sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

SANTA RITA, SEU CASAMENTO E SEUS FILHOS













A tradição nos diz que Rita tinha uma precoce vocação religiosa e que um Anjo descia do céu para visitá-La quando ia rezar em uma pequena mansarda.

S. RITA ACEITA SE CASAR

Rita teria desejado ser monja todavia ainda jovem (a 13 anos) os pais, já idosos, a prometeram em casamento a Paulo Ferdinando Mancini, um homem conhecido pelo seu caráter iroso e brutal.

 S. Rita, habituada ao dever não opôs resistência e se casou com o jovem oficial que comandava a guarnição de Collegiacone, presumivelmente entre os 17-18 anos, isto é em torno aos anos 1387-1388.

Do casamento entre Rita e Paulo nasceram dois filhos gêmeos; Giangiacomo Antonio e Paulo Maria que tiveram todo o amor, a ternura e os cuidados da mãe.

 Rita conseguiu com o seu doce amor e tanta paciência a transformar o caráter do marido, o fazendo ser mais dócil.

A vida conjugal de S. Rita, passado 18 anos, foi tragicamente terminada com o assassinato do marido, durante a noite, na Torre de Collegiacone a alguns kilometros de Roccaporena quando voltava para Cássia.

O PERDÃO

Rita ficou muito aflita pela atrocidade do acontecimento, procurou proteção e conforto na oração com assíduas e ardentes preces no pedir a Deus o perdão dos assassinos do seu marido.

Contemporaneamente, S. Rita formulou uma ação para chegar à pacificação, a partir dos seus filhos, que sentiam como um dever a vingança pela morte do pai.

Rita se deu conta que a vontade dos filhos não era  de perdoar.

Então, a Santa implorou ao Senhor oferecendo a vida dos seus filhos, a fim de não vê-los manchados de sangue.

"Eles morreram antes de completar um ano da morte do pai"...

Quando S. Rita ficou sozinha, tinha pouco mais de 30 anos e sentiu reflorescer no seu coração o desejo de seguir aquila vocação que na juventude tinha desejado realizar: o de ser monja.
























OBS:  SANTA RITA É MUITO INVOCADA POR AQUELES QUE PRECISAM DE AJUDA NO CASAMENTO, PRINCIPALMENTE PELAS MULHERES QUE SOFREM COM SEUS MARIDOS VIOLENTOS OU AGRESSIVOS.

CONSIDERO QUE ELA É TÃO QUERIDA ASSIM, TAMBÉM POR SER UMA SANTA DIFERENTE DAS OUTRAS.

ELA VIVEU COMO MULHER E MÃE E SÓ DEPOIS FOI SER FREIRA.

ADMIRO SUA CAPACIDADE DE PERDOAR E DE BUSCAR SEMPRE A VONTADE DE DEUS ACIMA DE TUDO.

SANTA RITA É UM EXEMPLO PARA OS PAIS QUE ACHAM QUE AMAR O FILHO É DEIXAR QUE ELES FAÇAM O QUE QUEREM.

RITA NOS MOSTRA QUE ANTES DE AGRADAR QUEM QUER QUE SEJA ( FILHO, MARIDO, ETC.) DEVEMOS AGRADAR A DEUS E FAZER SUA VONTADE.










Imagem de Santa Rita de uma Igreja na Filadélfia, EUA.








 SANTA RITA, ILUMINAI MINHA MENTE PARA QUE SÓ EM  DEUS EU PENSE, SÓ SUA VONTADE EU FAÇA, SÓ SEUS CAMINHOS EU SIGA. AMÉM
SANTA RITA, ORAI POR NÓS!



















































Nenhum comentário:

Postar um comentário