segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

NOSSA SENHORA DA BOA VIAGEM


















 
"No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,
 a uma virgem desposada com um homem que se chamava José, da casa de Davi e o nome da virgem era Maria.
 Entrando, o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo."
Luc 1,26-28





Nossa Senhora da Boa Viagem é uma devoção mariana (hiperdulia) da Igreja Católica comum em Portugal e no Brasil, para onde foi levada pelos homens do mar.

Ermidas e capelas foram levantadas em honra de Nossa Senhora com este título.

Algumas delas se transformaram em santuários que recebiam a visita de um grande número de devotos.




Os portugueses sempre foram devotos de Nossa Senhora da Boa Viagem, tanto que o mais antigo Santuário dedicado à Nossa Senhora da Boa Viagem fica localizado a duas léguas de Lisboa.




Na vila de Ericeira, Portugal, todos os anos, desde 1947, do dia 15 a 18 de agosto, a Senhora da Boa Viagem é homenageada com bailes, espetáculos, procissões e missa campal.




Tradicional festa de pescadores, conta com uma grande comissão organizadora onde todos os anos o mar e a praia são abençoados. Os navegadores costumavam levar uma imagem da santa em suas embarcações para que tivessem êxito nas suas empreitadas.








"porque a Deus nenhuma coisa é impossível."
Lucas 1,37




A devoção em Minas Gerais, Brasil, foi oficializada pelo papa Pio XII como padroeira de Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais, a pedido do cardeal Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Mota.




No ano de 1706, Francisco Homem Del Rey e Luís de Figueiredo Monterroyo chegava ao Brasil a procura das Minas de Ouro, mais especificamente a Mina de Cata Branca localizada próxima ao Pico do Itaubira do Rio de Janeiro.




Em 1709, chegaram a região da Mina de Cata Branca onde fundaram o povoado denominado Itaubira do Rio de Janeiro de Nossa Senhora da Boa Viagem e lá construíram uma capela em homenagem a Nossa Senhora da Boa Viagem, pois em sua Nau já tinham trago de Portugal além do retábulo todo o material litúrgico da futura Paroquia de Nossa Senhora da Boa Viagem de Itabirito.




Em 1742, a capela de Nossa Senhora da Boa Viagem foi elevada a Paróquia.




No fim do século XVIII, criou-se o pequeno povoado de Curral Del Rey, em Minas Gerais. Por aqueles tempos, ele contava com 30 a 40 casas cobertas de sapé e pindoba, entre as quais se ergueu uma capelinha tosca, de igual cobertura, situada à margem do córrego Acaba Mundo.




Ela tinha à sua frente um cruzeiro e ao lado um rancho de tropas. Essa capelinha ficou desde o início sob a invocação de Nossa Senhora da Boa Viagem, santa de predileção dos bandeirantes e forasteiros, em virtude das condições de vida nômade que levavam. Essa capela foi destruída e em seu lugar, foi erguida a atual Catedral da Boa Viagem.









"Ora, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança estremeceu no seu seio; e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.
E exclamou em alta voz: Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre."

Lucas 1,41-42







O nome da padroeira de Curral Del Rey, portanto, segundo a velha tradição, significava ser ela a protetora do local de onde a cada momento partiam, para destinos diversos, boiadeiros, mascates e forasteiros de toda sorte. Significava, enfim, os votos de "boa viagem" que faziam os da terra pelo bom êxito da jornada dos que partiam.




Todos os anos em Belo Horizonte é realizada a Procissão Luminosa que reúne milhares de fiéis. 

Partindo da praça Rio Branco (Rodoviária) ela percorre a avenida Afonso Pena até a Catedral (rua Sergipe com rua Alagoas), onde é celebrada a missa solene.

Os portugueses, grandes desbravadores dos oceanos, em sua devoção à Virgem não poderiam deixar de invocá-la em suas arriscadas viagens. Assim, deram-lhe o título de "Nossa Senhora da Boa Viagem", desde tempos imemoriais. Entretanto, a primeira igreja erigida em terras lusitanas sob esta invocação deu-se no ano de 1618, perto de Lisboa.









"Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor?
 Pois assim que a voz de tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança estremeceu de alegria no meu seio.
 Bem-aventurada és tu que creste, pois se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram ditas!"
Lucas 1,43-45








No Brasil o culto a Nossa Senhora da Boa Viagem passou primeiramente pela Bahia, onde foi construída uma pequena igreja junto à praia. 

Em Pernambuco, por volta de 1707, o Pe. Leandro Carmelo construiu uma capela, também junto à praia. Providenciou a confecção de uma imagem da Mãe de Deus que foi colocada sobre o altar-mor do templo, em torno do qual surgiu o famoso bairro da Boa Viagem, ponto turístico da capital pernambucana.

