segunda-feira, 18 de outubro de 2010

O QUE APRENDI COM SANTA TEREZINHA









APRENDI, COM SANTA TEREZINHA, O AMOR DOCE POR JESUS E COMO O AGRADAR FAZENDO PEQUENOS SACRIFÍCIOS.

ANTES, COSTUMAVA FAZER PESADAS PENITÊNCIAS, JEJUNS DE 1 DIA, DEIXAVA DE BEBER ÁGUA POR HORAS, PRENDIA À MINHA CINTURA UM FIO DE FERRO TRANÇADO DURANTE TODO O DIA E SÓ O RETIRAVA À TARDE NO BANHO, O QUE ME DEIXAVA MARCAS NO CORPO, PEQUENOS CORTES OU APENAS MANCHAS DE SANGUE BORBULHANDO.

TINHA O COSTUME DE PRATICAR ESSAS MORTIFICAÇÕES E RENÚNCIAS PARA ME SENTIR MAIS PERTO DE DEUS E UNIR-ME AO SACRIFÍCIO DE JESUS NA CRUZ, PEDINDO PERDÃO POR MEUS PECADOS E POR TODO MUNDO.

COM SANTA TEREZINHA, APRENDI OUTRAS FORMAS DE ME SACRIFICAR E DE RENUNCIAR POR AMOR A JESUS, QUE PRATICO ATÉ HOJE.

ÀS VEZES, UM JEJUM É ÓTIMO PARA PURIFICAR OS PENSAMENTOS E QUANDO PRECISAMOS DE UMA FORÇA A MAIS NA ORAÇÃO PRINCIPALMENTE DE UMA GRAÇA MAIS FORTE.
 NO ENTANTO, JÁ NÃO O PRATICO, TÃO FREQUENTEMENTE, COMO ANTES.






APRENDI COM SANTA TEREZINHA, A ME APROXIMAR DAQUELES QUE MAIS ANTIPATIZO, A EVITAR AO MÁXIMO OU MELHOR NUNCA FALAR MAL DE NINGUÉM, A REALIZAR PEQUENOS ATOS DE RENUNCIA COMO DEIXAR DE MUDAR PARA MEU CANAL FAVORITO DE TV, SE O OUTRO QUER VER ALGUM QUE NÃO GOSTE, COMER AQUELA COMIDA QUE NÃO GOSTO SÓ PARA AGRADAR ALGUÉM OU APENAS POR PENITÊNCIA.

ALGO QUE COSTUMO FAZER E PASMEM QUEM LER, ODEIO SENTAR PERTO DE GENTE VOLUMOSA, OU QUE OCUPA TODO O ASSENTO NO ÔNIBUS, OU AINDA AQUELES ESPAÇOSOS, QUE NOS CATUCAM O TEMPO TODO TIRANDO CELULAR, AJEITANDO O CABELO OU MEXENDO NA BOLSA.

JURO QUE MUITAS VEZES, FAÇO CARA FEIA OU CHAMO A ATENÇÃO DO OUTRO PRA VER SE SE TOCA E PERCEBE QUE AO SEU LADO HÁ OUTRA PESSOA E NÃO UM BONECO OU PAREDE E QUE PRECISA TER SEU ESPAÇO RESPEITADO AO MÍNIMO.    

PENSANDO NESSES PEQUENOS SACRIFÍCIOS QUE DEVEMOS FAZER AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS, MUITAS VEZES, TENTO SORRIR, NÃO FAZER CARA FEIA, FICAR CALADO SEM NADA DIZER, RECEBENDO MIL E UMA CUTUCADAS, FAZENDO DAQUILO MEU PEQUENO MARTÍRIO E OFERECENDO TUDO A JESUS EM REPARAÇÃO DE MEUS MUITOS PECADOS, JÁ QUE ELE SOFREU MUITO MAIS POR MIM.

 É UMA VERDADEIRA TERAPIA.

COM SANTA TEREZINHA, APRENDI QUE, MESMO QUANDO EU REZAR O TERÇO E ME ATRAPALHAR NA MEDITAÇÃO, O IMPORTANTE É CONTINUAR, PORQUE DEUS QUER VER NOSSA INTENÇÃO, NOSSO DESEJO.

 E NOSSO AMOR VALERÁ MUITO MAIS A DEUS E A NOSSA SENHORA.


APRENDI A NÃO DESEJAR FAZER GRANDES FEITOS HERÓICOS E A VIVER CADA MOMENTO APENAS AMANDO NA SIMPLICIDADE, QUE O IMPORTANTE NÃO É APARECER E SER VISTO OU FAMOSO E SIM APENAS FAZER O NOSSO MELHOR NA MAIOR HUMILDADE SEM ESPERAR NADA DO OUTRO.

SANTA TEREZINHA, COMO MODELO DE SANTIDADE, ME AJUDOU A VER E VIVENCIAR O EVANGELHO DE UMA FORMA DIFERENTE DA QUAL EU, COM MEU PRETENSO PURITANISMO, OU VAIDOSA AMBIÇÃO DE SANTIDADE, ESTAVA ACOSTUMADO.

HOJE, CREIO QUE SER SANTO É VIVER, APENAS, VIVER, AMAR E REZAR. E AÍ CABE MUITA COISA: DANÇAR, PASSEAR, NAMORAR, LER, ESTUDAR, PRATICAR ESPORTES, ETC.

2 comentários:

  1. Que belo aprendizado, realmente temos muito o que aprender com Santa Terezinha. Comecei a conhece-la através da novena das rosas (fiz a novena e recebi a graça que tanto almejava), mais tarde aprendi mais sobre sua vida através do livro História de Uma Alma, pois em confissão um sacerdote chamado Fernando pediu que eu lesse o livro como penitência, acredito que me confessei com ele umas quatro vezes e sempre mandava eu ler o livro (acho que ele queria que eu me parecesse com Santa Terezinha em todos os aspectos. Rsrsrs). Daí nos tornamos amigas, embora eu esteja deixando um pouco a desejar em relação a nossa amizade.
    Que possamos cada vez mais aprender com Santa Terezinha.
    Paz e Bem!
    girleidemelo@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ESSE LIVRO TAMBÉM ME ENRIQUECEU MUITO. TAMBÉM GOSTO MUITO DE SANTA TEREZINHA. É SEMPRE BOM LEMBRAR UMA PESSOA TÃO ENCANTADORA COMO ELA. PENSAR EM SANTA TEREZINHA, E TENTAR PENSAR E AGIR COMO ELA, FAZ A VIDA AINDA MAIS BELA E NOS DEIXA MAIS PERTO DA DOÇURA DE DEUS.
      PAZ E BEM!

      Excluir