete (Atos 8,30-31), pois as interpretações pessoais são condenadas (II Ped 1,20) para se evitar as deturpações que causam divisões na Igreja (II Ped 3,16).

    "A Igreja é a coluna e sustentáculo da Verdade" (I Tim 3,15) e não a Bíblia, mas a Igreja sem a Bíblia e o Magistério também não existe.

    Jesus deu aos Apóstolos e seus sucessores o poder das chaves (Mat 16,19; 18,18), para definir a doutrina guiada pelo Espírito Santo, pois segundo ele ainda haveria muito por ser ensinado, que Jesus não disse (João 16, 12-13).

    A Bíblia diz que nem tudo foi escrito nela (João 20, 30-31; 2 Tes 2,14-15), não foi escrito a ascensão de Moisés, mas São Judas a menciona (Jud 1,8-9), mesmo que esse fato só seja narrado em texto apócrifo, ou Janes e Jambres (2 Tim 3,7-8), personagens de textos apócrifos.

    Só uma Igreja existia desde o início, a Igreja Católica, e ela, do ocidente ao oriente, sempre acreditou na Assunção de Maria como uma fé recebida dos primeiros cristãos e Apóstolos.

    Se seu argumento for: não acredito na Assunção por que não está na Bíblia e não acredito na Igreja Católica, lembre-se que foi a Igreja Católica quem definiu toda a Bíblia, foi ela quem definiu a lista dos livros inspirados do Novo Testamento e do Antigo.

    Os Apóstolos não falavam de guardar a Bíblia, pois a Bíblia sozinha é motivo de deturpação, mas os Apóstolos falavam de guardar a Doutrina (2 Tim 1,12-14; Rom 16,16-17; Tito 1,8-9; Tit 2,1; Heb 6,1-3; 2 Tim 2,1-2 ) e é essa doutrina, que vem desde o início dos séculos, que a Igreja Católica tem guardado.

    Você lê um livro que ela fez, por sua Tradição e Magistério, e quer tentar insinuar que ela não tem autoridade?


    ResponderExcluir