Ainda no século XVIII, foi construída, na baía de Guanabara, uma capela no alto da península junto a Niterói. Para custear as despesas do culto instituiu-se uma irmandade de pescadores e homens do mar. Todas as embarcações que aportavam ao Rio de Janeiro pagavam de boa vontade uma quantia para a manutenção do templo. Esta capela foi destruída por um incêndio em 1860 e reconstruída pela Sociedade Protetora dos Homens do Mar.

A devoção também aportou em locais afastados do litoral brasileiro. Por algo que só mesmo a Providência Divina pode explicar, a padroeira de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, é Nossa Senhora da Boa Viagem. 

O historiador Augusto de Lima Jr. conta que, como era costume, em meio a uma esquadra lusitana que chegou ao Rio de Janeiro em 1709 encontrava-se a nau Nossa Senhora da Boa Viagem. Seu comandante, não tendo condições de prosseguir viagem, pediu dispensa da Marinha Real e com alguns companheiros embrenhou-se nos sertões de Cataguás em busca de ouro. Entre os seus sequazes estava o piloto Francisco Homem del-Rei, que antes de arriscar-se no interior de Minas Gerais, retirou do navio abandonado o nicho com a imagem da Virgem da Boa Viagem e a levou como sua protetora.




Os aventureiros encontraram bastante ouro e se enriqueceram. Francisco del-Rei adquiriu terras no cerro de Congonhas, águas vertentes de um curral, isto é, fazenda de gado, que abastecia os mineradores da região. O antigo piloto aí construiu uma ermida em honra da Senhora da Boa Viagem, sua padroeira.







Essa capela foi destruída e em seu lugar, em 1905 ergueram a mais igreja antiga da cidade de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. Em estilo neogótico, abriga vitrais de grande beleza. O altar-mor é trabalhado em mármore carrara.




A propósito dessa Catedral, circula ainda uma lenda, que foi recolhida pelo estudioso do folclore Saul Martins. 

A lenda, se não desmente a história que se conta como verdadeira, serve para completá-la: 

"no começo do séc. XVII um português, acompanhado pôr três escravos de confiança, levava no lombo de dois burros, 15 arrobas ( aproximadamente 200 Kg ) de ouro em barras moedas e jóias. Ele foi perseguido por ladrões, quando passava pelo povoado de Curral d’El Rey. Para escapar do bando, ele resolveu enterrar a fortuna num tacho de cobre a 81 passos, em linha reta, contados da entrada principal da capela, em direção ao pico mais alto, à vista, da serra que deu o nome ao arraial. Vendo que não teria como escapar dos ladrões, o português mandou que um dos escravos levasse um mapa do tesouro para sua esposa em Caeté. Segundo a lenda, o português e os dois escravos foram mortos e o tesouro continua até hoje pôr lá. A antiga capela é hoje a Catedral de Boa Viagem!"




Nossa Senhora da Boa Viagem é também venerada na cidade de São Bernardo do Campo (SP), na paróquia com o mesmo nome, criada no dia 21 de outubro de 1812, quando desmembrou-se da freguesia da Sé. 

Em 1813, o governo adquiriu terras de um certo Sr. Manoel Rodrigues de Barros para criação do novo povoado e edificação do novo templo. 

Havia naquela época, na freguesia, 1.423 habitantes e 218 habitações, mas ainda não havia sido construída a igreja. Apesar das tentativas do Pe. José Basílio, somente em agosto de 1814 é enviado à freguesia o Tenente Coronel Engenheiro da Corte, Pedro Muller. Ele constatou que tanto a capela estava sem condições, como o local era impróprio para fundar um povoado. 

Escolheram um local mais aprazível, distante dali por uns 600 pés, cortado pela estrada geral, atual Avenida Marechal Deodoro. Possivelmente o início da construção tenha ocorrido entre 1815 e 1818. Presume-se que sua conclusão só tenha ocorrido por volta de 1848. Segundo consta, desde de sua criação, ela já recebeu a denominação de Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem.













Em Portugal, mais precisamente na vila de Ericeira, todos os anos, nos dias 15 a 18 de agosto, desde 1947, a Senhora da Boa Viagem é homenageada com bailes, espetáculos, fanfarras, procissões, missa campal. É uma festa dos pescadores que todos os anos conta com uma comissão organizadora. Todos os anos o mar e a praia são abençoados.


















Oração a Nossa Senhora da Boa Viagem

Virgem Santíssima, Senhora da Boa Viagem, esperança infalível dos filhos da Santa Igreja, sois guia e eficaz auxílio dos que transpõem a vida por entre os perigos do corpo e da alma.




Refugiando-nos sob o vosso olhar materno, empreendemos nossas viagens certos do êxito que obtivestes quando vos encaminhastes para visitar vossa prima Santa Isabel.




Em ascensão crescente na prática de todas as virtudes transcorreu a vossa vida, até o ditoso momento de subirdes gloriosa para os céus; nós vos suplicamos pois, ó Mãe querida: velai por nós, indignos filhos vossos, alcançando-nos a graça de seguir os vossos passos, assistidos por Jesus e José, na peregrinação desta vida e na hora derradeira de nossa partida para a eternidade. Amém




(Esta oração foi escrita por Dom Antônio dos Santos Cabral, Primeiro arcebispo de Belo Horizonte (MG).











"E Maria disse: Minha alma glorifica ao Senhor,
 meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador,
porque olhou para sua pobre serva. Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações, porque realizou em mim maravilhas aquele que é poderoso e cujo nome é Santo."
Lucas 1,46-49




















































domingo, 27 de fevereiro de 2011

NOSSA SENHORA DOS NAVEGANTES


















Nossa Senhora dos Navegantes é um dos títulos dados a Mãe de Jesus, Maria.



A fé e a designação Nossa Senhora dos Navegantes, tem início no século XV, com a navegação dos europeus, especialmente com os portugueses.

As pessoas que viajavam pelo mar pediam proteção à Nossa Senhora para retornarem aos seus lares.

 Maria era vista como protetora das tempestades e demais perigos que o mar e os rios ofereciam.



A primeira estátua foi trazida de Portugal junto com os navegadores. 

 Pedro Álvares Cabral trazia em sua nau capitânia uma imagem de Nossa Senhora da Boa Esperança, sendo levada até a Índia, onde uma capela em sua homenagem foi erguida e ali ficou até o século XVII sob a guarda de franciscanos e sob mantença de descendentes de Cabral.

Atualmente, a imagem está na Igreja da Sagrada Família, em Belmonte, Portugal.



Nossa Senhora dos Navegantes é também conhecida pelo nome de Nossa Senhora das Candeias, Nossa Senhora da Boa Viagem; Nossa Senhora da Boa Esperança e Nossa Senhora da Esperança.













Em Pelotas, no estado do Rio Grande do Sul, a imagem de Nossa Senhora dos Navegantes vai até o Porto de Pelotas.

Antes do encerramento da festividade católica acontece um dos momentos mais marcantes da festa de Nossa Senhora dos Navegantes em Pelotas, que em 2009 chegou à 78ª edição.












A fé no Brasil

A fé em Nossa Senhora dos Navegantes chegou ao Brasil através dos navegadores portugueses e espanhóis.

Em Porto Alegre, cidade de colonização açoriana Nossa Senhora dos Navegantes foi declarada padroeira da cidade.

 Todos os anos é realizada em Porto Alegre uma procissão fluvial no Rio Guaíba.



Sua festa é dia 02 de Fevereiro e na festa de 2008 em Porto Alegre à procissão em honra a Nossa Senhora dos Navegantes reuniu mais de 100 mil pessoas.













 Nossa Senhora dos Navegantes em Portugal

Nossa Senhora dos Navegantes é, também em Portugal, associada ao mar e à proteção dos marinheiros pela Santa Mãe de Deus.

Mas a diferença é que os portugueses associam-na, principalmente, às comunidades pescatórias.

A sua festa realiza-se a 15 de Agosto com procissões em várias comunidades de pescadores por todo o país.

 Uma das grandes festas a Nossa Senhora dos Navegantes realiza-se em Cascais entre os dias 3 e 15 de Agosto.

Durante esta semana, a população reúne-se na Baía de Cascais para uma grande mostra gastronômica e artesanal e ainda o lançamento de fogo de artifício todos os dias.

No final, dia 15, festeja-se Nossa Senhora dos Navegantes numa procissão pelas ruas da vila de Cascais e depois de barco até meio da Baía onde se dá a Benção do mar e da vila. Esta festa é também realizada na Costa da Caparica.



Também é realizada uma festa em honra da Nossa Senhora dos Navegantes em Armação de Pêra.

Nesta festa há uma procissão pelas ruas da vila e também há uma procissão pelo mar, com os barcos dos pescadores e outros barcos.










MAS ALGUNS DETALHES:



Consta que o início da devoção à Nossa Senhora dos Navegantes originou-se na Idade Média por ocasião das Cruzadas, quando os cristãos invocavam a proteção de Maria Santíssima.

Sob o título de "Estrela do Mar", rogavam sua proteção os cruzados que faziam a travessia pelo Mar Mediterrâneo em direção à Palestina.

É a padroeira não só dos navegantes, mas também de todos os viajantes.

Tal tradição foi mantida entre os marítimos e foi difundida pelos navegadores portugueses e espanhóis, disseminando-se entre os pescadores litorâneos principalmente nas terras colonizadas pela Espanha e Portugal.

As conseqüências foram a multiplicação de capelas, igrejas e santuários nas regiões pesqueiras, particularmente no Sul do Brasil, onde a concentração de cidades que a veneram como padroeira é significativamente expressiva.



Nas cidades de Balneário Arroio do Silva, Laguna, Balneário Barra do Sul, Ouro, Mondaí, Bombinhas e Navegantes, a devoção à Senhora dos Navegantes é tão expressiva que, por decreto, foram instituídos feriados nestes municípios catarinenses.



Destacando-se a cidade de Navegantes que, primitivamente, pertencia à Itajaí, então habitada por índios carijós.

A demarcação de uma sesmaria na praia de Itajaí deu-se por ordem do Conde Resende, Vice-Rei.

 Foi em 1795 que José Ferreira de Mendonça efetuou a demarcação da Real Fazenda. A comunidade de Navegantes, canonicamente, pertencia à Paróquia do Santíssimo Sacramento de Itajaí. Em 23 de janeiro de 1896 a "Camara Episcopal de Corytiba" concedia "licença para que no lado esquerdo do Rio grande de Itajahy se possa erigir uma capela sob a invocação de Nª Sª dos Navegantes, de S. Sebastião e de S. Amaro".

O Padre Antônio Eising, então Vigário da Paróquia de Itajaí foi quem fez a solicitação. Recebendo a promulgação oficial, iniciou a construção da Capela, que ficou pronta em 1907 sendo sua inauguração comemorada com três dias de festas: 7, 8 e 9 de setembro daquele ano.

 Navegantes só foi elevado à categoria de município em 30 de maio de 1962 e, consequentemente a Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes foi elevada a Paróquia. Por ocasião dos festejos comemorativos aos 25 anos da Paróquia criada, a 19 de julho de 1987, o então Bispo Auxiliar (hoje Arcebispo Metropolitano) da Arquidiocese de Florianópolis, Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger, fez a dedicação do Altar e da igreja Matriz. Em 1996, por Decreto da Cúria Metropolitana, a igreja Matriz foi elevada a Santuário Arquidiocesano, sob a invocação de Santuário de Nossa Senhora dos Navegantes.


IMAGENS:


















































sábado, 26 de fevereiro de 2011

IMAGENS E ORAÇÕES EM LADAINHA A NOSSA SENHORA DO LEITE E DO BOM PARTO


SENHORA DO BOM PARTO, ROGAI POR MIM PARA QUE A TODO MOMENTO
NASÇA PARA UMA VIDA NOVA!




SENHORA DO LEITE E DO BOM PARTO, ROGAI PARA QUE EU VIVA COMO GRÁVIDO DA VIDA!








SENHORA DO BOM PARTO,
ROGAI PARA QUE EU AME TUDO O QUE DEUS ME DÁ, SEMPRE SENDO AGRADECIDO!






SENHORA DO LEITE E DO BOM PARTO, QUE EU VIVA COMO UM REI,
RICO NA ALMA, FILHO DE DEUS!





SENHORA DO LEITE E DO BOM PARTO,
ROGAI PELAS MULHERES QUE DESEJAM TER FILHOS E SENTEM DIFICULDADES!



SENHORA DO LEITE E DO BOM PARTO,
ROGAI PELAS MÃES ADOLESCENTES, IMATURAS, INDECISAS, VASCILANTES!





SENHORA DO LEITE E DO BOM PARTO,
ROGAI PELAS ADOLESCENTES QUE PENSAM NO ABORTO COMO SOLUÇÃO PARA SUAS IRRESPONSABILIDADES!




SENHORA DO LEITE E DO BOM PARTO,
ROGAI PELAS CRIANÇAS QUE SOFREM COM PAIS IRRRESPONSÁVEIS OU DOENTES PSICOLOGICAMENTE!





SENHORA DO LEITE E SO BOM PARTO,
ROGAI PELAS MULHERES NA IMINÊNCIA DE DAR À LUZ!



SENHORA DO BOM PARTO,
ROGAI POR AQUELAS QUE TÊM PROBLEMAS DURANTE O PARTO OU A GESTAÇÃO!




SENHORA DO LEITE E DO BOM PARTO,
ROGAI POR MEU DESTINO,
REALIZAI MEU DESEJO DE FELICIDADE!



SENHORA DO BOM PARTO,
ROGAI  PELA HUMANIDADE
QUE PENSA PODER MANIPULAR A NATUREZA
 CONFORME SEUS DESEJOS!




SENHORA DO BOM PARTO,
ROGAI PELAS MULHERES ESTÉREIS QUE PEDEM UM FILHO A DEUS!




SENHORA DO BOM PARTO,
ROGAI PELAS CRIANÇAS QUE NÃO TÊM O AMOR DO PAI!



SENHORA DO LEITE E DO BOM PARTO,
ROGAI PARA QUE EU VIVA SEMPRE NA ALTIVEZ
DE UM VERDADEIRO FILHO DE DEUS!


SENHORA DO BOM PARTO,
ROGAI PELAS MULHERES QUE SE ENGANAM EM TENTAR PRENDER UM HOMEM APENAS TENDO UMA CRIANÇA QUE ELAS MESMAS NÃO DESEJAM!



SENHORA DO BOM PARTO,
ROGAI PELAS MULHERES QUE NÃO CUIDAM DE SEUS FILHOS COM AMOR  E DEDICAÇÃO!




SENHORA DO BOM PARTO,
ROGAI PELAS MÃES MORTAS NA FÉ
QUE NÃO TEM AMOR A DEUS EM SEUS CORAÇÕES!




SENHORA DO BOM PARTO,
ROGAI PARA QUE TODOS OS DIAS EU VEJA JESUS NASCER
EM MEUS ATOS, PALAVRAS, PENSAMENTOS E CORAÇÃO!




SENHORA DO BOM PARTO ROGAI POR MIM E POR TODOS QUE TE PEDEM ORAÇÕES,
PRINCIPALMETE AS MULHERES QUE PRECISAM MAIS DE TUA AJUDA NA HORA DA GESTAÇÃO DO PARTO E DA AMAMENTAÇÃO!

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

ORAÇÕES A NOSSA SENHORA DO BOM PARTO, DA GESTANTE E DA HORA DO PARTO

ÍNDICE

1-Oração a Nossa Senhora do bom parto
2-Novena em Honra da Santa Gravidez de Nossa Senhora
3-Oração a Nossa Senhora do Bom Parto
4-Oração a Nossa Senhora do Bom Parto para a hora do parto
5- Oração a Nossa Senhora do Bom Parto para a hora do parto
6- Oração da Gestante
7- Oração da Grávida - 1
8- Oração da Grávida - 2
9- Oração da mãe que espera um filho
10-ORAÇÃO DURANTE A GRAVIDEZ
11- Oração nos partos difíceis















 

26. No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,
27. a uma virgem desposada com um homem que se chamava José, da casa de Davi e o nome da virgem era Maria.
28. Entrando, o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo.
Luc 1,26-28



1- Oração a Nossa Senhora do bom parto


- Papa João Paulo II -








Ó Maria Santíssima,

por uma escolha gratuita do Pai,

fostes agraciada com a Maternidade Divina,

no tempo da gravidez e do parto.

Vós que também fostes mãe,

olhai para mim,

pois estou apreensiva com

o momento do parto e me sinto insegura

em relação ao que poderá acontecer.

Que eu tenha um parto feliz.

Agora, ó Mãe,

me sinto mais calma e tranquila

porque já percebo a vossa protecção e

desde já vos confio este novo ser.

Nossa Senhora do Bom Parto,

rogai por mim!

Amém!



Eis que conceberás e darás à luz um filho,
Lucas 1,31






2-Novena em Honra da Santa Gravidez de Nossa Senhora

Para ser rezada diariamente, durante 9 meses: de 25 de Março até 25 de Dezembro, ou seja, da Anunciação até o Natal do Senhor; ou então, por 9 dias consecutivos, em qualquer época.

Ó Maria, Virgem Imaculada, Porta do Céu e Causa da Nossa Alegria, respondendo com generosidade ao Anúncio do Arcanjo São Gabriel, Vós pudestes dar curso ao plano de Deus para a minha salvação. Vós fostes, pela Providência Santíssima, desde toda a eternidade, constituída Vaso de Eleição e morada digna do verbo de Deus Encarnado. Pelo vosso "sim" e fidelidade ao Pai Celeste, o Espírito Santo teceu em vosso ventre Nosso Senhor, Javé Salvador.

Eis que desejando que o Filho de Deus que quis nascer em Vós, nasça também em meu coração e conceda-me o perdão de meus pecados, prostro-me aos vossos pés e vos imploro, Nossa Senhora da Achiropita, Aparecida e Rosa Mística, com todo o fervor de minha alma, que vos digneis alcançar-me, do vosso Amadíssimo Filho, a graça que tanto necessito (colocar a graça).

Ouvi minha súplica, ó Virgem Santíssima, Nossa Senhora de Caná e de Pentecostes, Vós que, perante o Trono da Graça, sois a "Onipotência Suplicante", enquanto vou considerando, com reverência e filial afeto, todos os momentos de dor e de alegria, de desolação e de providência, que vos acompanharam em vossa bendita, augusta e singular Gestação, na qual trouxestes em vosso ventre o Filho do Deus Altíssimo.

E se não bastassem os meus pedidos, ó Senhora dos Remédios, do Bom Parto e do Perpétuo Socorro, ainda vos peço, em virtude de vossos cuidados e suplícios para com Jesus em vosso ventre, por todas as mães grávidas, para que tenham uma boa hora e também por todas aquelas que passam por uma gestação delicada, pelas que são atormentadas pela idéia de abortar seus filhos e pelas que não podem ou não conseguem tê-los.

Ó Senhora do Carmo, das Dores e da Defesa, mão e colo que embalaram Jesus, consolai e recompensai todas as mães que geram filhos para Deus, instruindo-os na fé ou entregando-os para a vida sacerdotal e religiosa.

Nossa Senhora da Anunciação, rogai por nós.

Nossa Senhora de Belém, rogai por nós.

Rezar 9 Ave-Marias, em honra de cada um dos 9 meses em que Jesus esteve no ventre de Nossa Senhora, acompanhadas da seguinte jaculatória:

Benditas sejam a Santa Gravidez e a Imaculada Conceição da Bem-Aventurada sempre Virgem Maria, Mãe de Deus e Nossa Mãe.






Maria perguntou ao anjo: Como se fará isso, pois não conheço homem?
35. Respondeu-lhe o anjo: O Espírito Santo descerá sobre ti, e a força do Altíssimo te envolverá com a sua sombra. Por isso o ente santo que nascer de ti será chamado Filho de Deus.

Lucas 1,34-35



3- Oração a Nossa Senhora do Bom Parto

Ó Maria Santíssima, vós,

por um privilégio especial de Deus,

fostes isenta da mancha do pecado original,

e devido a este privilégio

não sofrestes os incómodos da maternidade,

nem ao tempo da gravidez e nem no parto;

mas compreendeis perfeitamente

as angústias e aflições das pobres mães

que esperam um filho,

especialmente nas incertezas do sucesso

ou insucesso do parto.

Olhai para mim, vossa serva,

que na aproximação do parto,

sofro angústias e incertezas.

Dai-me a graça de ter um parto feliz.

Fazei que meu bebé nasça com saúde,

forte e perfeito.

Eu vos prometo orientar meu filho

sempre pelo caminho certo,

o caminho que o vosso Filho, Jesus,

traçou para todos os homens,

o caminho do bem.

Virgem, Mãe do Menino Jesus,

agora me sinto mais calma

e mais tranquila porque já sinto

a vossa maternal protecção.

Nossa Senhora do Bom Parto,

rogai por mim!









37. porque a Deus nenhuma coisa é impossível.
Lucas 1,37




4- Oração a Nossa Senhora do Bom Parto para a hora do parto






 

Em nome do Pai + do Filho + do Espírito Santo.

Virgem Maria, confiante em vossa Infinita bondade, recorro a Vós, que sendo Mãe de Deus acolheis, piedosa a minha prece.

Protegeis todas as mulheres que no cumprimento da sua missão, concebam os corpos que recebem as almas criadas por Deus para sua honra e glória.

Vinde, Senhora, socorrer-me no momento de eu dar à luz este ser querido que trago nas minhas entranhas, concedendo-me a graça de me assistir do céu com o vosso milagroso amparo.

Ajoelhada, suplico a vossa protecção, antes, durante e depois do meu parto, favorecendo-me com a fé na misericórdia divina.

Lembrai-vos, Senhora, de que, quando Nosso Senhor Jesus Cristo se encarnou em vosso ventre, por obra e graça do Divino Espírito Santo que fazendo-se vosso filho, também vos fez nossa Mãe, para que por vosso Intermédio alcançássemos com o perdão dos nossos pecados os vossos preciosos favores.

Ajudai-me Nossa Senhora do Bom Parto, na hora do nascimento do meu filho, socorrei-me, preservai-me a fim de que eu possa criá-lo e educá-lo na fé cristã, para glória de Deus.

Assim seja.

Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.

Repetir 3 vezes:

Nossa Senhora do Bom Parto, socorrei-me.

Nossa Senhora do Bom Parto, amparai-me.

Nossa Senhora do Bom Parto, auxiliai-me.

Rezar três Avé Maria e uma Salvé Rainha.
















38. Então disse Maria: Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo afastou-se dela.
Lucas 1,38







5- Oração a Nossa Senhora do Bom Parto  para a hora do parto





Maria Santíssima, Mãe de Nosso Senhor + Jesus Cristo, que no ventre da Senhora Santa Ana fostes concebida sem a mácula do pecado original, Virgem, antes de conceberdes Jesus, por obra e graça do Espírito Santo, Virgem durante a vossa gravidez, Virgem depois de haverdes dado à luz do dia Aquele que é a luz do mundo, humildemente vos peço, pela vossa intercessão junto ao vosso Filho, perdão para os meus pecados.

Rogo-vos, Senhora, pelas Sete Espadas que trespassaram o vosso coração quando vistes o vosso Filho agonizante na cruz, a vossa protecção e a vossa assistência, nas horas do meu parto aliviando-me as dores, concedendo-me um feliz sucesso.

Maria, concebida sem pecado rogai por nós que recorremos a vós.

Rezar três Avé Maria e uma Salvé Rainha.




















Ora, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança estremeceu no seu seio; e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.
42. E exclamou em alta voz: Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre.


Lucas 1,41-42





6- Oração da Gestante


"Pai criador, meu único Deus e zeloso protector, vem me abraçar e me beijar, para que eu me sinta amada.

Pai do céu, caminha sempre ao meu lado, para proteger-me de todos os perigos e aflições, e para conduzir a minha gravidez da forma mais saudável e tranquila possível.

Permita que eu me espelhe nas virtudes de Maria, mãe de Teu filho, Jesus.

Envolva, Senhor, a mim e ao meu bebé, com a ternura do Teu olhar.

Manda Teus anjos nos acompanharem e zelarem sempre por nós.

Quando o futuro me parecer sombrio, encanta meus olhos com a imagem do menino Jesus. Quando eu estiver com medo, dê-me a Tua mão protectora e anda comigo. Quando estiver carente, cobre-me com Teu manto e deixa-me repousar em Teu colo. Quando nervosa, conduz-me a matas serenas e à beira de riachos límpidos e tranquilos.

Que a Tua imagem reparadora e de paz leve embora todas as minhas ansiedades e aflições. E que eu sinta que carregarás no colo, a mim e ao meu bebé, especialmente nos momentos em que mais precisarmos do Teu carinho e protecção.

Peço-Te, Senhor, em nome de Teu filho, Jesus, que me dê a segurança, especialmente neste período em que carrego comigo uma vida que é Tua, Pai."

Amém.

















43. Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor?
44. Pois assim que a voz de tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança estremeceu de alegria no meu seio.
45. Bem-aventurada és tu que creste, pois se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram ditas!
Lucas 1,43-45





7- Oração da Grávida - 1



Senhor, agradeço-Te

a nova vida que sinto dentro de mim.

Esta presença faz-me ver as pessoas

e as coisas de maneira diferente,

enche-me de ternura e renova em mim

uma grande admiração pelo mistério

pela Tua obra criadora que continua

através da minha pessoa.

Sou feliz por ser mulher e por ser mãe.

Peço-Te que veles por esta criatura

que Tu conheces.

Eu percebo apenas o seu movimento,

leve como uma carícia,

e sonho com os traços do seu rosto,

e a cor dos seus olhos e cabelo.

Deixa-me sonhar, peço-Te,

mas ajuda-me a conhece-la

para que a possa acompanhar

até ao fim do caminho da vida.

Faz com que o cansaço da gravidez

e o medo do parto

não perturbem a minha serenidade

e possa viver esta maravilhosa aventura

confiando na Tua Providência.

Maria,

Tua mãe corajosa e terna, esteja a meu lado

neste tempo de espera e me torne capaz de

receber este menino

com o mesmo amor com que Te acolheram.

Amém!















46. E Maria disse: Minha alma glorifica ao Senhor,
47. meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador,
48. porque olhou para sua pobre serva. Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações,
49. porque realizou em mim maravilhas aquele que é poderoso e cujo nome é Santo.
Lucas 1,46-49




8- Oração da Grávida - 2

Senhor Jesus, Autor e Conservador da vida, venho a Ti neste momento pedir que o Senhor coloque suas mãos poderosas sobre a minha gravidez para abençoar e proteger o fruto do meu ventre, dando a esta criança a Tua bênção e a mais perfeita saúde.

Senhor, que todo o meu corpo seja agraciado com a Tua presença e não haja nenhuma complicação com a minha saúde, que todos os dias e meses sejam abençoados pelo Teu poder.

Obrigada Senhor, porque a vida é um dom do Senhor, seja feita a Tua perfeita vontade na minha vida e nesta criança que estou gerando.

Dá-me sabedoria, amor e condições financeiras para dar o melhor para esta criança.

Te agradeço por tudo, em nome de Jesus, meu único Senhor e Salvador.

Amém.





4. Também José subiu da Galiléia, da cidade de Nazaré, à Judéia, à Cidade de Davi, chamada Belém, porque era da casa e família de Davi,
5. para se alistar com a sua esposa Maria, que estava grávida.
6. Estando eles ali, completaram-se os dias dela.
7. E deu à luz seu filho primogênito, e, envolvendo-o em faixas, reclinou-o num presépio; porque não havia lugar para eles na hospedaria.


Lucas 2, 4-7















9- Oração da mãe que espera um filho

Eu vos glorifico, Pai celeste, Deus Criador, porque fizestes em mim grandes coisas e vai nascer de mim um filho, fruto de um amor, que abençoastes.

Jesus, Filho de Deus, que me permitistes adorar-Vos pequenino, no presépio, eu Vos ofereço meu filhinho, Vosso irmão. Enriquecei-o com os belos dons da natureza e da graça; que na Terra seja ele nossa alegria, e na eternidade, vossa glória!

Espírito Santo, cobri-me com vossa sombra durante esses benditos meses de espera, a fim de que nada possa acontecer de mal a meu filhinho e que sua alma esteja pronta a se tornar Vosso Santuário pelo Baptismo.

E Vós, Maria, Rainha das Mães, assisti-me, Vos peço, na hora do nascimento do meu filho. Aceito desde já todos os sofrimentos que vierem, e Vos peço que os ofereçais a Deus por meu filho.

Meu Santo Anjo da Guarda, Santo Anjo da Guarda de meu filho, velai sobre nós dois. Amém.
















10-ORAÇÃO DURANTE A GRAVIDEZ



Ó Maria Santíssima, vós, por um privilégio especial de Deus, fostes isenta da mancha do pecado original e, devido a este privilégio, não sofrestes o incômodo da maternidade nem no tempo da gravidez nem no parto; mas compreendeis perfeitamente as angústias e aflições das mães que esperam um filho, especialmente na incerteza do sucesso ou do insucesso do parto.

Olhai para mim vossa serva que na aproximação do parto sofro de algumas angústias e incertezas. Dai-me a Graça de ter um parto feliz. Fazei com que meu bebê nasça com saúde, forte e perfeito.

eu vos prometo orientar meu filho sempre pelo caminho certo; o caminho que Vosso Filho Jesus traçou para todos os homens, o caminho do bem. Virgem, mãe do menino Jesus, eu agora estou mais calma e tranqüila porque já sinto Vossa maternal proteção.

Nossa Senhora do bom parto, rogai por mim.

(Fonte: Oração de cura e libertação - Pe. Alberto Gambarini)




 Foram com grande pressa e acharam Maria e José, e o menino deitado na manjedoura.
Lucas 2,16












11- Oração nos partos difíceis

Santo António é meu pai,

São Francisco é meu irmão,

Os anjos são meus parentes,

Já estão tendo geração.

Nossa Senhora é minha madrinha,

Prometeu me dar um dote,

Eu peço que ela me dê

Na hora da minha morte.

Lá vem a Virgem Santa,

Dando grito no ar,

As mulher que parem filho,

Venha me ajudar a chorar,

Que as mulheres que não parem fio

Não tem pena e nem pesar.

(Esta oração deve ser rezada por ocasião dos partos difíceis)










 Maria conservava todas estas palavras, meditando-as no seu coração.
Lucas 2,19











LEIA AS GRAÇAS ALACANÇADAS PELA INTERCESSÃO DE  NOSSA SENHORA DO LEITE E DO BOM PARTO:










12- Oração para as gestantes, de São Francisco de Sales


Ó Deus eterno, Pai de infinita bondade, que instituístes o casamento para propagar o género humano e povoar o Céu, e destinastes principalmente o nosso sexo para essa tarefa, querendo que nossa fecundidade fosse uma das marcas de vossa bênção sobre nós, eu me prosterno, suplicante, diante de Vossa Majestade, que eu adoro.

Eu Vos dou graças pela criança que eu levo, à qual Vós destes o ser. Senhor, estendei a Vossa mão e completai a obra que Vós começastes: que Vossa Providência leve comigo, por meio de uma contínua assistência, a frágil criatura que Vós me confiastes, até a hora de sua chegada ao mundo. Nesse momento, ó Deus de minha vida, assisti-me e sustentai minha fraqueza com Vossa mão poderosa. Recebei então Vós mesmo meu filho e guardai-o até que ele tenha entrado, pelo baptismo, no seio da Igreja Vossa Esposa, a fim de que ele Vos pertença pelo duplo título da Criação e da Redenção.

Ó Salvador de minha alma, que durante Vossa vida mortal tanto amastes as crianças e tantas vezes as tomastes nos braços, tomai também a minha, a fim de que tendo a Vós por Pai, e Vos chamando seu Pai, ela santifique o Vosso nome e participe de Vosso Reino. Eu Vo-la consagro de todo o meu coração, ó meu Salvador, e a entrego a Vosso amor.

Vossa justiça submeteu Eva e todas as mulheres que nascem dela a grandes dores; eu aceito, Senhor, todos os sofrimentos que vós me destinais nessa ocasião e Vos suplico humildemente, pela santa e feliz concepção de Vossa Mãe Imaculada, que me sejais benigno no momento de dar à luz meu filho, abençoando a mim e a essa criança que Vós me dareis, bem como concedendo-me o Vosso amor e uma inteira confiança em Vossa bondade.

E Vós, bem-aventurada Virgem, Santíssima Mãe de nosso Salvador, honra e glória de nosso sexo, intercedei junto a Vosso Divino Filho a fim de que ele atenda, em sua misericórdia, a minha humilde oração.

Eu Vo-lo peço, ó mais amável das criaturas, pelo amor virginal que tivestes por José, vosso santo esposo, e pelos méritos infinitos do nascimento de vosso Divino Filho.

Ó Santos Anjos que sois encarregados de velar por mim e por meu filho, protegei-nos e conduzi-nos a fim de que, pela vossa assistência, possamos um dia chegar à glória da qual vós já gozais, e louvar convosco nosso Senhor comum, que vive e reina por todos os séculos dos séculos. Amem.